Blog do Juca Kfouri

Vexame e glória de Luxemburgo

Juca Kfouri

Como diria um torcedor gaiato, o Grêmio enfiou 5 a 0 no time do Luxemburgo e a França não passou de um 0 a 0 contra o time de Luxemburgo.

Explico: no sábado, pelo Campeonato Brasileiro, o vice-líder Grêmio goleou por 5 a 0 o Sport dirigido por Vanderlei Luxemburgo.

Já a França, apontada por 11 em cada 10 especialistas como uma das seleções favoritas na Copa do Mundo da Rússia, não passou de um empate contra a frágil equipe de Luxemburgo pelas eliminatórias europeias.


Verdade que acertou as traves duas vezes, assim como viu a trave dela ser acertada uma vez, mas, como se sabe, bola na trave não altera o placar, que ficou num surpreendente 0 a 0, talvez o placar mais inesperado até aqui das eliminatórias.

Porque o futebol é assim: se é preciso muita fé para ainda acreditar em Luxemburgo, o técnico, basta contar com o Sobrenatural de Almeida de Nelson Rodrigues para se deliciar com as surpresas que o futebol apronta, que o diga a seleção de Luxemburgo.

Luxemburgo tem apenas 500 mil habitantes, só o dobro, por exemplo, do bairro de Bangu, no Rio.

Mas o Bangu já brilhou no futebol carioca, coisa que Luxemburgo jamais havia feito nem dentro de suas fronteiras.

Comentário para o Jornal da CBN desta segunda-feira, 4 de setembro de 2017, que você ouve aqui.