Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Perfume de 2016 no ar: de taça verde

Juca Kfouri

2021-10-20T18:19:01

21/10/2018 19h01

Lisca é doido e pôs o Ceará para agredir o Palmeiras e conseguiu dois bons ataques no começo do jogo no Pacaembu, com 33.355 pagantes e 36.323 presentes.

Mas o Verdão não é líder por acaso e com frieza tratou de abrir o marcador com Bruno Henrique cobrando pênalti claríssimo, embora só o auxiliar no meio do campo tenha visto o que os ceguinhos, o que assopra o apito, o levantador de bandeirinhas e o poste que fica atrás do gol, não foram capazes de ver.

Menos mal que havia o do meio do campo.

Daí por diante o Alviverde jogou como sabe, até que Bruno Henrique, de novo, de fora da área, fez 2 a 0 num golaço.

Estava tudo tranquilo e resolvido até que Deyverson deu uma entrada burra e violenta para ser expulso de campo, no fim do primeiro tempo.

O Palmeiras passou a explorar os contra-ataques, mas foi vítima de um deles, que Arthur aproveitou para diminuir, ele que será palmeirense no ano que vem: 2 a 1, aos 10.

Onze contra dez é sempre complicado e Dudu foi chamado por Felipão, no lugar de Hyoran.

No primeiro turno, o Palmeiras chegou a vencer por 2 a 0 e sofreu o empate, como quase aconteceu em lance que dois cearenses chegaram atrasados em cabeçada de Arthur.

O que parecia resolvido, não estava.

Herói do jogo e aniversariante aos 29 anos, Bruno Henrique deu lugar a Moisés, aos 25'.

O Ceará trazia apreensão ao Pacaembu, mas Willian quase fez o 3 a 1, salvo pelo goleiro Éverson.

Weverton afastou o empate e no contra-ataque Willian, mais duas vezes, viu Éverson impedir o terceiro gol.

O Palmeiras terá o Flamengo no sábado, no Maracanã, e pode sentir ainda mais o perfume do título.

Merecerá.

Não terá, porém, Bruno Henrique, Mayke, Lucas Lima e Deyverson, suspensos, e Jean, machucado. E, antes, terá o Boca Juniors na Bombonera.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri