Blog do Juca Kfouri

Time bom mesmo não pode sofrer por jogar fora de casa

Juca Kfouri

Não é possível que o simples fato de jogar fora de casa intimide um visitante melhor que o anfitrião.

E foi o que aconteceu com Cruzeiro e Fluminense ontem à noite, em Assunção e em Montevidéu, no Defensores del Chaco e no Estádio Centenário vazios.

Ao Cruzeiro, derrotado pelo fraco Nacional paraguaio, por 2 a 1, custou a eliminação da Copa Sul-Americana.

Ao Fluminense custou menos, porque perder só por 1 a 0 para o também frágil Liverpool uruguaio valeu seguir vivo na Copa Sul-Americana.


Ao contrário, o Corinthians, que enfrentou o adversário mais forte, a Universidad de Chile, no Estádio Nacional lotado por mais de 50 mil torcedores, apesar de entrar com a vantagem do 2 a 0  em Itaquera, não só não se intimidou, como jogou muito bem e venceu por 2 a 1, fazendo 4 a 1 no placar agregado.

O handicap de jogar fora pode virar arma para vencer, desde que haja maturidade, coragem e bom futebol.

Tudo que o Corinthians mostrou ontem, em Santiago do Chile.

Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 11 de maio de 2017, que você ouve aqui.