Blog do Juca Kfouri

O Santos terá de correr atrás e o são-paulino torcer como nunca

Juca Kfouri

O Santos joga hoje em Campinas contra a Ponte Preta com dupla missão: não deixar que a diferença para o Corinthians aumente e retomar do Cruzeiro, que bateu no Grêmio por 1 a 0, a vice-liderança.


Para cumprir a primeira missão terá de vencer e manter os oito pontos de desvantagem pra o líder.

Oito pontos que viraram 11 com a vitória corintiana por 3 a 1 sobre o Coritiba.

Já para voltar à vice-liderança bastará empatar.

Muito pior é a situação do São Paulo, derrotado pelo Galo por 1 a 0, que terá de torcer por uma combinação de resultados para não voltar à zona do rebaixamento.


Se o Flu empatar com o Flamengo hoje no Fla-Flu no Maracanã deste feriado, às 5 horas da tarde, a Ponte empatar com o Santos no mesmo horário e o Sport ganhar do Vitória, no Barradão, o que é improvável, o Tricolor paulista voltará ao rebolo.

Em resumo: o santista torcerá pelo Santos, como sempre, e o são-paulino torcerá pelo Flamengo, pelo Vitória e, também, pelo Santos. Como nunca.

Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 12 de outubro de 2017, que você ouve aqui.