Blog do Juca Kfouri

Noite espetacular no Horto

Juca Kfouri

Dá para imaginar o tamanho da satisfação de Roger Machado quando depois de paciente troca de passes em seu campo de defesa, o Galo, com Marcos Rocha, viu Cazares se apresentar pela direita e, antes do 4º minuto de jogo, abrir o placar contra os argentinos do Godoy Cruz.


Começava um baile no Horto, com direito a mais um gol do equatoriano, agora em cobrança de falta, e mais um do aniversariante Elias, outra vez em ótima forma e novamente com bola de pé em pé.


O Galo Doido vai dando espaço para o surgimento de um Galo Ponderado, mas nem por isso menos alegre, menos goleador, ao contrário.

Trata-se de um Galo que faz gols e, novidade, não sofre.

De um Galo que sabe quando bicar, sem pressa, sem ansiedade, sem sofrimento. 

Estava em disputa a liderança do grupo e se esperava um embate equilibrado, embora o Godoy Cruz tenha poupado oito titulares.

Mas também antes do quarto minuto do segundo tempo saiu mais um gol, desta vez de Fred, com passe de Cazares.

Escrevi baile lá em cima?

Melhor dizer recital.

Comandado por Juan Cazares em noite de…de…Pelé.

Como não rica bem dar um baile e só o anfitrião dançar, Cazares resolveu descansar e o Galo permitiu às visitas fazer um golzinho: 4 a 1.

Noite de gala em Belo Horizonte.