PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

o Inter mais vermelho do que nunca: de vergonha! (Atualizado)

Juca Kfouri

01/12/2016 21h08

Dos 13 clubes mais populares do Brasil, oito já caíram para a segunda divisão: Atlético Mineiro, Corinthians e Fluminense (que é um caso à parte) uma vez cada; Botafogo, Grêmio e Palmeiras, duas;  Vasco e Bahia, três vezes.

O Fluminense e o Bahia caíram até para a terceira divisão.

Palmeiras, Corinthians, Vasco e Atlético Mineiro voltaram pelas próprias pernas, sem mudanças de regulamento ou viradas de mesa ou tapetões imorais.

O Inter corre agora sério risco de cair pela primeira vez e as manobras que está fazendo para evitar a queda deixam ainda mais vermelha a torcida colorada. De vergonha.

Melhor a Segundona que a falta de dignidade

O presidente do clube cujo nome é uma piada pronta porque se chama Vitório Piffero, sugere não terminar o Brasileirão, por falta de clima,  apesar de ter concordado que o time sub-19 decidisse o campeonato estadual anteontem, em plena comoção mundial. O Inter foi campeão e comemorou.

Se não bastasse, Piffero insiste em ir ao tapetão por uma questão que a CBF já informou não existir: situação irregular de um jogador do Vitória.

Vitório quer derrotar o Vitória fora do campo porque perdeu duas vezes dele neste ano, no Beira-Rio e no Barradão, sempre por 1 a 0.

Quando você pensa que já viu tudo na vida percebe que não há limites mesmo para a insânia, para a cara de pau, para a desfaçatez.

Vamos passar o sábado e o domingo sem futebol.

Na quarta-feira acontecerá a decisão da Copa do Brasil entre Grêmio e Galo e no domingo seguinte a última rodada do Brasileirão.

Qualquer coisa fora disso é golpe baixo, pífio, de fazer sentir vergonha alheia.

O Inter merece postura mais digna.

ATUALIZAÇÃO ÀS 15h da sexta-feira: O Inter soltou uma nota oficial. Confira:

Os atletas profissionais do Sport Club Internacional manifestaram publicamente seu profundo sentimento de dor e solidariedade diante da fatalidade que atingiu a Chapecoense, o futebol brasileiro e toda a comunidade esportiva no mundo inteiro, e o fizeram em seu próprio nome, com o protagonismo que suas relações profissionais asseguram, num Clube que historicamente os respeita como os principais agentes do futebol, juntamente com o torcedor, sem discriminação de qualquer espécie.

 A direção do Internacional compreendeu e respeitou a manifestação de seus profissionais, e o fez pela palavra de seu Presidente, mas em nenhum momento expressou qualquer proposta que afetasse a competição.

 O Internacional reafirma seu compromisso com a legalidade e os fundamentos morais de toda competição, o que faz com o mesmo respeito que merecem os resultados de campo, sejam os desfavoráveis , como os mais recentes, sejam as imensas conquistas da sua história. Qualquer que seja o caminho a que nos destinem os próximos resultados, o Internacional o percorrerá com a sua invariável dignidade.

NOTA DO BLOG: Pior a emenda que o soneto. Demagogia pura ao perceber que a torcida colorada reagiu muito mal ao que a direção do clube quis fazer.

A inércia dos jogadores brasileiros é suficientemente conhecida para que ninguém acredite que, espontaneamente, foram eles a tomar a iniciativa vexaminosa.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri