Blog do Juca Kfouri

O verdadeiro futebol brasileiro

Juca Kfouri

A “Folha de S.Paulo” de hoje publica interessante caderno especial sobre o que chamou de “o verdadeiro futebol brasileiro”.

Não surpreende quem é do meio, mas estarrece o chamado senso comum.

A começar por mostrar que o imaginado rico mundo do futebol paga, em média, quatro salários mínimos por mês, R$ 3.653,36, para seus profissionais.

Apenas 3% ganharam mais de R$ 51 mil por mês em 2016.

1% dos jogadores com salários maiores ganham mais do que os 78% mais pobres, num universo de 12.880 atletas naquele ano.

Mais: como sempre dito aqui, cada pesquisa a respeito do interesse sobre futebol no Brasil revela como é mentirosa a ideia de que somos “o país do futebol”.

O caderno mostra pesquisa do Datafolha realizada nos últimos dias de janeiro deste ano em que 41% dos entrevistados disseram não ter interesse por futebol.

Ou seja, mais que flamenguistas ou corintianos, a maior “torcida” do Brasil não torce por futebol.

O índice cresceu 10 pontos em oito anos, data da última pesquisa. Foi de 31% para 41%!

Donde se pode concluir sobre o que a corrupção comandada na CBF pelo trio TMN , Teixeira$Marin$Nero, foi capaz de causar na dita maior paixão popular do brasileiro.

E o “golpe Caboclo” só tende a fazer da Casa Bandida do Futebol algo mais sofisticado na ocultação dos malfeitos.