Blog do Juca Kfouri http://blogdojuca.uol.com.br Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Desde 2005, é colunista da Folha de S.Paulo e do UOL. Fri, 25 Jul 2014 20:09:10 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=3.9 Um desastre chamado Maurício Assumpção http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/um-desastre-chamado-mauricio-assuncao/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/um-desastre-chamado-mauricio-assuncao/#comments Fri, 25 Jul 2014 19:43:30 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61535 20140725-163658-59818592.jpg

O presidente do Botafogo fez tudo errado desde o começo.

Vendeu-se por um empréstimo da CBF e traiu o Clube dos 13 logo que assumiu.

Fez contratações irresponsáveis, parou de pagar as dívidas do clube, que estavam consolidadas, e apostou que seria salvo por mais uma medida de anistia do governo.

Vendeu a camisa alvinegra para a Telexfree por mais que soubesse que não se tratava de empresa idônea.

Engoliu a interdição do Engenhão sem tugir nem mugir, afinal feita por gente de seu PMDB.

Agora chantageia a ameaça abandonar o Brasileirão porque está, como era de se esperar, com as receitas bloqueadas, tamanha sua indigência como gestor, mesmo depois de ter abandonado a vida de dentista para cuidar dos dentes dos cavalos dados que galopam no mundo do futebol.

Além do mais cercou-se de economistas que já contribuíram para desgraçar o Brasil e, agora, acrescentam o Botafogo em seu currículo, simuladores de eficiência com discurso “moderno” e prática predadora.

Que o governo brasileiro não se curve e pague para ver se Assumpção cumpre a ameaça.

Depois, ele que se explique com a torcida do Glorioso, que não merece tamanho desastre.

]]>
17
Dunga nega o inegável http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/dunga-nega-o-inegavel/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/dunga-nega-o-inegavel/#comments Fri, 25 Jul 2014 09:55:15 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61527 20140725-135631-50191723.jpg

Dunga sempre negou participação em negociação de jogadores, prática, diga-se, legal.

Surge agora, em reportagem de Lúcio de Castro, na ESPN Brasil, documentos que provam sua intermediação na venda de Éderson ao futebol europeu, em 2004, antes, portanto, de ele ter assumido a Seleção Brasileira pela primeira vez, em 2006.

Mas ele segue negando, mesmo diante da evidência dos documentos publicados na página da ESPN Brasil, que tenha feito o que fez.

Aí é chato. Muito chato. E bote chato nisso.

Cheguei a escrever que Dunga não precisava do aval moral de José Maria Marin para reassumir o posto.

Teria sido melhor não ter dito.

Comentário para o Jornal da CBN desta sexta-feira, 25 de julho de 2014.

]]>
31
Luciana Genro topa a luta http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/luciana-genro-topa-a-luta/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/luciana-genro-topa-a-luta/#comments Fri, 25 Jul 2014 01:02:46 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61515 DSC_0704-600x350

Almoçamos hoje, em São Paulo, a candidata à presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro e dois de seus assessores diretos, o jornalista Rodolfo Mohr e o geógrafo Maurício Costa.

Se já tinha boa impressão dela ao acompanhar sua coerente e corajosa trajetória política, ao fim de nossa conversa a avaliação foi ainda melhor.

A começar pelo fato de que nem bem nos apresentamos e ela adiantou que convidará Paulo André, do Bom Senso FC, para ser seu ministro do Esporte — como sugeri em minha coluna de hoje na “Folha de S.Paulo” caso fosse eu o candidato, risco que o país não corre.

Luciana Genro queria ouvir e ouviu o que idealizo como uma verdadeira Política Esportiva para o Brasil, coisa que não temos há mais de 500 anos.

E se disse disposta a aplicar o que um grupo de esportistas sugeriu a Lula, antes de sua posse em 2002, e que seus ministros do PCdoB desconheceram solenemente.

Uma política, em resumo, que vê o papel do Estado como responsável pela democratização do acesso à prática esportiva, fator de saúde pública e não voltada aos esportes de rendimento, tarefa da iniciativa privada.

Luciana Genro reaqueceu minha permanente chama de esperança.

Porque, como compôs Vitor Martins, em música de Ivan Lins, “Desesperar, Jamais!”.

Aliás, estranhamente sem divulgação na imprensa, intelectuais e dirigentes ligados ao PSOL, como Vladimir Safatle, Ricardo Antunes, Márcia Tiburi, Mathias Seibel e Maurício Costa tomaram a iniciativa de fazer um abaixo-assinado em apoio à candidatura de Luciana Genro presidenta. Importantes adesões de intelectuais e professores universitários já começaram a chegar.

A primeira, destacada com orgulho, é a de Plínio de Arruda Sampaio, que ainda em vida, mesmo hospitalizado, foi consultado por seu filho Plínio de Arruda Sampaio Júnior, e aderiu com entusiasmo, junto com Plininho. Além dele, Leandro Konder também  honra a candidatura com sua assinatura.

Outros nomes que não têm vinculação com o PSOL  enviaram seu apoio como o jurista Fábio Konder Comparato, o filósofo Roberto Romano, o sociólogo Lúcio Flávio Pinto e os juristas Alysson Mascaro e Salo de Carvalho. Apoios de intelectuais de fora do Brasil também já começaram a chegar como de Michel Lowÿ, Gilbert Achcar, Eric Toussaint, Robert Brenner e Susan Weissman.

Leia mais AQUI.

DO APAGÃO DO FUTEBOL AO APAGÃO DA POLÍTICA: O SISTEMA É O MESMO

POR LUCIANA GENRO

O desastre da Seleção Brasileira na Copa do Mundo pode servir a uma causa nobre: é a hora de democratizar a CBF e dar adeus a Marin e seus amigos. Agora todos vão debater sobre o que, afinal, aconteceu. Foi um apagão? Um momento excepcional ou uma expressão de problemas estruturais? Resposta do jogador Paulo André, líder do Bom Senso FC: “O buraco é mais embaixo”.

A direção da CBF é uma máfia composta por homens que pensam no futebol apenas como negócio e promovem tenebrosas transações. São protegidos pelo Ministério dos Esportes que não faz nada pelo Esporte e cujas ações irregulares já foram denunciadas inúmeras vezes. A corrupção corre solta, vai desde a venda dos jogadores, dos ingressos, passa pelos programas do Ministério dos Esportes, até o superfaturamento das obras nos estádios. Estádios que custaram bilhões e, segundo Dilma, só abrigam a “elite branca” do país.

Os clubes, quase falidos, pedem perdão das dívidas tributárias e o governo acena com um sim, numa verdadeira irresponsabilidade fiscal. Ao mesmo tempo, muitos dos dirigentes dos clubes endividados estão milionários. Uma verdadeira casta que enriquece com o futebol. E ela não faz parte da torcida, faz apenas grandes negócios, sonega impostos, não paga dívidas trabalhistas e lava dinheiro com a compra e venda de atletas.

Alguns poucos jogadores ganham milhões, mas a grande maioria ganha uma miséria e, às vezes, nem recebe o salário. Não há incentivo para o futebol de base e nem para os craques ficarem no Brasil. O Bom Senso FC, a verdadeira Seleção Brasileira, tem denunciado e apresentado propostas que têm sido ignoradas pelos dirigentes e pelo governo.
A situação do nosso futebol ilustra alguns dos problemas estruturais do sistema político brasileiro. Vivemos o apagão da política? Ou, ainda mais do que isso, é o Sistema que está todo errado?

Continua AQUI.

 

]]>
32
Mauro Silva explica sua participação na Seleção http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/mauro-silva-explica-sua-participacao-na-selecao/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/mauro-silva-explica-sua-participacao-na-selecao/#comments Thu, 24 Jul 2014 18:59:28 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=61509 Mauro-Silva_007

Indicado pela nova Comissão Técnica da Seleção Brasileira, o campeão mundial de 1994, Mauro Silva, distribuiu nota oficial sobre sua participação:

Como amplamente noticiado, aceitei o convite para contribuir com o início do trabalho da nova Comissão Técnica da Seleção Brasileira. O fiz como forma de retribuição pessoal à Seleção, pela qual atuei como jogador por mais de dez anos.

Esclareço que minha contribuição, além de pontual, terá caráter não remunerado.

Como cidadão brasileiro e ex-atleta, tenho certeza que poderei colaborar com o Gilmar e o Dunga neste momento tão delicado de reconstrução. Tenho auto critica e se não tivesse condições de ajudar a seleção neste momento, não assumiria este compromisso.

Espero que outros ex-atletas também possam dar suas contribuições à Seleção, na medida de suas possibilidades.

Minhas atribuições serão exclusivamente técnicas e restritas as duas partidas amistosas a serem disputadas nos Estados Unidos no próximo mês de setembro: com a experiência adquirida ao longo de treze anos no futebol europeu e mais de dez anos na Seleção, espero auxiliar a nova Comissão e os atletas que serão convocados com observações táticas, técnicas e comportamentais.

Penso que contribuir com a Seleção de forma técnica, pontual e não remunerada em nada reduz a legitimidade das opiniões que tenho emitido sobre a necessidade de melhorias estruturais no futebol brasileiro.

Abraços a todos e obrigado mais uma vez pelo carinho.

]]>
24
Dunga na Seleção e Luxemburgo no Mengão http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/dunga-na-selecao-e-luxemburgo-no-mengao/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/dunga-na-selecao-e-luxemburgo-no-mengao/#comments Thu, 24 Jul 2014 09:55:04 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61504 20140724-004629-2789521.jpg

O pensador inglês Samuel Johnson um dia disse que o segundo casamento é o triunfo da esperança sobre a experiência.

Foi exatamente o que fez a CBF ao reconduzir Dunga ao comando da Seleção Brasileira, talvez também porque o técnico tenha o apelido de um dos sete anões e a CBF seja chegada ao número 7 como homenagem aos alemães, campeões mundiais no Brasil.

Mas o Flamengo foi além: contratou Vanderlei Luxemburgo não apenas pela segunda vez, nem mesmo pela terceira, mas pela quarta vez, tirando-o do desemprego que vinha desde novembro do ano passado, quando foi demitido do Fluminense.

Em vez de contratar o advogado do Flu que tirou o tricolor da segunda divisão, o Flamengo contratou o treinador que o deixou rebaixado.

E você que saber por quê?

Pois eu não sei.

Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 24 de julho de 2014, que você ouve aqui.

]]>
101
Sem comentários… http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/sem-comentarios-3/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/sem-comentarios-3/#comments Thu, 24 Jul 2014 01:46:21 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61501 20140723-224600-81960218.jpg

]]>
19
Que pena! http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/que-pena-2/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/que-pena-2/#comments Thu, 24 Jul 2014 00:29:51 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61493

]]>
15
Dez propostas para mudar o futebol brasileiro http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/dez-propostas-para-mudar-o-futebol-brasileiro/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/dez-propostas-para-mudar-o-futebol-brasileiro/#comments Wed, 23 Jul 2014 09:41:14 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61488 20140723-103756-38276344.jpg

O Grupo Lance, que edita o diário de mesmo nome, lançou campanha para debater com seus leitores as mudanças necessárias para o futebol brasileiro voltar a ser o que já foi.

Confira os 10 pontos sugeridos ao debate:

1) Uma nova gestão – com uma CBF mais democrática com ampla participação da sociedade e profissionalização;

2) Criação de mecanismos que assegurem a destinação dos recursos da CBF em benefício do futebol;

3) Criação pela CBF de condições para democratizar a prática e formar profissionais para evolução do futebol;

4) Mudança no calendário do futebol, com a adoção das temporadas com início no segundo semestre do ano, a exemplo da Europa;

5) Formação da Liga de Clubes;

6) Clubes que se transformarem em “Sociedades Empresariais” terem regime tratamento diferenciado;

7) Autonomia de atuação para os coordenadores técnicos e treinador da seleção brasileira atuarem em todas as categorias, desde a formação na base;

8) Segurança nos estádios, com cumprimento do Estatuto do Torcedor e combate à violência;

9) Criação da profissão de árbitro, ampliação dos investimentos na formação desses profissionais e plena independência da comissão de arbitragem em relação à CBF. Além de a Justiça Desportiva, o STJD e os tribunais regionais passarem a ser um braço do Judiciário;

10) Combate à pirataria.

]]>
152
Nada de novo sob o sol http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/nada-de-novo-sob-o-sol/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/nada-de-novo-sob-o-sol/#comments Tue, 22 Jul 2014 20:14:34 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61485 Até as traves sabem que enquanto não se romper a estrutura de poder que vigora há décadas em nosso futebol nada, de fato, mudará.

Por aqui discutimos muito mais as consequências do que as causas.

O nome do novo velho técnico pouco importa porque se fosse o de Pep Guardiola daria no mesmo.

O problema do futebol brasileiro é muito maior do que ganhar Copas do Mundo, tanto que já ganhou cinco e segue o cacareco que é, incapaz de organizar ao menos um campeonato atraente e rentável.

Ganhar Copas interessa aos cartolas da CBF e seus patrocínios milionários, em regra oportunistas, mas que fazem a alegria deles e de seus intermediários.

Ao futebol brasileiro interessa renovar-se, voltar a criar talentos, ter jogos bem disputados e estádios cheios, com jogadores que entendam o esporte que praticam e técnicos conscientes de que o papel deles deve ser o de maestros que garantam bom espetáculos.

Para isso é necessário um choque de gestão, uma ruptura, uma revolução que certamente não será comandada pelos herdeiros de João Havelange, o idealizador de uma festa para poucos eleitos.

O Brasil jamais foi “o país do futebol” embora goste de autoenganar-se a respeito.

Já foi, sem dúvida, o maior produtor de talentos do futebol mundial, mas faz tempo que não é mais.

Por enquanto é o país do 7 a 1.

Seguirá sendo com esta gente que está aí.

]]>
56
Sobre o quanto pior, melhor http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/sobre-o-quanto-pior-melhor/ http://blogdojuca.uol.com.br/2014/07/sobre-o-quanto-pior-melhor/#comments Tue, 22 Jul 2014 18:32:40 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=61479 20140722-194610-71170942.jpg

Será oportuno lembrar aqui a discussão travada antes da Copa do Mundo com os que diziam que torceriam contra a Seleção Brasileira porque, assim, derrotada, as coisas, enfim, mudariam na CBF.

Não poucas vezes foi dito aqui que o raciocínio era fraco e a esperança vã, que, numa frase, quanto pior, pior.

Não deu outra.

A Seleção não se limitou a perder a segunda Copa do Mundo no Brasil.

Acabou derrotada como nunca jamais na sua centenária história — 10 gols em 180 minutos.

E o resultado está aí: José Maria Marin, que prometeu ir para o inferno, ficou na CBF — e mudou a comissão técnica para não mudar nada, até voltou no tempo e no espaço.

Porque, não duvide, quanto pior, pior!

]]>
286