Blog do Juca Kfouri

Alegria mesmo só na Bahia

Juca Kfouri

O Vitória despachou o Vasco da Copa do Brasil ao vencê-lo com absoluta justiça por 1 a 0, e foi pouco, com gol de Alan Costa no segundo tempo, perante mais de 18 mil torcedores.


O rubro-negro baiano podia empatar 0 a 0 e se impôs simplesmente porque é melhor que o time carioca.

Se não é Martin Silva teria sido muito mais.

Luís Fabiano, isolado como um náufrago em ilha deserta, deu duas boas cabeçadas e foi só.


Já em Chapecó, o campeão argentino Lanús também se impôs no segundo tempo e depois de sair atrás da Chape virou para 3 a 1, porque também é superior, diante de 12 mil torcedores.


Finalmente, o Corinthians não se impôs, só empatou com a Luverdense, consagrou o goleiro Diogo, e ficou num 1 a 1 lastimável na Arena Corinthians, com um gol de Jô e perdas de gol de Jadson, Kazim, Pablo, etc etc etc, diante de mais de 25 mil torcedores que mereciam coisa melhor que o esforço de Romero, bem substituído por Marlone, o que ver um ataque ficar impedido quase uma dezena de vezes.