PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Brasília-Basquete

Juca Kfouri

25/05/2011 11h52

Por RONALDO PACHECO*

Lançada por Juscelino, no belo céu de Brasília, uma bola laranja flutua ao pôr do sol.

Atravessa de um lado ao outro do horizonte e se deposita aos poucos sobre a catedral que a espera como uma cesta aberta.

Nestes 51 anos esta trajetória se repetiu diariamente.

Vimos e admirávamos sem perceber o que se pronunciava.

Era a vocação de uma cidade que se mostrou unida, educada, feliz e resgatada.

Um esporte trouxe o nosso orgulho de volta.

Quem diria que seu nome seria citado em todos os jornais não mais por escândalos, mas pela supremacia vitoriosa no esporte nacional.

Quem diria que um dia, o "enorme" Nilson Nelson (cuja arquitetura externa é sustentada por tabelas de basquete) seria pequeno para o basquete.

Não notamos que Brasília e Basquete, tem as mesmas oito letras.

Mas eis que de repente, no últimos cinco anos, a cidade descobriu uma paixão.

Paixão por uma bola laranja que tem as mesmas linhas sinuosas dos desenhos de Oscar Niemeyer (olhando detalhadamente vemos o desenho do Plano Piloto).

E esta cidade se alegrou, teve orgulho em cantar seu nome.

Redescobriu ídolos.

Se redescobriu.

Se mostrou apaixonada, mobilizada, valorizada.

Este amor entre Brasília e Basquete já estava escrito nas linhas básicas da sua criação.

A cidade se encontrou na coincidência entre o basquete e sua arquitetura.

Se viu refletida no espelho da paixão, emoção e da bravura.

Parabéns Brasília!

Obrigado Basquete!

*Ronaldo Pacheco é professor de Educação Física da Universidade Católica de Brasília.


Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri