Blog do Juca Kfouri

Palmeiras à portuguesa

Juca Kfouri

O Palmeiras foi protagonista da mais rocambolesca negociação do futebol brasileiro no Século 21.

Digna das piores piadas de português, o sangue que corre nas veias de seu novo presidente, Paulo Nobre, um herdeiro de milhões aos quais não tem acesso para que não os invista todos em ralis, sua paixão, hobby e atividade principal.

O clube abriu mão de seu melhor jogador e candidato a ídolo em troca de…não sei.

Para tanto contou com o preguiçoso auxílio de Brunoro e os conselhos de Mustafá Contursi, Vanderlei Luxemburgo e Fábio Koff, estes dois últimos os felizes anfitriões da chegada de Barcos em Porto Alegre em troca de uma barca não resolvida de cinco jogadores do Grêmio.

Brunoro em vez de acertar os salários com os que viriam, preferiu anunciar que folgaria durante o fim de semana de Carnaval e veria como as coisas se resolvem nesta segunda-feira.

Que o Palmeiras, como o Flamengo, precisa botar os pés no chão para depois alçar voos mais seguros é fora de dúvida.

Mas certamente não será jogando sua carga mais preciosa ao mar que chegará a um porto seguro.

Comentário para o Jornal da CBN desta segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013.

Atualização às10h de segunda-feira: Ao contrário do que dissera ao diário “Lance!”, Brunoro não folgou no fim de semana e foi ao jogo contra o Mogi, além de ter declarado que, dos acertados com o Grêmio, apenas Marcelo Moreno (?!) ainda é dúvida.

Pena que seja o único que realmente valha a pena…