Blog do Juca Kfouri

Semanário da Copa da Rússia – 15

Juca Kfouri

POR LUIZ GUILHERME PIVA

Capítulo 14: leia aqui

Teve Meiúca, Meiuquinha, amorzão, suspiros, choro de emoção, lindinho, maioral, tudo!

Também, comprei flores, fomos ao cinema, ao restaurante dos sonhos dela (a mesa e as cadeiras, meu Deus, como eu vou poder comprar?), a uma boate para dançar, bebemos vinho branco e fomos ao motel mais chique da cidade (e se eu pedir empréstimo pro Tonho?) antes de voltar pra casa.

– Bom dia, Lauzinha! Olha o que eu trouxe!

Caprichei no café da manhã, enfeitei a bandeja, entrei sorrindo.

– Ah, Meiúca, você é demais!

Saí de leve pra sala. Liguei:

– Tonho? Sou eu, o Clô (o desgraçado só me chama assim). Hein? Não posso. É. Não posso falar mais alto. Escuta, é uma emergência.

Ele empresta. Mas.

– Lauzinha, meu amor. Então. Sabe o Tonho? Pois é, é meu amigo de infância, você sabe. É chato não chamá-lo pra Copa. Eu sei, amor, eu sei. Foi inaceitável. Mas ele promete, amor. Eu controlo, deixa comigo.

Ela fez careta. Demorou. Pensou. Pôs uma série de condições.

– Pode deixar, Lauzinha. Eu garanto. Mas tem uma coisa.

–  …

– Ele diz que só vem se o Carlão vier também.

(Continua)

____________________________________

Luiz Guilherme Piva publicou “Eram todos camisa dez” e está lançando “A vida pela bola” – ambos pela Editora Iluminuras