PUBLICIDADE
Topo

Blog do Juca Kfouri

Puuuuto!!! Biiiicha!!! Basta!!!

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

23/02/2016 07h00

Torcedores brasileiros importaram o mau hábito dos mexicanos quando os goleiros adversários batem o tiro de meta.

Ecoam nos estádios nacionais os coros de bicha como nos palcos mexicanos os de puto.

Talvez seja apenas politicamente correto repudiar tais atitudes.

Talvez seja apenas um apelo à boa educação.

Talvez não haja nada de homofóbico no modismo.

Talvez haja.

  
Alguém dirá que chamar os goleiros de bichas é coisa que acontece desde que Raul Plasman, no Cruzeiro, vestiu uma camisa amarela ao estrear no time mineiro, em 1965.

Então, o padrão era os goleiros vestirem preto e, naquele dia, não havia uma camisa preta que servisse em Raul, que pegou emprestada uma amarela de seu tamanho.

Como foi bem, por superstição e marketing, adotou-a e passou a ser chamado pelos rivais de Vanderléia, a cantora loira da Jovem Guarda, parceira do rei Roberto Carlos.

Ótimo arqueiro e inteligente, Raul surfou nas manifestações.

Xingar os adversários em estádios de futebol é visto como coisa natural, para desafogar tensões e pressioná-los.

Certamente chamar goleiros de bichas não os pressionam.

Seria bacana se os capitães dos times brasileiros pedissem aos seus torcedores que parassem com isso em respeito aos companheiros de profissão.

Mas talvez seja bobagem do blogueiro.

Ou não.

O que você acha?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/jucakfouri/

Blog do Juca Kfouri