Blog do Juca Kfouri

O Equador que se preocupe

Juca Kfouri

Exatos 364 dias atrás, pela sétima rodada das eliminatórias da Copa do Mundo na Rússia, o Equador recebeu o Brasil na altitude de Quito.

Os equatorianos eram os favoritos, estavam no topo da tabela, e os brasileiros eram os sextos colocados, fora da zona de classificação e tinham até demitido seu técnico, Dunga, trocado por Tite.


A estreia de Tite foi um sucesso: 3 a 0 para a Seleção Brasileira.

De lá para cá, Neymar e companhia jogaram mais sete vezes pelas eliminatórias e ganharam os sete jogos.

Ganharam tanto que a Seleção foi a primeira a se classificar no campo para a Copa.

Hoje, pela 15ª rodada, as situações estão completamente invertidas: o Brasil está em primeiro lugar, o Equador em sexto, e o jogo é no Brasil, mais precisamente em Porto Alegre, na Arena Grêmio.

Se a seleção canarinha vencer, e é favoritaça, o dólar permanecerá inalterado. Se perder, também.

Os brasileiros treinam, pensando no ouro de Moscou.

Quem precisa se preocupar são eles, os equatorianos.

Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 31 de agosto de 2017, que você ouve aqui.