Blog do Juca Kfouri

Geromel engole o Galo

Juca Kfouri

O Grêmio na expectativa de ainda jogar a final da Libertadores foi ao Horto (16.758 pagantes) e logo de cara, aos 2 minutos, abriu o placar com Geromel ao pegar a sobra de um escanteio conquistado por Everton.

O Galo chutava de fora da área e quando chutou de dentro Geromel apareceu para salvar na linha fatal, como se fizesse mais um gol.

Mas gols mesmo faz o Tricolor gaúcho com uma garotada na faixa dos 20 anos da melhor qualidade: o lateral-direito Leonardo, os meio-campistas Matheus Henrique e Jean Pierre e, sobretudo, Everton que, desgastado, acabou substituído por Pepê, outra promessa.

Graças a eles o time impôs a terceira derrota seguida do Galo sob o comando de Levir Culpi, porque a vida é dura.

Diga-se que a vitória só não foi por mais porque o Victor evitou pelo menos mais dois gols gaúchos.

Assim, o Grêmio segue firme na luta para voltar à Libertadores e o Galo corre sérios riscos de cair fora.

A torcida acabou o jogo chamando o Galo de time sem-vergonha, o que é um exagero.