Blog do Juca Kfouri

Festa colchonera em Lyon

Juca Kfouri

Se no próximo dia 26,em Kiev, na Ucrânia, o Real Madrid de Cristiano Ronaldo superar o Liverpool de Salah, a capital espanhola se transformará na capital europeia do futebol em 2018.

Por ironia, Madri só não terá comemorado o título espanhol, mais uma vez da rival Barcelona.

Porque o Atlético de Madrid acaba de derrotar o Olympique em plena França para ganhar a Liga Europa, com dois gols do francês Antoine Griezmann.

Um em cada tempo, o primeiro fruto de uma lambança na saída de bola do time de Marselha que, minutos antes, havia perdido um gol imperdível com o francês Germain.

Perdeu o gol e perdeu também, machucado, o capitão Payet, que saiu em prantos ainda no primeiro tempo.

Perda demasiada para a decisão em Lyon.

O 3 a 0 da equipe madrilhenha não deixou margem à dúvida sobre a superioridade da equipe dirigida pelo argentino Simeone, embora o grego Konstantinos Mitroglou tenha cabeceado uma bola na trave espanhola quando ainda seria possível pensar em reagir.

Sim, porque, no fim, o espanhol Gabi ampliou o placar final.

Simeone, suspenso, viu o jogo das tribunas, mas, de lá, regeu a torcida espanhola.

Boa parte de Madri dorme em festa hoje.

A maior parte espera pelo dia 26, certamente secada pelos colchoneros e pelos catalães, além, é claro, dos ingleses de Liverpool.