Blog do Juca Kfouri

Invencibilidade brasileira corre riscos nesta noite de Libertadores

Juca Kfouri

Diante de 3o mil torcedores o Botafogo fez sua parte no Nilton Santos e bateu no Estudiantes por 2 a 1, com direito a gol de bicicleta de Roger.

O Glorioso da Estrela Solitária foi o oitavo e último brasileiro a estrear na fase de grupos da Libertadores e manteve a invencibilidade de nosso futebol.

Invencibilidade que corre dois riscos nesta noite.

Corre risco grande em Buenos Aires, onde o San Lorenzo recebe o Atlético Paranaense, e algum em Santiago, onde a Universidad Católica recebe o Flamengo.

Já em São Paulo, o Palmeiras deve passar bem pelo Jorge Wilsterman.

Os argentinos ainda não ganharam de ninguém e o nosso Furacão, que não costuma se dar bem fora de casa, é o candidato ideal para ser a primeira vítima.

No Chile o bom Flamengo vai enfrentar o entusiasmo da Universidad Católica que vem de heroico empate na Arena da Baixada e de uma goleada redentora no Campeonato Chileno, ao golear o Antofogasta por 4 a 1 no fim de semana.

Um empate na Argentina estará de ótimo tamanho para o Furacão e, no capricho, o Mengão pode voltar com estupendos três pontos do Chile.

O Palmeiras, se duvidar, vai golear.

Comentário para o Jornal da CBN desta quarta-feira, 15 de março de 2017, que você ouve aqui.