Blog do Juca Kfouri

Machismo pouco é bobagem

Juca Kfouri

Passei anos e anos de minha carreira escrevendo em dias de aberturas dos Campeonatos Brasileiros:

“Sem pompa nem circunstância, começa hoje mais um campeonato mal promovido pela CBF, quase clandestinamente”.

Pois bem.

Ontem começou mais um e com festa de abertura, coisa que deveria ser obrigatória desde sempre.

Poderia dizer antes tarde do que nunca, mas não.

A festa foi mequetrefe.

Não pela dupla sertaneja escolhida porque há quem goste e não são poucos.

Mas pelo espetáculo de machismo explícito em pleno século 21.

Melhor teria sido outra abertura clandestina.

O “golpe Caboclo” é, além do mais, medíocre.