Blog do Juca Kfouri

Existe mesmo jogador de clube e de Seleção?

Juca Kfouri

Daniel Alves e Marcelo, extraordinários laterais, pela direita e pela esquerda, dos fabulosos times do Barcelona e do Real Madrid, nunca se deram bem na Seleção Brasileira.

Por quê?

Porque os esquemas táticos na Seleção não os favoreceram?

Não pode ser.

Parece mesmo haver o jogador que não se sente bem na Seleção.

Dois dos maiores jogadores de todos os tempos no futebol mundial, Ademir da Guia e Dirceu Lopes, gênios do Palmeiras e do Cruzeiro, nunca aconteceram na Seleção.

Por maior que fosse a concorrência, e era, eles deveriam ter se destacado.

Dirceu jamais disputou uma Copa do Mundo e Ademir foi como reserva em 1974, jogando apenas parte do jogo contra a Polônia, na disputa do quarto lugar, com derrota brasileira.

Daniel Alves jamais fez uma boa Copa e Marcelo também não, com atuação muito ruim contra a Bélgica na Rússia, avenida por onde Lukaku passeou.

Aliás, nunca que Filipe Luís deveria ter saído do time exatamente no jogo em que a Seleção precisaria defender tão bem como atacar.

O jogador se intimida na Seleção?

A camisa pesa?

Mas para quem usou as camisas do Barça, do Real, do Palmeiras e do Cruzeiro?

Quem tiver uma resposta, por favor, escreva para o blog.

E tem também o jogador que na Seleção joga ainda melhor que no clube, caso de outro lateral, caso de Cafu.