Blog do Juca Kfouri

Bonita festa, Rio!

Juca Kfouri

A apresentação do Rio foi simples, tocante, colorida, mestiça, pobre e rica, a nossa cara.

E tocar as Bachianas de Villa-Lobos, para este blogueiro manteiga derretida, é golpe baixo.

  1. Paula Donner

    20/08/2012 15:47:07

    Marcos, você está correto. Etnicamente (como toda metrópole), Londres é mais diversificada que o resto da GBR. Li num artigo inglês que os caucasianos em Londres são 65,7% e na GBR esse número aumenta para 90,94%.Daniela, sim, Londres que é maioria branca respeitou a diversidade colocando pessoas de todas as cores (diferente do Brasil que colocou 99% de negros/as). Londres respeitou tanto a diversidade que ao representar os barões industriais colocou vários atores negros, quando todos sabemos que não haviam negros entre os barões industriais.E o mais cômico foi representarem uma branca casada com um negro, com filhos mulatos, simbolizando uma "típica família britânica", quando sabemos que brancos casados com negros não são nem 2% na GBR. Pregar a diversidade é uma coisa, mentir e cair no ridículo foi o que Londres fez.

  2. Marcos

    19/08/2012 12:06:28

    Informação é tudo: A população de Londres é muito mais etnicamente diversificada do que a população do resto da Inglaterra. Aproximadamente metade das pessoas em Londres é de um grupo étnico diferente do branco britânico

  3. Paula Donner

    16/08/2012 19:19:25

    Marco Aurelio, como vai você, cordial e amabilíssimo amiguinho?Minha intenção não foi fazer oposição entre "indígena mestiço" vs "gente bonita".Apenas comentei que o México não alimenta seu estereótipo de país mestiço indígena, diferente do Brasil que alimenta seu estereótipo de país africano.Na verdade o Brasil é um péssimo vendedor da própria imagem. Por exemplo, há favelas no mundo todo (até na Europa), mas só o Brasil vende favela no cinema e no turismo.Outro ponto, qual o problema se eu houvesse dito não achar bonitos os mestiços indígenas? Ainda não é crime termos opiniões estéticas sobre quem é ou não bonito, mesmo nossa sociedade agonizando no câncer do "politicamente correto".Em tempo: Se você criticou-me por um simples comentário, imagina se visse minhas opiniões pela internet...Toma meu canal do youtube (AnaPaulaDonnerf) e escandalize-se. Bjs.

  4. Paula Donner

    15/08/2012 23:06:21

    Abusar dos clichês quando eles são verdadeiros, coisa que a maioria dos nossos não são.Ou você acredita que todo brasileiro é negro/mulato, sambista, capoeirista e favelado?Os clichês brasileiros vão por esse caminho.

  5. Daniela Lira

    15/08/2012 17:53:52

    O Kfouri deve ter ironizado ao dizer que a festa foi bonita. Pra mim foi decepcionante por dois motivos principalmente:1) Pq homenagiaram Iemanjá, se mais de 90% dos brasileiros se declaram cristãos e não a reconhecem?2) Pq colocaram 98 negros e só 2 brancas no palco se o Brasil não é um país africano e sim um país com todos os povos e etnias?Brasil não tem só descendentes africanos, tem também descendentes portugueses, italianos, alemães, polacos, japoneses e muitos outros.Ah, mas é que a olimpíada será no Rio que é a cidade mais negra do Brasil, junto com Salvador. Londres é maioria branca e colocou pessoas de todas as cores, respeitando a diversidade... pq o Rio não pode fazer o mesmo?

  6. Marco Aurelio

    15/08/2012 17:51:16

    Paula Donner, a oposição que você fez entre "indígena mestiço" vs "gente bonita" foi nojenta. Gostaria muito de acreditar que se tratou de um engano mas acho difícil.

  7. Ana

    14/08/2012 20:24:00

    Resumindo: A competência de Londres funcionou e muito...tudo perfeitooo! Brasil...uma pobreza, deu vergonha!!!!!

  8. Paula Donner

    14/08/2012 15:31:06

    A apresentação do Rio foi cheia de clichês e estereótipos, o que é uma lástima, mas foi o que eu já esperava. Quem acha bacaninha os nossos estereótipos não deve saber que o Brasil é um gigante cultural e multi-racial e que num planeta com mais de 200 países o Brasil está entre os 6 maiores nos quesitos território, população e econômia. O Brasil tem diversos problemas mas não é uma republiqueta de bananas, é um gigante geopolítico/econômico que precisa mostrar ao mundo as suas potencialidades e combater seus estereótipos. Qual o estereótipo do México? Um mestiço indígena de sombrero encostado num cactus e bebendo tequila. Mas o México combate esse estereótipo, suas novelas e filmes mostram pessoas bonitas e modernidade. O Brasil é muito mais que samba, futebol, índios, negros pulando capoeira e mulatas requebrando o traseiro.

  9. Vantuilson

    14/08/2012 13:47:38

    Para início de conversa nem deveria haver Jogos Olímpicos no Rio ou qualquer outra cidade brasileira. "Esse país" e seus dirigentes não têm condições morais, éticas e honestidade para organizar uma quermesse de bairro quanto mais uma Olimpíada.

  10. Lucia Ana

    14/08/2012 12:02:04

    Se tem uma hora que se deve abusar dos CLICHÊS, é nessas festas de apresentação....qual o problema com isso? GOSTEI da festa brasileira, sim. O Brasil é, sim, o otimismo eterno na alegria estampada no rosto do Sorriso, nos ritmos maravilhosos e genuínos do samba brasileiro, na esperança de termos a cultura indígena preservada como fazem os neo-zelandeses com seu povo Maori, na beleza de um povo miscigenado......Para 2016, sugiro a Elza Soares em pessoa para embalar o samba no pé do gari Sorriso, um grande carro alegórico com um enorme prato de arroz carreteiro-feijão-bife e salada de tomate!!! Isso É Brasil, querendo alguns ou não..........

  11. Gilberto

    14/08/2012 11:02:03

    Interessante notar que, muitas pessoas que gostaram da apresentação (e têm todo o direito de gostar) não se conformam com quem não gostou (que também tem todo o direito de não gostar).As pessoas têm pontos de vista diferentes. Valores diferentes. Gostos diferentes.Simples assim.No que diz respeito a dar melhores ideias para a apresentação (no caso de quem não gostou), tenho certeza de que quem concebeu "aquilo", foi muito bem remunerado.Uma coisa eu tenho certeza, a Olimpíada no Brasil, mesmo que não seja tão organizada como a de Londres, será muuuuuto mais cara.Ou como escreveu certa vez, o Juca Kfouri, sobre a Copa na África do Sul:"Não faturamos a Copa de 2010, mas vamos superfaturar a de 2014".

  12. akira

    14/08/2012 10:36:43

    Juca, pelo que eu li, a maioria dos comentários são contrários a você. Como jornalista renomado e um dos grandes defensores do dinheiro público, cobro de você uma resposta, será que algo está mudando nesse país? Tenho muito medo que nos próximos anos viveremos a maior roubalheira jamais vista. Hoje mesmo já ouvi um discurso do prefeito do Rio dizendo que não tem ainda um planejamento. Afinal, em quem confiar? Ontem já mandei uma mensagem cobrando uma postura de um jornalista que considero o grande responsável pelo afastamento de RT, sempre "tomando um chá de cadeira". Um abraço Juca, e continue lutando contra todos aqueles que querem se locupletar do dinheiro público.

  13. juçânia Facchin

    14/08/2012 09:40:34

    Vicente, quando você organizar um Olimpiada mostre tudo isso, combinados????

  14. Keney Su

    14/08/2012 09:27:35

    Uma boa comunicação não se limita ao o quê foi dito, mas o que se entendeu da mensagem. A opinião de nós brasileiros já é cediça. Gostaria do feedback e comentário de compatriotas brasileiros residentes no exterior para nos relatar o quê as emissoras locais disseram a respeito da apresentação do Brasil/Rio na cerimônia de encerramento das Olimpíadas e quais são as opiniões e expectativas das próximas Olimpíadas e até mesmo Copa 2014. Brazil: I'm you or they she you ...

  15. juçânia Facchin

    14/08/2012 09:08:40

    Adorei João!!!!! O Rio de Janeiro é a cidade mais lindo do mundo!!!! Vai ser um espetáculo!!! E olha que eu sou gaúcha, mas o Rio é a porta de entrada do nosso país.

  16. andrel

    14/08/2012 08:16:19

    Achei toda a apresentação de um tremendo mau gosto. Um mano invade a festa. Depois todas aquelas luzes fluorescentes toscas. E aquele cara com uma rede de lâmpadas com fiação exposta. Muito lixo.Fora o vídeo do tema oficioso que devem ter pago uma fortuna em cachês e produção, e que parece coisa feita no criador de videos do ruindows.

  17. Lucas

    13/08/2012 23:54:31

    Sou da turma que acha que deve se misturar mais as culturas, tentando mudar um pouco esse rótulo que acompanha o Brasil desde que sou criança(lá pelos anos 70). E isso vem de antes. Samba, mulher, futebol. Samba, mulher(de preferência mulatas dançando) e futebol. Cansativo e repetitivo. Sem criatividade. Se a ideia era mostrar apenas o Rio, por que a presença de Pelé(da qual gostei, aliás?). Pelé representa muito mais o Brasil do que apenas o Rio. Ai, foram pelo caminho da ex-capital da República por 200 anos? mesmo no Rio, por que as novelas da Globo têm tão poucos negros, buscando sempre a Zona sul e a Lagoa como referências? Sem dúvida, uma apresentação-padrão. Porque é mais fácil e rende dividendos, tentando trazer turistas para sambar e transar no Rio. É o que penso.

  18. Ricardo Martins

    13/08/2012 23:02:53

    Os 8 minutos foram muito bacanas e conseguiram dar uma pequena mostra do Brasil. Marisa Monte entrando de Iemanjá ao das bachianas foi um golpe baixo para mim também. O que dizer de horas de apresentação quase toda fundamentada na cultura pop como foi a britânica? Não foram estereotipadas? Devemos aprender que o além de ser um país desigual com muitos problemas também devemos aprender que temos uma diversidade espantosa e extramente difícil para um não brasileiro entender. Somos o país dos tropicalistas, da bossa nova, de Machado de Assis e Clarice Lispector, do manifesto antropofágico, de Santos Dumont e de César Lattes. De Pelé também, por que não? A parte negativa tem sempre que ser criticada como as obras irregulares o alto custo social do evento e tantos outros. Mas a brasilidade deve sempre ser mostrada. Além do que o Renato Sorriso entrando em uma festa de gente chique foi o máximo!

  19. José Henrique

    13/08/2012 22:40:58

    É, não foi estereoripo a exibição de tecnologia milionaria, talvez com dinheiro dos russos abrigados no pais da Rainha, a troco de um passaporte.:Chega de complexo de vira-latas.

  20. Caio

    13/08/2012 21:58:07

    Pra variar mostramos para o mundo o Brasil esteriotipado, que eles já imaginavam.. Carnaval, futebol será que não temos outra coisa pra mostrar??Deveriam sim aproveitar o sucesso do filme RIO e em cima disso mostrar as belezas naturais do Rio de Janeiro pegando um gancho no filme...Acho que os pássaros do filme RIO fariam mais sucesso do que esse maracatu atõmico. De onde tiraram isso?E continuamos a mostrar ao "estrangeiro" que aqui só tem carnaval, futebol ...Até quando...

  21. TATUAPE

    13/08/2012 21:01:40

    .Foi linda e emocionante a apresentação do Brasil tanto quanto o gol do Romarinho, pela virada foi mais emocionante..

  22. Marco Aurelio

    13/08/2012 20:01:24

    Também defendo a ideia de se "vender" um Brasil mais verdadeiro, o Brasil dos imigrantes europeus, asiáticos e africanos. Não apenas estes. A cultura brasileira é diversificada, os próprios negros gostam de curtir a cultura "branca", os brancos de comer comida joponesa, ou ir na Bahia. Temos uma enorme diversidade, com o sul branco e desenvolvido, o Sudeste mestiço, mas com boa parte branca, o nordeste miscinegado pelo lado do índio, negro e branco, e o norte mais com o índio. Além do Centro-Oeste, onde se fala o melhor português do Brasil. É verdade que a Olimpíada é no Rio. Mas, quem disse que o Rio só tem samba e futebol? Tem o litoral, óbvio, mas dá para se trabalhar muito em cima do fato de ter sido capital da República, abrangendo "mais Brasil".

  23. Victor

    13/08/2012 19:53:03

    Quanto preconceito. Depois falam que não somos. Preconceituoso

  24. JP

    13/08/2012 19:44:11

    Só uma ressalva, Rodrigo. Espero que o Rio não mostre apenas a cultura deles , até porque samba, carnaval, futebol e mulatas não são tanta unanimidade assim.. Acho fantástico tudo isso, mas como dizia Lobato, o verdadeiro Brasil está no interior. Sou mais Luiz Gonzaga e Tonico e Tinoco.

  25. Itamar Generoso

    13/08/2012 19:36:01

    Descordo um pouco de você colega, você precisa ser democratico e saber que existem opiniões divergentes isso é normal. Eu sou paulistano mas vou sempre ai no Rio de Janeiro minha noiva é carioca é uma cidade maravilhosa amo o Rio e alguns que conheci ai e vieram aqui também gostaram muito de São Paulo, claro não tem a beleza do Rio que é incomparável, mas tem seus encantos como qualquer cidade desse nosso lindo país. Mas eu acho que ficou algo como alguns cliches negativos como sempre, podiamos e devemos mostrar outros lados do Brasil, sobre os cliches e os esteriotipos, todos os países vão mostrar os seus, mas alguns cliches e esteriotipos do Brasil são meio negativos e da uma certa imprensão que o Brasil só tem isso. Veja o exemplo do EUA mesmo sendo a maior potência e um país rico acham que não tem pobreza lá? Tem e muito!!Mas os americanos não gostam de sempre ficar mostrando isso para o mundo só procuram mostrar as coisas boas. O Brasil é um país que adora mostrar sua pobreza e se apequenar para o mundo, não falo de esconder, mas pelo menos equilibrar as coisas, vejam os filmes brasileiros como são só mostrando o lado pobre e ruim do Brasil, só mostra corrupção, tráfico, crimes e tudo mais, claro que outros paises também fazem filmes assim e mostram mas semre procuram mostrar o lado bom do país também e com mais frequência, mas o Brasil adora só mostrar seus pontos negativos.Acho que podemos fazer melhor sim, mostrar outras coisas além de só samba, carnaval e mulheres mostrando a bunda e rebolando pois é essa a visão que os estrangeiros tem de nós e do nosso país, para ter uma ideia já vi comentários de mulheres que quando estão lá no exterior e dizem ser brasileiras os olhos dos homens até brilham pois acham que são mulheres faceis. Isso é um exemplo de esteriotipo negativo que temos.Independente disso, espero que todos nós tenhamos uma boa olimpiada e em paz, abraços.

  26. Itamar Generoso

    13/08/2012 19:14:09

    Olha não quero ser do contra, mas estou de acordo com os que dizem que isso alimentou certos cliches e esteriotipos e o Brasil poderia ter não mudado, mas acrescentado também outras coisas e mostrar que o Brasil não é só isso. Também não gostei do clipe oficial que só mostra artistas em pontos turisticos do Rio de Janeiro e ignora o povo.Espero que até lá se mude a visão de como o Brasil vai se apresentar e se mostrar ao mundo.Da pra fazer bem melhor que isso.

  27. Adriano

    13/08/2012 19:00:41

    Você é bem crítico, diz aí o que voce faria para não ser clichê e brega.

  28. Adriano

    13/08/2012 18:58:07

    Tentando de novo: será que você tem alguma idéia melhor que represente o Brasil de verdade, se tiver por favor fale.

  29. José Henrique

    13/08/2012 18:36:03

    Ridiculo foi ver a Rainha saltar de paraquedas com James Bond, (aliás o pior caráter de todos os personagens desde Sean Conery.):Show tecnologico e pirotécnico, carissimo. Cadê o calor humano?:O Brasil não entrará numa furada dessas em 2016, com certeza.

  30. Lincoln

    13/08/2012 18:34:53

    Sim a olimpiada sera do "rio de janeiro", mas a conta será paga por todos os brasileiros

  31. José Henrique

    13/08/2012 18:30:48

    Parabéns.! Descreveu muito bem o complexo de vira-latas de alguns.

  32. fabio

    13/08/2012 17:48:43

    Realmente, a tal Jessie J conforma tudo o que você disse.

  33. marcio c.

    13/08/2012 16:33:00

    LAMENTÁVEL a apresentação brasuca! Um show de clichês e estereótipos como sempre. Alguém escreveu que a Inglatérra também usou clichês e estereótipos, o que é verdade... Só que os estereótipos ingleses não são negativos como os brasileiros. Os nossos são do carnaval, do favelado, das cobras passeando nas ruas, do índio, do malandro, do negro descalço pulando capoeira, da mulata semi-nua rebolando a bunda. Bem "bacana" a imagem que o mundo tem do brasileiro, não? E o que o Brasil faz????? Alimenta os estereótipos todas as ocasiões que poderia combatê-los.

  34. Jônatas

    13/08/2012 16:10:55

    Se negrinho de chinelo de dedo, bermuda e camisa do flamengo representando for o típico carioca então deveria estar lá sim. Afinal as olímpiadas são do Rio, não do Brasil. Assim como a que passou foi de Londres, não de Macheste ou Leicester, Newcastle, Glasgow, Cardiff...

  35. Marcos A.

    13/08/2012 16:09:02

    Realmente, 8 minutos foram o suficiente para mostrar toda nossa cultura. Temos muito mais do que isso, mas insistimos empurrar as mesmas coisas de sempre. Salvaram se marisa Monte, as Bachianas e B-negão. O resto foi mais do mesmo da vida toda.

  36. MAICON ALESSANDRO

    13/08/2012 16:01:45

    minha filha, o pele e o maior simbolo do brasil que deu certo.

  37. Marcos A.

    13/08/2012 15:59:46

    Ficou faltando algo. Para representar realmente o Brasil tinha que haver políticos com sacos de dinheiro e outros com dinheiro na cueca.

  38. Razao incontestavel

    13/08/2012 15:58:52

    Sim ,ela e do RIO e consequentemente do BRASIL Quanto ao $$ ,paguem primeiro as decadas de petroleo de graca da bacia de CAMPOS antes de falarem alguma coisa.

  39. Rodrigo

    13/08/2012 15:51:49

    Antes de comentar, li alguns comentários e mais uma vez digo o que sempre disse: metade dos problemas da sociedade são por causa de alguns reclamões que não movem uma palha pra melhorar aquilo que eles mesmos julgam ruim ou mal feito. Eu como morador do estado do Rio e como bom BRASILEIRO, senti orgulho ao ouvir o hino e ver a bela apresentação de 8 minutos. Fico impressionado como alguns aqui acham tantos problemas em 8 minutos de uma apresentação clichê como deve ser para apresentar o local das próximas Olímpiadas. Acho que os que reclamaram não viram a apresentação clichê dos Londrinos em Pequim 2008. E o que viram em 2012? Uma apresentação Londrina e Britânica também. Assim como será em 2016, uma apresentação Carioca e Brasileira. Mas temos a cultura de reclamar de tudo né? Será que vão retratar isso em 2016? Façam me o favor hein, reclamaram até do Pelé aparecendo na festa. Se a sede de 2016 fosse Chicago, se colocassem o Michael Jordan lá, não só o povo de Chicago, mas todos os americanos ficariam orgulhosos. Já no Brasil, alguns reclamam até do maior atleta brasileiro numa mini introdução de 8 minutos pras próximas Olímpiadas, é brincadeira hein.

  40. Gilberto

    13/08/2012 15:25:19

    Não gostei.Achei de uma pobreza enorme.Figuras estereotipadas representando o Brasil.Parece até que foi idealizado por um americano ou um europeu (e o pior, é que foi concebido por brasileiros).Certamente, alguns gostaram.Tem gosto pra tudo. Começamos mal, e se muitas coisas permanecerem como estão, passaremos vergonha a partir da chegada das delegações e turistas em nossos aeroportos.

  41. Cleiton Lima

    13/08/2012 15:21:06

    Caro Blogueiro quero que comente sobre o nome da BOLA DA COPA que foi lançada no Globo Esporte! Vamos fazer uma corrente e colocar o nome dela de "Gorduchinha" em homenagem ao nosso lendário Osmar Santos! Não podemos colocar essa decisão em uma emissora carioca que dentre as 3 ridículas opções estão Bossa Nova, Carnavalesca e Brazuca ... por favor, fale sobre isso!!!

  42. Celso

    13/08/2012 14:58:17

    Marcos, perfeito...concluiu com precisão ..abcs.

  43. Antonia

    13/08/2012 14:39:27

    Só percebi a apresentação do RJ quando vi o Pelé. Antes confundi a apresentação carioca com algum país africano, tipo Congo, Zimbábue ou Serra Leoa. Nunca vi um pais exaltar tanto sua negritude e africanidade quanto o Brasil, e esquecer das demais culturas como a européia e a asiática. E isso porque o Brasil (segundo o IBGE) tem só 8% de pretos(as). Só faltou um negrinho de chinelo de dedo, bermuda e camisa do flamengo representando o 'típico carioca'.

  44. Mauricio

    13/08/2012 14:14:34

    Interessante como, na festa de abertura, o comitê londrino apresentou James Bond misturado à Beattles, rainha fazendo gracejo digno de Mr Bean, que a propósito tb participou da festa, Harry Potter, enfim, um festival de clichês, e nem por isso se ouviram comentários contrários à sua criatividade.Ora senhores, se no exterior o Brasil, turisticamente falando, é reconhecido pelo carnaval, mulatas, indios ou coisa que o valha, vocês queriam que se expusesse o que na cerimônia? O Agro-negócio? O Pré-sal? Brasília?

  45. Pablo Bicudo

    13/08/2012 14:11:14

    No geral a apresentação brasileira na festa de encerramento foi TRISTE. Perdemos uma oportunidade de mostrar muita coisa boa da nossa cultura. Salvaram-se Marisa Monte cantando as "Bachianas" e B-Negão com "Maracatu Atômico". Foram as duas apresentações genuínas que representam um pouco da nossa cultura. De resto foram os mesmos clichês e estereótipos de sempre: Brasil país do samba (leia-se sambas-enredo), das mulatas à disposição para o turismo sexual (os gringos presentes a cerimônia já devem estar fazendo planos), do malandro "charmoso", dos índios tribais distantes da barbárie da civilização e protetores da natureza e o nosso sagrado futebol. .Os ingleses apresentaram Shakespeare, Beatles, Rolling Stones, The Who, Queen, Pink Floyd e muito mais. Em termos de cultura e arte, os ingleses estão anos-luz na nossa frente. PASSAMOS VERGONHA NA FESTA DE ONTEM.

  46. Mauricio

    13/08/2012 14:00:04

    Sem contar que grande parcela da população, mesmo tendo acesso à internet, redes sociais, meios de imprensa, continua ignorante a ponto de escrever infelizmente com "S"...

  47. rodrigo

    13/08/2012 13:58:13

    Wellington...Maracatú é uma tradição de Pernambuco e estava lá. A festa não representa a cidade, e sim o país...E não vou te listar as belas tradições do país fora do Rio de Janeiro, você como brasileiro deveria saber. Eu penso que a pequena exibição merece um desconto pelo tempo curto, mas espero muito que a apresentação de abertura oficial não fique limitada como os Wellingtons da vida :)

  48. Marcos A.

    13/08/2012 13:39:22

    É aquela história né. Dá impressão que fazemos isso por compensação para mostrar aos outros que amamos os índios. Eles foram escravizados e dizimados por aqui, nada diferente do que aconteceu nos EUA e as poucas tribos que restaram são guardados como se fossem peças de museu. A gente quer passar a imagem ao mundo que aqui todo mundo é feliz e convive numa boa enquanto os ricos fazem suas festinhas nas suas coberturas de frente para as imensas favelas, onde provavelmente o gari deva morar.

  49. Mariana

    13/08/2012 13:22:41

    E como sempre no Brasil em qualquer evento, a abertura das Olímpiadas do Rio, vai ser com dinheiro público. Nessas horas não importa se a festa vai ser bonita ou não, o que importa realmente é que vai ser o seu, o nosso dinheiro que vai ser usado para bancar a farra, já que aqui no Brasil, tudo que é feito em cima da hora custa mais caro. Infelizmente vamos pagar por uma coisa que não vai ter retorno, como aconteceu na cerimônia para a escolha dos jogos de grupo para a copa de 2014, que a rede globo transmitiu, tudo bancado com dinheiro do povo que paga impostos adoidado. Fazer o que, é Brasil.

  50. wlad

    13/08/2012 13:20:23

    Foi uma grata e bela surpresa a apresentação do Brasil na festa de encerramento. Esperava coisas do tipo "eu quero tchun eu quero tchan..." ou o arroz de festa da Ivete Sangalo e vi algo de bom gosto e muita beleza. Já não podemos dizer o mesmo quanto à participação esportiva; muito dinheiro e pouquíssimo resultado. Uma das medalhas de ouro foi de um atleta que só teve algum apoio 3 meses antes da participação nos jogos olímpicos. Mas parece que o dinheiro fica no COB nas mão do eterno dirigente Nuzman (que tal uma investigação no COB?). E porque insistimos em levar turistas travestidos de atletas como a Daiane dos Santos, Diego Hipólito, Fabiana "q

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso