Blog do Juca Kfouri

Bebeto de Freitas: a morte de um guerreiro

Juca Kfouri

Bebeto de Freitas está morto.

Aos 68 anos não resistiu a um ataque cardíaco em Belo Horizonte.

Bebeto foi o primeiro a denunciar o autoritarismo e as falcatruas de Carlos Nuzman.

Por isso foi praticamente banido do vôlei brasileiro para ir ser técnico campeão mundial pela Itália, apesar de ter sido o responsável pela chamada “geração de prata” nas Olimpíadas de Los Angeles, em 1984 e voleibolista de ponta na seleção brasileira, pela qual disputou as Olimpíadas de 1976, além de ter sido 11 vezes campeão carioca pelo Botafogo.

O segundo agachado da esquerda para direita

Depois acabou eleito presidente do Botafogo, sua maior paixão, herdada do tio João Saldanha e começou o trabalho de reestruturação do clube.

Bebeto de Freitas jamais se conformou com injustiças e nunca teve medo de abrir o peito para ser alvejado.

Eis que de tanto bater indignado, seu coração explodiu no peito.

O Brasil perde um lutador.