Blog do Juca Kfouri

Insensibilidade nota 1000

Juca Kfouri

Na vitória do Paraná Clube sobre o Vitória, no Barradão, por 2 a 0, pela Copa do Brasil, para acabar com a invencibilidade baiana de 18 jogos na temporada, Guilherme Biteco, irmão de Matheus Biteco, morto na tragédia da Chapecoense, fez o segundo gol aos 43 minutos do segundo tempo.

Fez, tirou a camisa e mostrou a camiseta que trazia por baixo como homenagem ao irmão, em prantos.

O assoprador de apito seguiu a regra ao pé da letra e mostrou-lhe o cartão amarelo.

Não há palavras para definir tamanha estupidez.