Blog do Juca Kfouri

Mike Lee, o homem que precisa ser ouvido

Juca Kfouri

Em sua versão na Internet o jornal “O Globo” publicou, cerca de duas horas atrás, fotos exclusivas, e preciosas, de reuniões em Paris da quadrilha que trouxe a Olimpíada para o Brasil.

Nelas identifica um cidadão de costas como sendo o diretor-geral de operações da Rio-16.


Ele é o inglês Mike Lee, conversando com Sérgio Cabral na foto acima, figura carimbada por trás de uma série de megaeventos recentes pelo mundo afora, como Londres-12, e funcionou, na verdade, como assessor de marketing para a Olimpíada brasileira.


Aqui está Lee novamente, de paletó escuro, com Leonardo Gryner, também preso hoje, ao seu lado esquerdo.


Lee sabe muito e é um mestre em percorrer caminhos obscuros para vencer escolhas de sedes para megaeventos, como a Copa do Mundo de futebol no Qatar, em 2022.

A Interpol faria bem se conversasse com ele.