Blog do Juca Kfouri

Santos consegue ótimo empate e Grêmio segura o Botafogo

Juca Kfouri

No Rio, diante de 36 mil torcedores, o Botafogo foi para cima do Grêmio no começo do jogo como era de se esperar, mas o time gaúcho não se deixou pressionar.

Mesmo sem Luan e Geromel, o time gaúcho teve competência para ser perigoso e levar Gatito Fernandez a fazer a defesa mais complicada do primeiro tempo, em grande lance de Arthur.


Bruno Silva fez a única jogada perigosa do Glorioso antes do intervalo.

O segundo tempo seguiu equilibrado e Barrios se machucou para entrada de Barrios, aos 15.

João Paulo saiu e Lindoso entrou no Bota, aos 21, quando os cariocas tinham mais domínio do jogo.

Aos 33, na linha fatal, Carli salvou o gol de Fernandinho e evitou o que seria um golaço.

O 0 a 0 permaneceu e o Grêmio decidirá em casa.


Em Guayaquil o começo do jogo foi mais difícil para o Santos porque o Barcelona não deu sossego até pelo menos o 20º minuto de jogo quando o time brasileiro conseguiu equilibrar as coisas, embora sem levar maior preocupação para os equatorianos, muito violentos, diga-se.

Vanderlei fez pelo menos um milagre logo que o embate começou, em mais uma defesa salvadora do goleiro que tem porque tem um lugar na Seleção Brasileira.

Nem bem o segundo tempo começou e mais uma falta do Barcelona, em sua intermediária, resultou no levantamento da bola por Lucas Lima e David Braz deu para Bruno Henrique fazer 1 a 0, atrás da linha da bola, para surpresa da defesa anfitriã.


Aos 15, Thiago Ribeiro, em má jornada, deu lugar para Kayke.

Aos 20, Lucas Lima saiu, machucado, e Jean Mota entrou.

O Santos tinha o jogo sob controle quando, aos 33, Jonathan Alves, de cabeça, em cobrança de escanteio, empatou. 

No fim, mais um milagre de Vanderlei segurou o ótimo empate santista e Ricardo Oliveira ainda teve a chance de fazer o gol da vitória.

Mas o 1 a 1 ficou de ótimo tamanho.