PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

10 consequências da derrota da CBF

juca kfouri

12/04/2010 17h18

1. O Morumbi deve ser definitivamente afastado da Copa de 2014;

2. O Flamengo deve  receber a Taça das Bolinhas;

3. O Coritiba deve ter a pena do Couto Pereira amenizada;

4. O Corinthians deverá ser bem tratado na Libertadores, assim como o Cruzeiro, além de, dependendo do que pensar o novo governador de São Paulo, Alberto Goldman, que é corintiano, poderá  sonhar com um estádio para a Copa do Mundo no Brasil;

5. Lusa e Bahia, que surpreendente, e dignamente, não se submeteram às pressões, comerão o pão que o diabo amassou na Série B;

6. Ricardo Teixeira provavelmente trocará de cardiologista, porque Roberto Horcades, seu médico e presidente do Fluminense,  não o apoiou.

Foi Horcades quem deu a Teixeira, por ocasião da CPI da CBF, o atestado médico que o livrou de depor pela segunda vez;

7. Os oito que votaram em Kléber Leite podem lançar um G8, com a expectativa de minar o C13.

Andres Sanches, aliás, já está dizendo que o C13 tem de acabar, porque "não serve para nada".

8. A Record tentará se aproximar mais ainda de Fábio Koff, mesmo sabendo do que ele fez com o SBT, em  1997, quando apenas usou a proposta de Sílvio Santos, que aceitou em jantar na casa do empresário, para subir o contrato com a Globo;

9.Haverá pressão para acabar com os jogos às 21h50, ainda mais depois que o presidente Lula manifestou-se favorável ao horário, no máximo, das 21h;

10. Fábio Koff e Ricardo Teixeira podem selar novo acordo, lembrando que depois de terem vivido às turras, Teixeira convidou, e Koff topou, docemente constrangido, chefiar a delegação brasileira que foi à Copa da França, em 1998.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri