Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Grécia apresenta a "Zebra de Tróia"

Juca Kfouri

2017-06-20T10:12:53

17/06/2010 12h53

Por RAFAEL BELATTINI

Pelo que foi apresentado na primeira rodada do grupo B, os gregos tinham uma tarefa hercúlea para não serem eliminados da Copa já contra a Nigéria.

Além de irem atrás de um ponto, algo que nunca tinham conseguido em Mundiais, buscavam o primeiro gol da história grega em Copas do Mundo.

Talvez por isso Sokrates Papastathopoulos, afobado, tentou fazer do meio de campo logo no começo do jogo.

Apesar de ter maior controle de bola, os gregos não criavam chances. E se o ataque não funcionava, a defesa, ponto forte na conquista da Euro 2004, era uma baba.

Aos 15 minutos, Uche cobrou falta para a Nigéria. A bola passou na frente de todo mundo e, sem qualquer desvio, foi para o fundo das redes para colocar os africanos na frente.

Até aí, tudo normal.

Mas o nigeriano Kaita cometeu uma tolice sem tamanho. Fora de campo, deu uma solada no grego Torossidis e foi expulso direto pelo árbitro Óscar Ruiz.

Um verdadeiro "Presente de Grego" do meio-campista ao time nigeriano.

Em vantagem numérica, só dava ataque grego contra uma retranca nigeriana.

Depois de pressionar, Salpingidis, autor do gol que colocou a Grécia na Copa, recebeu a bola na entrada da área e chutou. A bola desviou nas costas do defensor nigeriano, balançou as redes e entrou para a história.

Assim como aconteceu no final da primeira etapa, a Nigéria acordou após levar o gol de empate e passou a atacar e quase marcou no começo do segundo tempo.

O jogo ficou tão equilibrado que, no mesmo minuto, as duas seleções chegaram perto do segundo gol.

Primeiro, Enyeama salvou a Nigéria em chute de Gekas. No contra-ataque, Tzorvas salvou os gregos defendendo chute de Aiyegbeni e assistindo Obasi, incrivelmente, chutar para fora o rebote.

Enyeama era o melhor jogador da Nigéria na partida segurando o bombardeio grego que tinha dado 20 chutes contra oito dos nigerianos.

Até que ele falhou.

Aos 26 minutos, Tziolis chutou de fora da área, o goleiro nigeriano não segurou. Torosidis aproveitou o rebote para virar o marcador para a Grécia.

Com o placar de 2 a 1, a Grécia ainda sonha com uma vaga na segunda fase assim como os sul-coreanos e até mesmo os nigerianos.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri