Blog do Juca Kfouri

Altitude é ‘frescura’

Juca Kfouri


Por Luis Fernando Correia


Comentarista da CBN


 


Cientistas da Universidade de Oxford analisaram cientificamente a influência da altitude nos jogos de futebol. Segundo a pesquisa, publicada na última edição da revista “The British Medical Journal”, os times do alto das montanhas aumentam as chances de vitória de 53% para 82%, quando enfrentam times que vêm do nível do mar.




Para chegar a essa conclusão, os estatísticos analisaram o banco de dados da Fifa que contém resultados de 1.460 jogos, num período de cem anos. A América do Sul foi a principal fonte de pesquisa, pois aqui se encontram as maiores diferenças de altitude em jogos internacionais. Um bom exemplo é o Rio de Janeiro, que fica ao nível do mar, e La Paz, a 3.650 metros de altitude.

A altitude afeta o funcionamento do corpo dos atletas que viajam para jogar sem períodos de adaptação, a chamada aclimatação. Por causa da menor pressão atmosférica, uma quantidade menor de oxigênio entra no corpo a cada inspiração. Essa redução de oxigênio no organismo provoca dor de cabeça, náuseas, tonteira e fadiga. Além disso, as temperaturas são mais baixas e o ar é mais seco.

Ao comparar os placares dos jogos entre times de altitudes diferentes, ficou comprovado que a vantagem numérica das equipes da Cordilheira dos Andes se traduz numericamente em aumento das chances de marcar gols, e menor número de gols sofridos.

Comparando os principais times da América do Sul –- Brasil, Argentina e Uruguai -–, a países localizados em altitudes mais elevadas, a vantagem de se jogar nas montanhas contra uma equipe de um país ao nível do mar sobe para 82%, contra 53% se os dois times forem de mesma altitude.

A cada 1.000 metros de diferença, o time da casa ganha quase meio gol de vantagem. Portanto, a Bolívia jogando em La Paz, 4.082 metros em seu ponto mais alto, numericamente sai com 1,48 gols de vantagem sobre um time do nível do mar.

Os cientistas foram capazes de determinar que, somente por conta da altitude, existe um aumento da chance do time da casa marcar um gol, e ao mesmo tempo diminui em 50% a chance do goleiro ver a bola no fundo da rede.

Apesar de esclarecida a questão médico-desportiva, o assunto é controverso do ponto de vista político do futebol. Entretanto, a Fifa acaba de aprovar, no último dia 15 de dezembro, em Tóquio, uma determinação para que não ocorram jogos em altitudes acima de 2.750 metros, sem o devido período de aclimatação, estimado em dez dias. Essa resolução passa a fazer parte imediatamente dos regulamentos da entidade e a Fifa recomenda que seja seguida em todos os jogos internacionais.

  1. Ivan F

    29/12/2007 17:21:19

    [roquemonstro] [sp-sp] Teatrinho? Você já jogou bola a 4000m de altitude para falar isso? Querer comparar o calor com falta de ar é no mínimo idiota. E, só para constar, a cidade onde vc mora faz calor também. E a sensação térmica é pior, pois não tem praia.

  2. serram

    26/12/2007 10:13:51

    Tá bom, Juca, calor (ou, por conseqüência, frio) é igual para todo mundo, não sei pq. os jogadores do Brasil, naquele jogo com a Rússia, usavam muito mais luvas e mangas compridas do que os russos; tb. não sei pq., quando eu vou para Manaus, sinto muito mais calor e suo muito mais do que pessoas que moram lá faz tempo. Deve ser psicológico, ou acho que deve ser causado pela ignorância de que é igual para todo mundo... Ah, é claro que isso não tem influência nenhuma no esporte, é óbvio, só a altitude tem...

  3. jair.barbosa

    26/12/2007 10:12:25

    Quero ver se teremos calendário para que os times percam 10 dias para aclimatação. Quanto ao Mundial de Clubes, a Fifa não precisou "reconhecer" o Corinthians como legítimo campeão.O verdadeiro campeão dessa edição já estava automáticamente reconhecido pois o torneio é o ÚNICO oficializado pela entidade. Os outros foi apenas um Tira-teima para a entrega do chavão.

  4. marilio

    26/12/2007 09:10:43

    A FIFA não proibiu jogos em localidades expostas à altitude. Vejam cópia de parte do texto: " Apesar de esclarecida a questão médico-desportiva, o assunto é controverso do ponto de vista político do futebol. Entretanto, a Fifa acaba de aprovar, no último dia 15 de dezembro, em Tóquio, uma determinação para que não ocorram jogos em altitudes acima de 2.750 metros, sem o devido período de aclimatação, estimado em dez dias". Como os jogos são marcados com a devida antecedência, basta programar o período de aclimatação. Assim, não teríamos que ouvir falar dessa "frescura" da altitude. Saudações.

  5. diegoheberson

    26/12/2007 07:55:19

    O calor pode ser igual para todos. Como a altitude também é igual para todos... Os países que têm altitudes elevadas, do ponto de vista biológico, sofre tanto com o calor e a umidade quando jogam ao nível do mar, como os do nível do mar, em altitudes elevadas.Os que jogam em umidade estão acostumados a ela, tal qual os que jogam na altitude.

  6. GALO, sempre

    25/12/2007 23:34:41

    Então os times da Bolívia são piores do que imaginamos, porque mesmo com tanta vantagem eles não conseguem fazer nada... Tem time, como o Bolivar, que disputava Libertadores quase todo ano e se já passou umas 2 vezes da primeira fase é muito.

  7. serram

    25/12/2007 17:54:13

    Juca, a Bolívia adoraria ter cidades ao nível do mar, mas desde o século XIX não tem... E pq. vc. não responde nunca à grande questão: pq. não se analisa TAMBÉM a questão do calor, mas apenas a da altitude? O Brasil perdeu da Rússia, em um amistoso jogado abaixo de zero, e alguém acha que o resultado seria o mesmo se o jogo fosse aqui? Ou os jogos em Manaus, a 40 graus e com umidade de mais de 80%, tb. não interferem no resultado? A altitude é uma questão, sem dúvida, mas o problema é a insistência de SÓ SE preocupar com ela e negligenciar o resto, o que é, evidentemente, por mais que JK tente negar, etnocentrismo.

  8. marcaomotoca

    25/12/2007 13:04:15

    [luizguns] [Varginha - MG] eu quiz me refer a ao curinthia por exemplo em vez de eu colocar " olha depois que a fifa reconheceu um time que esta merecidamente na 2º divisão como campeão do mundo"eu poderia colocar " olha depois que a fifa reconheceu o timinho da marginal sem numero campeão do mundo"e outra time campeão mundial doo brasil são santos, flamengo, grêmio, sao paulo e inter o resto é balela e torneio de verão para agradar time que nao consegue ganhar a libertadores da america(torneio mais dificil do mundo e muito melhor que a copa da uefa ja que a copa da uefa so tem jogador sulamericano)

  9. roquemonstro

    25/12/2007 10:45:40

    Desmaiar? Morrer? Sob esse ponto de vista exagerado e distorcido pode ocorrer a mesma coisa com jogadores que participarem de partidas no calor carioca. Vamos proibir jogos no Rio de Janeio também. Impressionante como teve gente que levou a sério aquele teatrinho rubro-negro na Libertadores do ano passado... Gozado que quando foram eliminados nas oitavas de final não jogaram na altitude... Gozado não?

  10. ricardokomodo

    24/12/2007 20:06:33

    Pra mim não passa de frescura mesmo, esses atletas tem que parar de reclamar, cair a noite na farra não cansa né, jogar futvolei não cansa né, tô com o saco cheio dessa história de altitude eu assisto os jogos aqui em casa no meu sofa e não sinto a menor falta de ar e olha que já assisti até aquele jogo do Flamengo ano passado e tava com folego de leão, um abraço Juca a noiva ta me chamando senão vou ser espancado.Boa ceia e Feliz Natal pra ti e a todos do blog novamente até mais moçada fui!!!!!!!

  11. caiodalla

    24/12/2007 19:20:23

    "É isso ae, DANE-SE se o cara vai desmaiar, morrer, o que for. Isso não é problema meu. Só não tirem meu jogo "em casa"."hahahaha nego é deprimente, coisa mais rídiculo ver jogador recorrendo a oxigênio na lateral do campo.Quero ver quando essa rapaziada da altitude aprender a jogar bola. A choradera vai ser geral.

  12. caiodalla

    24/12/2007 19:17:41

    "É isso ae, DANE-SE a saúde do cara, pode desmaiar, morrer, o que for, só não tirem meu jogo em casa"hahahah nego é deprimente, coisa mais ridículo que tem é ver jogador recorrendo à oxigênio do laod do campo.Quero ver quando essa rapaziada da altitude aprender a jogar bola. A choradera vai ser geral.

  13. roquemonstro

    24/12/2007 16:04:44

    [luizguns] [Varginha - MG] Sim, um PSEUDO MUNDIAL disputado num formato e num local que nunca mais foram repetidos e vencido por um time que jamais disputou sequer uma final da Libertadores - coisa quie até o São Caetano conseguiu. Um PSEUDO-MUNDIAL, patético e sem representatividade para qualquer um que entenda de futebol.

  14. boidepiranha

    24/12/2007 15:09:20

    Tá e daí? A libertadores foi ganha por um times de "altitude" quantas vezes? Se duas vezes foi muito ...

  15. carloseduardomm

    24/12/2007 15:02:40

    continuação...isso significa que ela deva ser exilada da amizade e da convivência internacional, sendo que sabidamente o esporte é uma dessas formas de congraçamento. Enfim só queria que a questão fosse tratada também pelo outro lado, pelo lado cultural e não somente científico, afinal sob o manto sagrado do cientificismo já foram cometidas muitas e muitas arbitrariedades e injustiças. Por fim queria saber se a Alemanha fosse um país localizado em altas altitudes, alguém contestaria esse fato.Obrigado.

  16. carloseduardomm

    24/12/2007 14:58:57

    Juca,veja bem, não sou daquele que tentam tampar o sol com a peneira, ou negar o óbvio. A altitude é um problema bastante grave para aqueles que não vivem sob seu efeito cotidianamente. E isso já é sabido mesmo sem testes científicos modernos. A minha birra com a imprensa é a postura pré-conceituosa em relação as altitudes, veja bem sou antropólogo de formação e de profissão e sempre buscamos ensinar que não devemos ser etnocêntricos, ou seja julgar os outros a partir de nossos pontos de vistas e sempre exercermos o saudavel exercício da relação, ou seja nos colocar no lugar dos outros; e por fim, sempre respeitar a cultura do outro, ela não é nem melhor e nem pior do que a minha, somente diferente. Ora querer agora expulsar a Bolívia da humanidade (ous eja, do direito de estar e competir com outros de seus iguais) por uma característica geográfica deste país me parece um imenso ato de pré-conceito. Ora, se grande parte da Bolívia se encontra em grandes altitudes, isso significa

  17. Tri Mundial

    24/12/2007 14:46:54

    [luizguns] [Varginha - MG], me fale de quais times o curintia ganhou: do Real Madrid, do Manchester ou do Vasco?

  18. marise-valieri

    24/12/2007 14:18:24

    Oi Juca!Acho que jogar na altitude é complicado,não é frescura.Tem que ter esse período de aclimatação,porque a quantidade de oxigênio é menor.É diferente do calor que não interfere tanto no jogo.Abraços

  19. luizguns

    24/12/2007 14:07:49

    [roquemonstro] [sp-sp]Pseudomundial?! Com participações de Real Madrid, Manchester United, Vasco (com Romário e Edmundo no auge)?!Pensava que pseudomundial estavam sendos essas ultimas edições, com a final ja definida mesmo antes do início do campeonato, e participação de times medíocres do fim do mundo...

  20. luizguns

    24/12/2007 14:05:34

    [marcaomotoca] [Carapicuiba / São Paulo]Peraí, mas uq é q tem um time estar na segunda divisão do seu país (agora) e ja ter sido campeão do mundo?! Quer dizer então que agora, se um time cair pra segunda divisão, ele perde o seu título mundial?! É cada uma...

  21. luizguns

    24/12/2007 14:03:40

    O futebol ta virando frescura...

  22. roquemonstro

    24/12/2007 13:14:26

    Aquele pseudo-Mundial de Clubes disputado no Brasil teve jogos feitos sobre intenso calor, especialmente no Rio de Janeiro. Mas aí pode, porque os brasileiros levavam alguma vantagem. O que não pode é ir jogar na altitude. Tem que punir esses times por eles se localizarem onde se localizam, tem que privar os torcedores dessas equipes de jogarem em seu estádio, diante de sua torcida. Daqui a pouco o futebol vai ser disputado numa redoma de vidro, com temperatura controlada e sem ptrcedores, tudo para não influenciar o resultado das partidas.

  23. marcaomotoca

    24/12/2007 11:51:55

    Eu gostaria de saber quantas libertadores os times desses paises ja ganharam ja que eles sempre tem essa "vantagem"?olha depois que a fifa reconheceu um time que esta merecidamente na 2º divisão como campeão do mundo ela nao tem moral pra nada no futebole outra sera que é o começo de uma conspiração agora tirariam os jogos da bolivia por causa da altitude, depois os da venezuela por causa do chaves, ai tirariam os jogos do uruguay, argentina e de todos os paises das america do sul e mexico ai os jogos seriam no brasilai o curinthia poderia ganhar uma libertadores feita somente no brasil

  24. Rodrigo Leme

    24/12/2007 11:09:12

    Gostaria de saber qual a vantagem q times q jogam em áreas mais quentes tem sobre times q jogam em áreas mais frias. Vice-versa tbm. Aliás, pra ser justo, os defensores da proibição de jogos na altitude deveriam ter a cara de encampar estudos COMPLETOS de impacto ambiental nas partidas de futebol, e não apenas da altitude. Aí sim veremos outros fatores q levam times a levar vantagem ou não. Quem sabe, não mudam as regras da Copa Davis, que o Brasil certa vez levou para o Nordeste, devido ao forte calor que afetaria a equipe adversária. Brasileiro só pensa nele mesmo. E pensar q isso tudo começou pq o goleiro do Flamengo FINGIU UM DESMAIO (ele mesmo confessou) na altitude. Mas jogar debaixo de 40 graus é lindo; mas vai fazer o brasileiro jogar na altitude...

  25. cesar_peres

    24/12/2007 10:55:12

    Poxa, e pensar q precisa dessas estatísticas pra mostrar pra mta gente por aí q altitude NÃO é coisa de fresco. Me lembro até hj do jogo do meu Tricolor Paranaense (hoje na segundona, mas em abril, na Libertadores), em que os jogadores "morreram" a partir dos 10 do segundo tempo. No primeiro, demos um baile de bola e no segundo, tomamos dois gols bobos e viramos presa fácil... um abrako e feliz natal, juca!

  26. gpiunti

    24/12/2007 10:54:14

    Tá, que eles levam vantagem a gente já sabia. Mas apresenta algum risco MESMO? Dor de cabeça um sueco também sente no verão carioca.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso