Blog do Juca Kfouri

A Seleção Brasileira naquelas alturas que seria melhor evitar

Juca Kfouri

A Seleção Brasileira joga hoje, às cinco horas da tarde, na altitude de 3.660 metros de La Paz, já classificada para a Copa do Mundo, contra a Bolívia.


Melhor seria jogar em Santa Cruz de la Sierra, quase ao nível do mar.

Mas apesar de, em 2007, a Fifa ter determinado que não haveria mais jogos internacionais em cidades com mais de 2.500 metros de altitude, para preservar a saúde dos jogadores, e em respeito à igualdade de condições do jogo, a decisão não prevaleceu.

E lá vai o Brasil se expor ao absurdo de um jogo desses.

Se o Marco Polo que não viaja pudesse viajar deveria levar um time sub-21 e mandar os jogadores chutar para a arquibancada todas as bolas que pudessem.

O expediente irritaria os bolivianos, o jogo terminaria 0 a 0, eles se dariam conta que nem assim venceriam e passariam a jogar em cidades com condições menos hostis.

É provável que a Seleção não vença como aconteceu nas três vezes em que jogou lá neste século, com duas derrotas em 2001 e em 2009, e um empate em 2005.

Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 05 de outubro de 2017, que você ouve aqui.