Blog do Juca Kfouri

Basquete ao Curry e as contusões de Gabriel Jesus e De Bruyne

Juca Kfouri

A dúvida se estabeleceu assim que liguei a TV para ver o Manchester City de De Bruyne e descobri a repetição do jogo do Golden State de Stephan Curry.

De Bruyne tem jogado sempre e Curry voltava depois de 11 jogos ausente.

Um olho num jogo, outro no outro, o do basquete ganhou mais atenção durante os dois quartos, o segundo e o terceiro, em que Curry deu show, 14 pontos em cada um, 13 arremessos tentados de três pontos, 10 convertidos, um deles no primeiro quarto.

O time visitante do Memphis Grizzlies fez bela figuração e perdeu de 141-128.

O primeiro tempo do Manchester City contra o Crystal Palace ficou sem gols e com um drama, a aparente grave contusão de Gabriel Jesus logo no 10° minuto de jogo.

Ele ainda insistiu durante mais 10 minutos, mas não suportou e saiu aos prantos.

O segundo tempo foi só do MC, embora as melhores chance de gol tenham sido dos anfitriões, até com pênalti defendido por Ederson no meio do gol, já nos acréscimos da etapa final.

Mas acabou 0 a 0, o segundo empate do líder invicto em 21 jogos.

Pior será, para o MC, e principalmente para a Seleção Brasileira, se, de fato, a contusão de Gabriel Jesus for grave.

Assim como será péssimo para os belgas se também De Bruyne, que foi outro a sair de campo machucado, tiver sofrido algo sério como aparentou.

No último dia de 17, a Copa de 18 pode ter sofrido dois grandes golpes.