PUBLICIDADE
Topo

Blog do Juca Kfouri

Cai o presidente do Esporte Interativo

só para assinantes

Juca Kfouri

11/05/2016 18h18

Edgar Diniz não é mais o presidente do Esporte Interativo, a empresa, da Turner Broadcasting System Latin América, que vem prometendo "revolucionar o futebol brasileiro" ao brigar com a Globo pelos direitos de transmissão do futebol.

A cúpula da Turner estaria insatisfeita com o andamento das negociações por considerar que gastou demais para obter pouco em troca, pois nenhum dos cinco clubes mais populares do país vendeu seus direitos para TV fechada da companhia.

Consultado pelo blog, Diniz disse que "decidi me afastar da operação no dia a dia e vou continuar como consultor estratégico atuando especificamente na questão dos direitos de transmisão".

Para o Brasileirão de 2019, a EI fechou com os seguintes clubes que estão hoje na Série A: Atlético Paranense, Coritiba, Internacional, Santos, Santa Cruz, Figueirense e Ponte Preta. Da Série B,  Bahia, Ceará, Sampaio Corrêa, Criciúma, Joinville, Paysandu e Paraná, além do Fortaleza da Série C.

Atualização às 19h30:

Como sempre acontece nessas horas, o comunicado da Turner é repleto de elogios ao executivo que sai:

From: Office of Juan Carlos Urdaneta

Sent: quarta-feira, 11 de maio de 2016 16:17

To: *TBS Latin America Users (TBS)

Subject: Edgar Diniz Departure

Olá a todos.

Eu gostaria de informar que Edgar Diniz deixará seu cargo na Turner. Todos sabem sobre sua história inspiradora na criação e na transformação do EI num negócio esportivo revolucionário. Sendo assim, talvez não seja surpresa ouvir que suas raízes empreendedoras estejam falando mais alto neste momento.

Nós dois conversamos muito sobre seu papel na Turner e, por fim, ficou claro para ambos que, apesar de sua grande paixão pela empresa, Edgar está pronto para novos desafios. Com os esforços de integração da Turner Brasil prestes a serem finalizados com sucesso e com o êxito e o recorde de distribuição e de audiência dos canais EI, Edgar decidiu que era hora de deixar a empresa.

Num verdadeiro exemplo de "sair no topo", sua última excelente contribuição ao nosso portfólio esportivo incluiu selar os direitos de exibição na TV Paga de 15 equipes brasileiras da "Série A", entre 2019 e 2024. E fico feliz em divulgar que Edgar concordou em se manter ligado a esse projeto, no papel de conselheiro estratégico. A Turner está totalmente comprometida em tornar a parceria com a "Serie A" tão bem-sucedida quanto nossos direitos sobre a Liga dos Campeões. E somos gratos por poder continuar a contar com a experiência e os insights de Edgar no futuro.

Para a nossa sorte, ele nos deixará um grande legado e uma grande equipe. No decorrer das próximas semanas, Edgar começará a coordenar a transição de responsabilidades a Leo Cesar e Mauricio Portela, que assumirão em conjunto o comando do nosso portfólio esportivo. Assim como Edgar, eles se reportarão a mim nessa nova função. Ambos são executivos experientes e tenho certeza de que, sob a orientação deles no grupo esportivo, ao lado de Gustavo Diament em seu papel de liderança como gerente geral da Turner Brasil, nossas equipes continuarão a colher os frutos de suas conquistas recentes durante e após a transição.

Gostaria de expressar minha apreciação por Edgar, por suas muitas contribuições a Turner, mesmo antes de completarmos a aquisição do EI, no início do ano passado. Desejamos-lhe o melhor.

Sinceramente,

JCU


 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/jucakfouri/

Blog do Juca Kfouri