Blog do Juca Kfouri

Semanário da Copa da Rússia – 12

Juca Kfouri

POR LUIZ GUILHERME PIVA

Capítulo 11: leia aqui

Sábado o Laurindo ligou. Falou que tinha encontrado mesa e cadeiras por preços bem baratos pra eu comprar. Até se ofereceu pra rachar o pagamento.

Ele quer porque quer ver a Copa na minha “datcha”. Eu falei que não, obrigado, ele insistiu. Recusei de novo. Mas Copa é Copa. Vou acabar tendo que convidá-lo, ainda mais se ele conseguir os móveis.

Fomos ver o produto. Era na rebimboca, difícil de chegar até com Waze.

– Como você soube desse lugar, Laurindo?

– Ô, cunhadão, eu conheço uma turma aí.

– Mas você já veio aqui? Nem sabe o caminho.

– Vir, nunca vim. A gente se fala por mensagem e eles entregam o que eu preciso.

– Entregam o quê, Laurindo?

– Umas paradas aí, cunhado. Fica tranquilo.

Fim de atalhos, becos, barracos, pé do morro. Chegaram uns caras estranhos.

Levaram-nos a uma birosca imunda.

– Taí as cadeiras e a mesa, Lauzão.

O fim da picada! Três cadeiras e uma mesa de plástico cheias de mancha, tortas, empoeiradas, empilhadas num canto – nem a birosca as usava mais. O maior deles falou:

– É duzentão.

A situação era difícil. Pagamos, enfiamos de qualquer jeito no porta-malas e no banco de trás.

– Você me deve cem reais, Laurindo! Você acha que vou pôr isso na minha varanda?

E ele:

– Você gosta é de luxo mesmo, hein, cunhado! Esquerda é só no gogó!

Jogamos tudo fora numa caçamba no caminho.

Pelo menos agora eu tenho a certeza de que ele não só não vai ver a Copa comigo como tão cedo nem passará lá em casa.

(Continua)

____________________________________

Luiz Guilherme Piva publicou “Eram todos camisa dez” e vai lançar em breve “A vida pela bola” – ambos pela Editora Iluminuras