Blog do Juca Kfouri

Tensão e festa na Libertadores

Juca Kfouri

Hoje é dia de sofrimento para duas grandes torcidas e, espera-se, uma noite mais tranquila para uma.

Tudo porque o Atlético Mineiro e o Palmeiras, os que devem sofrer, recebem, às 21h45, respectivamente, o boliviano Jorge Wilstemann e o equatoriano Barcelona, times para quem perderam por 1 a 0 nos jogos de ida.


Galo e Verdão precisam vencer por dois gols para chegar às quartas de final da Libertadores ou pelo mesmo 1 a 0 para ir aos pênaltis.


O Galo vem muito mal das pernas e se o Verdão vem bem melhor também está longe de jogar o futebol que dele se esperava.

Fred deve voltar ao alvinegro e Deyverson será o centroavante alviverde.

O Jorge Wilstermann lidera o Campeonato Boliviano com duas vitórias em dois jogos e o Barcelona está em nono lugar no Campeonato Equatoriano, com apenas uma vitória e três derrotas.


Já o Grêmio vive situação bem mais tranquila, embora vá receber um time argentino, o Godoy Cruz, que acabou o Campeonato Argentino em 14º lugar e está voltando de férias.

O Grêmio ganhou de 1 a 0 o jogo de ida fora de casa e está com a faca e o queijo nas mãos, principalmente porque vem jogando muito bem.

Pena que provavelmente o jogo marque a despedida de Luan, melhor jogador em atividade no Brasil, praticamente negociado com o Spartak, da Rússia.

Espero festa na Arena Grêmio, tensão na do Palmeiras e no Mineirão, mas estou mais otimista com a classificação paulista do que com a mineira.

Aguardemos.

Comentário para o Jornal da CBN desta quarta-feira, 09 de agosto de 2017, que você ouve aqui.