Blog do Juca Kfouri

Pela intervenção no futebol carioca

Juca Kfouri

Ontem houve um clássico pelo Campeonato Carioca.

Fluminense e Vasco jogaram no Estádio Nilton Santos e ficaram no 0 a 0.

Pior que a falta de gols foi a presença de público: apenas 5.625 pagantes para uma renda de 155 mil reais.

Para que você tenha uma ideia da pobreza, Novorizontino e Santos, no mesmo horário, e depois de uma tempestade assustadora em Novo Horizonte, levaram apenas 99 pagantes a menos e a renda foi de só 2 mil reais a menos.

Estamos falando de um dos maiores clássicos brasileiros comparado a um jogo sem a menor tradição.

Na mesma noite, o jogo Corinthians x Mirassol levou 15mil torcedores à Itaquera, pouca gente mas quase o triplo do clássico carioca.

Já o Flamengo, na volta do goleiro Júlio César, não pôs nem 3 mil pagantes em Volta Redonda, contra o Boavista.

O Campeonato Carioca era o mais charmoso do Brasil e hoje é um monstrengo deficitário.

Urge que se intervenha no futebol do Rio de Janeiro.

Nada de exército, apenas uma intervenção do bom senso.

Ou da coragem dos quatro grandes cariocas para pôr um ponto final nesse descalabro.

Em São Paulo, ao menos, os clássicos levam a torcida aos estádios.