Blog do Juca Kfouri

Furacão se recupera bem na Argentina

Juca Kfouri

Lucho González abriu o placar logo aos 3 minutos no encharcado e meio vazio Nuevo Gasómetro e pôs o Furacão na frente do San Lorenzo.


Um lançamento de quase 50 metros de Paulo André que Sidcley ganhou muito bem na cabeça e centrou para o gringo cabecear sem ter de saltar, com os dois pés no chão.

O rubro-negro paranaense teve mais duas claras chances de gol e poderia ter liquidado o jogo no primeiro tempo.

Não liquidou e sofreu no segundo.

Weverton fez ao menos três defesaças e viu o time portenho bater um pênalti para fora, porque pênalti roubado não é marcado.


O Atlético repetiu no segundo tempo o mesmo erro cometido contra a Universidad Católica na Arena da Baixada e Paulo Autuori precisa evitar que o time recue tanto.

Seja como for, se o time brasileiro perdeu dois pontos em casa, ganhou três fora, fundamentais na fase de grupos da Libertadores.

E, na verdade, só não ganhou de mais porque Lucho González fez o gol mais difícil e deixou de fazer os dois mais fáceis.


Conterrâneo do Papa que torce pelo San Lorenzo, é possível que Lucho tenha ficado com temor de ser excomungado.