Blog do Juca Kfouri

Brasil bate no Japão sem forçar

Juca Kfouri

A Seleção Brasileira não precisou jogar realmente bem para derrotar o Japão por 3 a 1.

Bastou jogar quando quis e com velocidade para fazer 3 a 0 no primeiro tempo, com gols de Neymar, de pênalti em Fernandinho marcado pelo VAR, de Marcelo, numa varada de fora da área sensacional, e de Gabriel Jesus, em contra-ataque, em ótimo passe de Danilo, que substituiu, e bem, Daniel Alves.


De resto, diante da facilidade, o time até exagerou em firulas, perdeu bolas fáceis por e tomou um gol em escanteio, com falta em Jemerson, no segundo tempo, quando Cássio já estava em campo.

Neymar mais uma vez esteve irritadinho demais, cheio de não me toques, e perdeu um pênalti, imediatamente anterior ao segundo gol.

Tite teve sua primeira experiência na Seleção contra um time asiático, assim como teve contra um da Oceania, somando-as às mais de uma dezena de jogos contra sul-americanos.

Foi a 10a. vitória brasileira em 12 jogos entre as seleções principais de Brasil e Japão, com dois empates.

Nos últimos cinco embates, o Brasil marcou 18 gols e sofreu dois.

Falta enfrentar uma equipe europeia, o que acontecerá nesta terça-feira contra a Inglaterra, em Wembley, e uma africana.

O segundo tempo de hoje, em Lille, na França, com meia dúzia de substituições, foi um porre.