Blog do Juca Kfouri

Difícil entender a cabeça dos técnicos de futebol (Atualizada)

Juca Kfouri

Primeiramente é preciso dizer, com humildade, que os treinadores de futebol sabem melhor do que ninguém o que acontece em seus times.

E que eles têm ideias sobre o jogo que muitas vezes escapam dos observadores.

O que não significa que não possam ser analisados e criticados.

Há estranhezas históricas.

Como, por exemplo, Cláudio Coutinho preterir Paulo Roberto Falcão na Copa do Mundo da Argentina, em 1978, chamado de Rei de Roma no ano seguinte.

Exemplos em Copas do Mundo são tantos que nem caberiam aqui, até quando deram certo, como quando Felipão deixou Romário de fora em 2002, ou errado, quando Neymar e Paulo Henrique Ganso foram esquecidos por Dunga em 2010.

Arthur não ter ido na recente Copa da Rússia também, em nome dos conceitos de Tite.

Porque há situações em que o jogador diferente, especial, pode ser solução quando Fred e Taison, por bons que sejam, e são, pouco acrescentem a um grupo.

Ser criativo envolve, com frequência, levar mais jogadores de um setor em detrimento de outro, mais meio campistas que atacantes ou zagueiros.

Por que a demora em fazer de Pedrinho titular no Corinthians?

Como manter André titular diante do desempenho de Jael no Grêmio?

Ou Barcos em vez de Raniel no Cruzeiro?

Osmar Loss, Renato Portaluppi e Mano Menezes têm bons motivos, certamente.

Mas que é estranho, convenhamos, é.

Gabriel, ex-gol, permanecerá títular no Santos?

Por quê?

Cuca tem a palavra.

E Felipe Melo no Palmeiras?

O xará dele, no aumentativo, dirá?

Porque a insistência com Deyverson é óbvia na ótica de Felipão.

No chamado país de 200 milhões de técnicos, exagero que não se sustenta, quantos, de fato, há?

Sejam quantos forem, não temos um Pep Guardiola. Ou Zinedine Zidane.

Que façam seus times ganharem e jogarem bonito.

Ou temos?

NOTA ATUALIZADA ÀS 16h: Viu como os observadores sabem menos que os técnicos?

Felipão escalou Thiago Santos no lugar de Felipe Melo e Borja, em vez de Deyverson.

Sem mudar seus conceitos.

Está de parabéns!

Verdade que o Verdão jogará no meio da semana no meio da semana pela Liberadores e precisa tomar certos cuidados, razão pela qual também Bruno Henrique e Dudu não estão escalados contra o América.