PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Chi-chi-le-le-lê!

juca kfouri

16/06/2010 10h23

E o técnico Loco Bielsa entrou para história do futebol chileno.

Desde 1962, quando sediou a Copa do Mundo, que os chilenos não venciam um jogo de Copa do Mundo.

Mesmo em 1998, quando foram às oitavas-de-final, goleados por 4 a 1 pelo Brasil, foram como fruto de três empates na primeira fase, apesar de dupla Salas e Zamorano (um dia, aliás, no diário "Lance!", noticiei que Zamorano estava com um pé no Corinthians. E a fonte não foi a neta do empresário dele…).

Mas, hoje, venceram com autoridade a retrancada equipe de Honduras, cujo jogador que mais chama a atenção é Amado Guevara, mais pelo nome do que pela bola, tanto que foi substituído, aos 20 do segundo tempo.

Verdade que o goleiro hondurenho, Valladares, fez a maior defesa desta Copa, provavelmente insuperável, numa bola cabeceada de peixinho na pequena área e que ele foi buscar brilhantemente.

Fora disso, três destaques: o absoluto domínio chileno que não se traduziu em vantagem no marcador: o bom futebol do quase de novo palmeirense Valdívia e o gol de Jean Beausejour, filho de pai haitiano e mãe chilena, ainda no primeiro tempo, em jogada iniciada pelo "Mago" alviverde.

Se Alexis Sánchez, o chileno da Udinese, fosse mais eficaz e menos milongueiro, teria sido 3 a 0.

E a torcida chilena saiu do estádio Mbombela, em Nelspruit, com seu tradicional coro, o que intitula esta nota, bem melhor, convenhamos, que o do México, que já beira o escatológico.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri