Blog do Juca Kfouri

Londres e Lille: palcos de guerra

Juca Kfouri

Cenas que pareciam enterradas na Europa voltaram a acontecer, neste sábado, no Estádio Olímpico de Londres, e no Grand Stad Lille Métropole, na derrotas do West Ham e no empate do Lille, respectivamente em jogos pela Premier League e pela Ligue 1.

O clube inglês beira a zona de rebaixamento e o francês está nela.

Os maus resultados em casa levaram seus torcedores a invadir os gramados para agredir jogadores.

Em Lille, os volantes brasileiros Thiago Mendes, ex-São Paulo, e Thiago Maia, ex-Santos, apanharam depois do empate contra o Montpellier.

Em Londres, em meio à derrota para o Burnley, por 3 a 0, as cenas de selvageria se sucederam ainda durante o jogo.

Cenas que não devem servir de consolo para o que vemos no Brasil, mas que, se duvidar, têm tudo para contagiar torcedores sem noção pelo mundo afora.

É o futebol novamente como cenário de guerra, de intolerância, de válvula de escape para o planeta cada vez mais intolerante e incapaz de conviver com a frustração.

O homem, de fato, é o lobo do homem, como ensinou o filósofo inglês Thomas Hobbes (1588-1679).