Blog do Juca Kfouri

La Liga não se liga

Juca Kfouri

Se há um aspecto em que o futebol brasileiro não perde para o espanhol é na qualidade da arbitragem.

Nos dois países o nível é baixíssimo.

E também lá como cá a vídeo-arbitragem não está implantada para solucionar algumas das inúmeras bobagens dos assopradores de apito.

O Barcelona, por exemplo, foi gravemente prejudicado nas duas últimas rodadas e deixou de ganhar mais quatro pontos por isso.

Contra o Valencia, fora de casa, o time catalão fez um gol em que a bola entrou meio metro e não foi validado, e hoje, contra o Celta, marcou gol legal anulado por impedimento inexistente.

Duas vitórias ficaram em dois empates, em vez de seis pontos, apenas dois.

Já no jogo sem gols entre Athletic Bilbao e Real Madrid, o time basco teve pênalti claro não assinalado e o madridista levava vantagem com Cristiano Ronaldo, dentro da área, cara a cara com o goleiro, e o assoprador apitou para marcar falta na intermediária, sem dar a lei da vantagem.

Exceção feita ao último lance, a vídeo-arbitragem teria sido salvadora nos outros três.

E o Barcelona estaria com 40 pontos contra 27 do Madrid, caso o Athletic convertesse o pênalti que lhe sonegaram.

Parece incrível que La Liga, tão rica como a CBF, também não se ligue.

OK, você dirá, com razão, que lá, pelo menos, o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, está preso.

Aqui a Justiça nem sequer investiga cartolas como Marco Polo del Nero, Ricardo Teixeira, José Maria Marin, ou intermediários como Marcelo Campos Pinto, J.Hawilla, Kléber Leite etc.

Menos mal que outros países os investiguem. Mas dá uma vergonha.