Blog do Juca Kfouri

Estados Unidos viram e sobram

Juca Kfouri

O vôlei masculino brasileiro apresentou suas armas aos americanos logo no primeiro set como se para alertá-los de que o massacre contra os russos não fôra por acaso: 25 a 23.

Mas o instinto assassino, dessa vez, era dos ianques, que puseram boa vantagem no segundo set, permitiram a reação brasileira, mas venceram por 27 a 25.

E arrasaram nos dois sets seguintes, a 19 e a 17.

Se o vôlei feminino depende de uma reação heroica para sobreviver, o masculino terá dificuldade parecida para brigar pelo ouro.

É o preço que tantos anos de hegemonia um dia tem mesmo de pagar.

  1. Gustavo Salutti

    03/08/2012 12:48:02

    Acontece que as hegemonias em países com culturas esportivas mais consistentes esses "turn overs" demoram muitíssimo menos.No Brasil, vai, de 15 em 15 anos aparece uma geração realmente vencedora em alguma modalidade esportiva.

  2. Gustavo Salutti

    03/08/2012 12:43:59

    Tradução: não durmo mais pelo Corinthians ser Top 10 mundial...

  3. Maxadm

    03/08/2012 09:19:29

    Concordo com vc, se tivesse dinheiro estaria morando em Londres. Não moraria nos EUA pq a Inglaterra é o meu sonho, mas nao se pode negar que o Brasil é mediocre.

  4. João Amaral

    03/08/2012 08:59:11

    Caro Juca, realmente temos que admitir a superioridade dos outros times, mas acredito que o Bernardinho, grande técnico e responsável pelo sucesso brasileiro ao longo dos anos, acabou metendo os pés pelas mãos ao ter barrado o Ricardinho há algum tempo atrás, além de promover à força a entrada de seu filho Bruno, que ainda não está pronto (se é que um dia estará) para ser titular da vaga. O saldo disso tudo foi uma medalha de ouro perdida nas Olimpíadas de Pequim e, apesar de um Mundial conquistado após isso que serviu para maquiar as deficiências, a decadência por passar por uma renovação forçada. O Ricardinho tá gordo, meio fora de forma, e mesmo assim joga mais do que o Bruno, só o Bernardo que não vê.Abr.

  5. Quirino

    03/08/2012 08:56:33

    Concordo com seu comentário assim como "conseguirem" e "competirem" tem que concordar com "restante".

  6. Leonardo Cabral

    03/08/2012 08:55:26

    É normal essa queda de rendimento do vôlei masculino, pois ninguém se mantém no topo o tempo todo, e o vôlei brasileiro dominou a última década. Teve uma época, por exemplo, em que a Itália dava as cartas, até ser desbancada exatamente pelo Brasil.Mesmo assim, o time brasileiro tem uma vibração, ou "sangue nos olhos", como muitos dizem, que dá esperanças de conquista de medalha. Mesmo que não seja a de ouro.

  7. alba

    03/08/2012 08:51:21

    É verdade Gustavo. As outras seleções passaram a copiar o jogo da nossa seleção de voley. O problema é que o brasileiro ficou acostumado somente com vitória e começa a achar defeito em tudo na seleção de voley

  8. alba

    03/08/2012 08:48:34

    Você está certissimo Lindoel. As pessoas esquecem os que as duas seleções já proporcionaram para o país. O problema é que as outras seleções começaram acordar e copiar o jogo que era do Brasil. É preciso voltar a reinventar outro jogo para a Seleção.

  9. Leonardo Cabral

    03/08/2012 08:48:06

    Estava demorando pra aparecer alguém culpando a Globo...

  10. Leonardo Cabral

    03/08/2012 08:47:29

    Torcer pela seleção de vôlei é sim uma forma de patriotismo, porque, quer você queira ou não, ela representa o país. Claro, não é a única nem a mais improtante forma de patriotismo. Mas é uma sim.

  11. Gregório Eduardo

    03/08/2012 08:20:11

    O Brasil não fez um jogo tão bom ontem. Pode ganhar mas vai ter que jogar mais. A meu ver, o Murilo esteve mal na recepção e nosso saque não esteve tão bom quanto contra a Rússia. O que me irrita é que os nossos jogadores parecem não pensar muito o jogo. Muitos insistem em enfiar a mão no saque direto ao invés de alternar e isto provoca os erros. A relação bloqueio-defesa foi péssima ontem...Dá pra melhorar...vai ter que ter sangue nos olhos..

  12. leo

    03/08/2012 08:19:53

    Silvinha com certeza você não fará falta em nosso país.

  13. Gregório Eduardo

    03/08/2012 08:15:51

    Porta da rua é a serventia da casa. Boa viagem...

  14. Paulo - Franca/SP

    03/08/2012 08:09:49

    Pobre Brasil! Os políticos daqui acharam que despejando dinheiro nos esportes teriam um caminhão de medalhas. Pra se ganhar algo precisa de estrutura, de base. Enquanto tivermos Nusmans, Lulas, FHCs, Malufs, Dilmas, Sarneys, etc., etc., jamais seremos vencedores. Teremos sempre uma medalhinha ou outra, fruto da capacidade pessoal do atleta, e teremos também alguns campeões quando tiverem dinheiro para treinar nos EUA. Pobre Brasil.

  15. flavio sidou

    03/08/2012 08:00:40

    Prezado Juka, gostaria que você analisasse não só a queda do rendimento da seleção masculina de voley, mas e, principalmente, a queda no elãn dos atletas e a perda da mística que tinhamos. Na minha parca análise este fato se deu logo após o campeonato no qual o Brasil, sob o comando do Bernardinho, entrou para perder em uma das partidas, pois assim sendo não mudaria de sede e a chave tornar-se-ia mais fácil até a final. Não sei se sou um idealista, mas creio muito que esporte sem espírito esportivo não faz o menor sentido. Creio que este imenso gol contra, pois por mais que os fins fossem alcançados, os meios utilizados foram anti-desportivos e desleais ao ideal dos atletas e da honra, que é a competição, gana e luta até o fim. Sou fã do Bernardinho, entretanto, creio que manchou sua carreira com tamanho "pragmatismo". Antes perder lutando do que ganhar abrindo concessões. Abraço, Flávio

  16. Friv

    03/08/2012 06:44:13

    Estou começando a achar que eu entendo muito de vôlei feminino…… :)

  17. marcelo Moreira

    03/08/2012 01:47:13

    Se lá esse esporte não é popular eles,gostam mais de volei de praia, para formar seleção na ultima Olimpiada juntaram jogadores de praia com outros de universidades,deu no que deu,mandaram o Brasil para casa,vai acontecer de novo.

  18. SILVINHA

    03/08/2012 00:57:30

    Eu fiquei hiper super mega feliz com a vitória dos USA sobre o Brasil.Morei de intercâmbio nos USA e foi o melhor ano da minha vida.Quero voltar para lá em definitivo.Eu amo os Estados Unidos.USA in my heart 4 ever!

  19. TATUAPE

    03/08/2012 00:35:18

    Vercingetorix,.Valeu..É muito legal sim..Ainda mais no caso do Corinthians que passou anos em mãos erradas..O Flamengo é grande demais..Felizmente, dará a volta por cima..O duro é ter que esperar o tempo passar e vê todo dia tanto potencial desperdiçado. .Dias melhores virão..Abraços

  20. Renato

    03/08/2012 00:23:59

    MAs perderam o mundial de 2010, quem foi campeão mundial? Brasil

  21. roberto de oliveira levy

    03/08/2012 00:22:25

    Os EUA serão os campeões da Olimpíada de Londres. Esse fato é óbvio. Naturalmente que os asiáticos estão chegando, e bem. Os brasileiros deveriam aprender com ambos, em todos os aspectos. Cielo e outros atletas merecemenorme cumprimento, o país não obterá nem quinze medalhas, pois está decepcionante nos esportes de equipe. Ainda assim, saudações olímpicas a todos os gloriosos e esforçados atletas.Aprendamos e venceremos.

  22. mario augusto ferreira

    03/08/2012 00:00:53

    juca gostaria que vç me respondese uma coisa ,deputado pode comentar as olimpiadas? no caso o Romario

  23. fernando leme

    02/08/2012 23:45:29

    EUA sobra. Enqto isso a tal IFHHS acabou de eleger a Hebe Camargo a mulher mais sexy do mundo ...

  24. Fabio

    02/08/2012 23:08:56

    Patriota por torcer por um time de vôlei? Vai caçar o que fazer,bobalhão...

  25. Rodrigo

    02/08/2012 22:56:07

    Não podemos comparar com a seleção mítica da década passada, acho que vai demorar muito para surgir algo parecido com "aquilo". Na minha humilde opinião foi a maior seleção brasileira de todos os tempos de qualquer esporte ( a de futebol de 1970 é a que mais se aproxima, mas ainda sim seria um acinte comparar). Hoje, por muito pouco não abrimos 2 sets a 0. Acho que podemos mostrar mais contra os próprios americanos em uma provável final.

  26. Dudu Oliveira

    02/08/2012 22:28:04

    Calma! O Brasil não perdeu pra um time qualquer, mas sim para os atuais campeões olímpicos. Os EUA sempre jogam bem contra o Brasil, mas o time verde-amarelo não jogou tão mal assim, o que faltou foi errar menos no saque e parar de se preocupar tanto em fazer pontos de bloqueio diretos, pois essa preocupação excessiva com esse fundamento fez com que o time esquecesse dos demais fundamentos. Ninguém gosta de perder é claro, mas depois da linda sequência de saques do Dante quando o Brasil perdia por seis pontos e ainda assim conseguiu chegar no 2° set, tenho esperança de que os brasileiros podem sim conquistar o ouro, pois ao contrário do feminino que tá num marasmo terrível, o masculino mesmo com todos os problemas mostra que tá vivo na competição

  27. Alexandre Azeredo

    02/08/2012 22:25:21

    Não se esqueça que o último campeão olímpico são os Estados Unidos, portanto o império já caiu a algum tempo.

  28. Victor Hugo Parana

    02/08/2012 22:24:19

    ..esta foi a maior asneira que eu já ouvi, fique na defesa, na paralela, esperando o Wallace atacar a 140km/h na tua cara para vc ver como é limitado..

  29. Vercingetorix

    02/08/2012 21:54:27

    E aí, Augusto...............Nada?

  30. Vercingetorix

    02/08/2012 21:53:14

    É bom quando o nosso time anda bem, não é?.Parabens pra vc......Má sorte a minha...........

  31. Frederico Augusto de Micena Fradique

    02/08/2012 21:50:32

    Pelo amor de Deus! Usando o tema vôlei para falar mal do Corinthians.Infelizmente, esse é o preço da democracia.

  32. Trisco/Furacão

    02/08/2012 21:25:07

    JUKA ! O Serginho , ao final do primeiro SET , representa a grande massa torcedora corinthiana : a comemoração não vem por alegria e sim por agressividade ! como se pudesse dizer : olha estamos aqui tbem ! ! ... e veja " contra tudo e contra todos ! o lema da grande massa . A agressividade necessaria para ter o reconhecimento . E olhe , é o Serginho , grande campeão - a elite do volei - um dos melhores do mundo ! Nem precisa disso . Mas isto tem explixações mais profundas ! não vou repetir o que sempre digo ... muito porquê não leva a nada . Pra que isto ? tá no sangue da grande massa corinthiana . Esta é a diferença . Tem que matar um tigre , um leão ou qualquer coisa pra mostrar pra si mesmo e principalmente para os outros ; que consegue um lugar ao sol ... nem sabe que pode ter o sol todo dia e à vonade !... não aprendeu ..ou não entendeu ....

  33. Alexandre

    02/08/2012 21:21:19

    Eu acho que ainda dá...principalmente porque os EUA será ainda muito estudado pelo Bernardinho e o Brasil, se tiver que jogar com eles novamente, irá entrar mais focado ainda, tenho certeza. Claro, antes disso talvez teremos que derrotar Polônia ou Itália ou Rússia, embora eu ache que estas equipes podem tremer em Olimpíadas, diferente dos EUA. Vamos buscar!! Como alguém disse abaixo, essa seleção é nosso orgulho há muitos anos e temos que continuar acreditando...temos que ser mais patriotas nessas horas, valorizar um time que, diferente do nosso país, é sério, estruturado e com vontade de vencer sempre!

  34. Carlos Pereira

    02/08/2012 21:09:40

    A hegemonia leva ao comodismo. Quem está atrás treina com muito mais afinco para suplantar o que está dominando e este por sua vez não tem a motivação necessária. O Império Romano um dia caiu, então talvez tenha chegado a nossa vez.

  35. Marcio

    02/08/2012 21:03:17

    Tenho acompanhado varios jogos de varias modalidades e tenho reparado que os atletas brasileiros estao desmotivados e sem vontade. Sera que é pq eles sabem que as Olimpiadas estao sendo transmitidas pela Rede Record e por isso sabem que nao tem ninguem assistindo os jogos pela televisao??

  36. Paulo Jorge Jnr

    02/08/2012 20:58:30

    Na verdade, na verdade, esse é um esporte muito limitado. Limitado. Qualquer pessoa pode aprender a jogar volei e torna-se um profissional. São apenas quatro fundamentos. Inventaram umas regras para parecer complicado, mas, pelo que parece, é único esporte que teve suas regras mudadas não em função da melhoria da prática esportiva, mas para se adequar melhor às exigências da TV. Como Jô Soares falava "é um esporte tão perigoso que não pode ser jogado sem as redes".

  37. Edson M P

    02/08/2012 20:55:47

    Em 1984 vencemos os EUA por 3x0 e acabamos, na final, perdendo e ficando com a prata. Quem sabe o troco vem agora! Vôlei e' diferente de futebol, onde mesmo com dois cabeças de bagres um time pode se sagrar campeão. No volei nao! A tática, técnica e as performances individuais sao imprescindíveis em 100%, para ser campeão num torneio como este. O desafio e' enorme! Esporte incrível!

  38. Lindoel José Santana

    02/08/2012 20:46:23

    O volei masculino e feminino já nos deu muitas alegrias, portanto não podemosdeixar de incentivá-los nos momentos difíceis, pois, temos também de saber que é um jogo, é competição, nem sempre se ganha tudo, temos que aprendera valorizar o que é nosso, e saber dar importância as classificações de segundo de ou terceiro lugares.

  39. Ernesto de Minas

    02/08/2012 20:23:17

    Concordo; quer ser exxxxxxperto e acaba sendo desonesto.

  40. LauroCezar

    02/08/2012 20:19:27

    Os EUA estão mesmo na frente tanto no masculino como, principalmente, no feminino. A seleção feminina é que não vai trazer medalha mesmo de jeito nenhum, embora tenha tênis pra uma prata ou bronze, como mostrou no recente Grand Prix. Mas se enrolou em Londres e agora ficoi muito difícil. Mas no masculino eu creio em medalha (ouro acho difícil, mas não impossível), apesar dos EUA e da Polónia, atuais campeões da Liga Mundial.

  41. André T.

    02/08/2012 20:18:22

    tamos no páreo ainda no masculino nao vejo nada perdido. os eua podem no mata mata perder rpa outro time como russia ou polonia e o brasil vencer eles. o brasi ltem que torcer contra os eua pq é o time que o brasil tem mais dificuldade de jogar, o jogo nao casa bem por brasil. contra os outros o brasil tem grandes chances de vitoria sempre.

  42. Gustavo Faus

    02/08/2012 20:10:39

    O Brasil dominou o volei por muitos anos, até mesmo depois da derrota na final para o EUA em pequim diziam que o dominio a partir dali acabou mas o brasil continuou dominando, mas o metodo de jogo cada vez mais é estudado e os rivais crescendo uma hora o dominio vai acabando, o ouro é dificil mas a prata ou bronze da com certeza.

  43. sidneyc

    02/08/2012 20:07:10

    Duas foram as virtudes dos norte-americanos hoje: o saque do Stanley, que nós não conseguimos recepcionar desde 2008 e a brilhante atuação do levantador que desorientou o bloqueio brasileiro durante quase todo o jogo. Para jogar contra esse estilo de jogo, de muita rapidez e força, vamos precisar mudar o nosso saque, que deverá ser mais balanceado e menos na porrada. Por último, que coisa patética aquela comemoração do Serginho ao final do 1o set!!!!

  44. Ze Turco

    02/08/2012 19:55:40

    JucaAcompanho os comentaristas especialistas em diversas modalidades do esporte olimpico e fico pensando:Será que são tão otimistas diante das cameras de tv,ou só o fazem por mera questão de orientações das suas respectivas emissoras.Seleção de basquete masculino,seleção de futebol masculino e feminino,volei de praia masculino e feminino,vela,hipismo e atletismo são as modalidades de sempre o restante é papo furado,servem somente pra comporem delegações que vão as olimpiadas só pra fazerem numeros,a gente já sabe o que vai acontecer.Das 4 medalhas ganhas até agora vieram da natação e judô é muito pouco pra tanta gente que diz que as competições são de alto nivel e de atletas de alto rendimento,alias tem um atleta no atletismo que já é a terceira participação dele em olimpiadas,se classificou por indice tecnico,Perguntando ao seu treinador quais as chances dele na sua prova especifica o tecnico respondeu:¨nenhuma¨ora se esse atleta vai a terceira olimpiadas e não consegue nem estar entre os dez melhores,porque não levar atletas jovens que pelo menos irão adquirir mais experiencia nessas competições.Isto serve de parametros pra outras modalidades,pelo menos servirão como incentivo aos que estão no inicio de suas carreiras e poderão se motivarem pra conseguirem serem atletas de alto rendimento.Agora se continuarem as coisas como estão,pra 2016 aqui no Brasil eu sugiro que invistam somente naqueles que terão chances de medalhas,porque o restante já ficou provado por a+b que não vão conseguirem nunca competirem com as grandes potencias.O negocio chato voce ficar esperando e ouvindo aquelas bobagens todas,e depois das prova, até os apresentadores não sabem o que fazerem pra compensar tamanha decepção com comentarios tão otimistas,vamos mudar gente,vamos ser mais realistas,pelo menos não vai ficar tão chato como está sendo.

  45. TATUAPE

    02/08/2012 19:53:06

    .Por questões profissionais não pude ver um set sequer..Beirando o ufanismo, não tenho medo de dizer que o Brasil perdeu de propósito..Escondeu o jogo, para quem sabe enfrentá-los na final, e aí sim....E o Corinthians, hein?!.O nono do mundo..O vigésimo quinto mais valioso..E os antis desapareceram..O dó..

  46. Luc Valerio

    02/08/2012 19:46:11

    Juca, os USA estão com pinta de campeão, assim como o Brasil estava quando fomos campeões. ainda que consigamos chegar à final com certeza será contra os USA e será muito dificil batê-los, por tudo que já foi dito aqui, saque monstro, mais raça, mais concentrados etc. Concordo com você, esse é o preço de tantos anos de hegemonia, esse dia demorou mas chegou! Só nos resta torcer para que voltemos logo para o topo onde é o nosso lugar, pelo menos no volley.

  47. Pimentel

    02/08/2012 19:36:36

    Que isso Juca!!!!Como podemos ter perdido de nós mesmos, americanos que também somo...Além dos dólares nossos vizinhos do norte, os estadunidenses, estão, como sempre, lavando a égua nas raias, quadras e demais pisos olímpicos.Mais uma vez, parabéns pelo blog e pelas ideias.

  48. Passos

    02/08/2012 19:36:17

    E isso que o volei praticamente inexiste como esporte aqui nos Estados Unidos. Pior que isso vai ser ficar atras do Cazaquistao no quadro de medalhas!

  49. bruno

    02/08/2012 19:27:13

    tanto dinheiro publico investido para os nossos atletas fazerem esse papelão em londres.brasil tá sofrivel em todads as modalidades!!

  50. ezpn

    02/08/2012 19:15:06

    Um dia o doutor Antonio do Passo apareceu na minha casa e me convidou para ser o treinador da Seleção Brasileira. Não falou em contrato, em dinheiro, em nada. Só perguntou se eu queria ser o treinador da Seleção. Eu disse a ele:- Isso é uma sondagem ou um convite?- É um convite.- Topo.Eu disse à imprensa que já tinha sido convidado três vezes. Mentira: fui convidado cinco vezes, em 1958, 1966, 1967, 1968 e 1969. Aceitei porque achava que daria uma dimensão maior à luta que sempre travei na imprensa. Topei sabendo que ia brigar contra a inveja, a calúnia, a perfídia. Sabia que ia me aborrecer muito. Que ia lutar contra tudo. Fomos para as Eliminatórias. Ganhamos.Tive problemas sérios. Nenhum dentro do campo. Problemas de campo eram difíceis: nosso time era bom, e os nossos adversários não eram muitos bons. Fomos para a Colômbia em cima da hora. Não dava para formar um time. Preferi a base do Santos. Fui criticado, massacrado. Todos diziam que o Santos estava podre. Mas foi o Santos e mais três jogadores que vencemos a Inglaterra, campeã do mundo. Com o Santos e mais três ou quatro, classificamos o Brasil para as finais da Copa, em que eu espero tenhamos mais sorte. Houve inveja, ciúmes, calúnia. Todos os dias, dirigentes diziam; “Ponha a imprensa daqui pra fora”. Eu dizia não. O diálogo com a imprensa é importante porque, mesmo que mintam, que deturpem, nós estaremos colocando nosso país mais em cima, mais alto. Num programa de televisão em Hamburgo, Alemanha Ocidental, o entrevistador perguntou: - O que o senhor acha da matança de índios no Brasil?Eu respondi:- Nosso país tem 470 anos de história. Nesses 470 anos foram mortos menos índios do que dez minutos de guerra provocada por vocês. Os selvagens são vocês.A televisão saiu do ar, o apresentador não falou mais comigo. Quando entrei na Seleção, não me fizeram injunções.Todos os brasileiros têm o seu time, eu tinha o meu, como brasileiro. Escalei o meu time. Então sofri as maiores injunções que jamais alguma pessoa possa ter sofrido. Mas meu time era o meu time. Fui para as Eliminatórias, lutei. Entre os 16 países classificados para a Copa, o Brasil foi o que conseguiu a classificação mais brilhante, mais elogiada pela imprensa estrangeira. Eu sabia que a Seleção estava desmoralizada. O Maracanã não enchia nem contra a Seleção da Fifa, nem contra a Argentina. O povo não acreditava mais. Eu achava que devia promover o nosso futebol. Provocar, chamar a atenção pra cima da gente, pra cima de mim se fosse preciso. Fui por aí, enfrentando as paradas. De repente surgiu uma crise. Se me perguntarem hoje porque fui demitido, palavra de honra, juro pela Teresa e pelas crianças que não sei. Porque não me deram nenhuma explicação, tentaram fazer com que eu pedisse demissão. Disseram que a Comissão Técnica estava dissolvida. Eu respondi:- Não sou sorte para ser dissolvido.Que quer dizer dissolvido ? Demitido?- Está demitido.- Até logo, boa noite, vou para casa dormir.E não há ninguém que tire a tranqüilidade do meu sono. Por que aconteceu isso ? Não sei bem. Vou tentar adivinhar.Vou desenrolar uma série de casos estarrecedores que acontecem na Seleção. Última crônica escrita pelo jornalista JOÃO SALDANHA antes de falecer em 1990.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso