Blog do Juca Kfouri

Santos entrega o Furacão; São Paulo agradece

Juca Kfouri

O São Paulo jamais havia vencido o Furacão na Arena da Baixada, com 12 derrotas em 17 jogos.

Eis que hoje a escrita acabou.

Graças ao goleiro Santos, que saiu jogando errado, deixou o companheiro Bruno Guimarães numa sinuca de bico dentro da área, ele se atrapalhou, foi desarmado por Nenê que deu a bola para Everton ser derrubado por Camacho, desnecessariamente, e sofrer o pênalti que Nenê converteu, aos 16 minutos do segundo tempo.

Para piorar a vida do goleiro ele falhou miseravelmente ao deixar a bola passar embaixo de seu corpo na má cobrança do são-paulino.

Conseguiu engolir um frango em batida de penal..

Até ali o Furacão tinha exigido duas boas defesas de Sidão e Santos havia feito uma, no primeiro tempo.

O Tricolor era melhor, a pequena torcida presente (9.323 torcedores) vaiava o treinador Fernando Diniz e o jogo tinha cara de 0 a 0.

Mas parece que o time paranaense, nervoso em demasia, não tem qualidade para jogar como Diniz quer e acaba por entregar pontos fáceis para seus adversários.

Diniz tinha apenas 8 anos de idade na última vez em que o São Paulo venceu o Furacão em Curitiba, mas no Couto Pereira, 36 anos atrás.

O São Paulo não tem nada com isso e volta para casa com três pontos raros e preciosos.