Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Empate frio no Canindé

Juca Kfouri

2013-10-20T12:22:55

13/10/2012 22h55

Numa noite fria em São Paulo segundo Milton Leite, que não é friorento, apenas um excelente narrador, Portuguesa e Corinthians deram a sensação inicial que iriam esquentar o Canindé.

A Lusa abriu o placar em cobrança de falta por Marcelo Cordeiro aos 13, quando o goleirão Cássio falhou e os corintianos reclamaram que a infração não havia acontecido, que seria em dois lances se houvesse ocorrido e que um atacante luso estava em impedimento atrapalhando o goleiro.

Honestamente, daqui de Bogotá, onde também está frio, não percebi nada disso além da falha de Cássio.

Mas Douglas, quatro minutos depois, empatou num golaço de fora da área.

Para preocupação de Tite, o Timão perdeu Emerson, machucado num choque feio, Giovanni entrou no lugar dele e, depois do 1 a 1, o resto do primeiro tempo valeu mesmo por quatro ou cinco ótimas jogadas de Romarinho, numa noite endiabrada.

Milton Leite, que não é friorento como já dito, no começo do segundo tempo, anunciava queda na temperatura, para 15 graus, com sensação de 12, 11, por causa do vento, da umidade e da proximidade do rio Tietê.

Em Bogotá, com duas horas de diferença a menos, fazia 9 graus, mas, no quarto do hotel, 22…

E o blogueiro tinha de descer para uma cerimônia.

Como, no entanto, deixar o jogo no meio?

Cássio, em noite ruim, bateu roupa em chute forte, Bruno Mineiro pegou o rebote, desempatou, mas estava impedido segundo o bandeirinha, embora não parecesse.

Romarinho havia desaparecido.

Dida, goleiro campeão mundial pelo Corinthians, não dava chance ao seu ex-clube.

Aos 30, Romarinho reapareceu, entortou três, e sofreu falta no bico esquerdo da área.

Foi tudo, com uma pressãozinha no fim do jogo dos dois times, meio não querendo querendo.

E os dois times foram se enfiar felizes embaixo dos cobertores, o Corinthians ainda mais, por ter chegado aos 43 pontos que supõe necessários para poder passar a pensar apenas no bicampeonato mundial.

Milton Leite, então, deve ter ido voando.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri