Blog do Juca Kfouri

Apito azara mineiros, goleiro arrasa cariocas

Juca Kfouri

O primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil entre Flamengo e Cruzeiro terminou 1 a 1 com tudo que uma final tem direito.

Maracanã cheio com mais de 66 mil torcedores, jogo tenso, grandes defesas do goleiro mineiro Fábio, erro do assoprador de apito no gol carioca de Paquetá, em impedimento, e falha miserável do goleiro rubro-negro Thiago no gol de empate do cruzeirense Arrascaeta.

Você se lembra que aqui foi dito que o Flamengo não tem goleiro?


Pois na segunda bola que foi ao gol o jovem Thiago bateu roupa e Arrascaeta, que acabara de entrar, fez o gol de empate que dá ao Cruzeiro o conforto de decidir no Mineirão, dia 27, por uma vitória simples.

A falha do goleiro compensou o erro da arbitragem, com a diferença de que se o goleiro é problema do Flamengo, o assoprador de apito virou problema para o Cruzeiro, que não tem nada a ver com ele, a não ser todo o direito de reclamar dele.

Comentário para o Jornal da CBN desta sexta-feira, 08 de setembro de 2017, que você ouve aqui.