Blog do Juca Kfouri

A ilusão das medalhas

Juca Kfouri

Do mesmo modo que um gaiato anunciou, fingindo susto e ar preocupado, no segundo dia olímpico, que os Estados Unidos haviam ultrapassado o Brasil no quadro de medalhas, há quem esteja verdadeiramente decepcionado com a seca de conquistas depois das três iniciais.

Sem razāo.

Imaginar que o país ganharia três medalhas por dia seria projetar 45 ao final, quase a metade das 94 que ganhou em 21 participações em Olimpíadas, sendo que em três delas, em 1928, 1932 e 1936, os brasileiros voltaram para casa de māos abanando.

É interessante observar que a melhor classificação geral brasileira foi exatamente na primeira participação, em 1920, na Antuérpia, um 15o. lugar fruto das três medalhas.

Nas duas ediçōes mais medalhadas, com 15, em Atlanta, em 1996, e em Pequim, em 2008, o Brasil ficou em 25o. e 23o. lugares, respectivamente.

  1. Emerson

    06/08/2012 10:35:57

    Colombia???????

  2. Frufru

    06/08/2012 02:23:57

    e daí?

  3. pap

    03/08/2012 22:25:37

    Em termos de medalhas, divido a olimpiada de londres em 3:- "otan" - eua,europa,e aliados(colombia,japão,australia,filipinas,iraque,coreia dosul)- China- Turma "classe média" - russia,cazaquistão,brasil,turquia,quenia,serviaJogos de londres está uma autentica "otanpíada"!

  4. mano

    03/08/2012 20:22:14

    e ponto

  5. Erick

    03/08/2012 20:15:36

    Pessoal estava eu observando o quadro de medalhas hoje (03/07/2012) e vi q do bloco America do Sul, o Brasil tem o melhor lugar, 21º, os outros são ainda acima (ou abaixo) disso. Mostra pra o lado de cá, o investimento pífio nos esportes de maneira geral ñ é só no Brasi,l mas em toda a América do Sul.Interessante isso

  6. Gauchinho

    03/08/2012 16:07:24

    Um país como o nosso, tanto em tamanho como em potencial humano, ganhar 3, 4 medalhas é uma PIADA. Nem percam tempo "torcendo", apenas curta as Olimpíadas e buenas.E entendam uma coisa: no Brasil, o ÚNICO que sempre leva o ouro é Nuzman. O resto é "só" atleta.

  7. Dener

    03/08/2012 00:42:34

    Excelente!!!

  8. Carlos Renato

    03/08/2012 00:41:48

    Esse resultados pífios só demonstram a total incompetência do Sr. Nuzman, queimando toda a verba do COB para acomodar melhor os atletas num "centro esportivo de primeiro mundo" em Londres. Para que isso adianta se não há preparação e treinamento ainda no Brasil. O que se vê são atletas que dão tudo pra tentar disputar competições internacionais onde, salvo raras exceções, vão como meros participantes. O caso do judô é gritante, a diferença na condição física com os atletas estrangeiros é evidente. Aí não há psicólogo que resolva... falando nisso, há psicólogo na delegação? Mas o principal culpado é o governo que se preocupa com o pão e circo (vide Copa do Mundo e Rio 16) e não investe uma migalha em educação e cultura do esporte nas escolas. Seremos sempre o país do futebol (será?!), onde há sempre aquela imagem do menino franzino descalço chutando uma bola de pano no campinho batido de terra, mas que não sabe escrever o próprio nome, pois a escola mais próxima fica à 20 km dali.

  9. Wagner Fernandes

    02/08/2012 23:12:46

    O que tem o Cazaquistão estar à frente? Qual é o preconceito? E se fossem as Ilhas Virgens? Mesma coisa. Temos que olhar pra nós e tentarmos corrigir nossas falhas e não fazer pouco de quem está se destacando, porque isso é etnocentrismo puro e as nações alheias merecem respeito!

  10. Passos

    02/08/2012 20:46:07

    E tem ai no numero de atletas por modalidade em cada pais?Acho que no Brasil faltam atletas e sobram expectadores (de novela e futebol)

  11. Leandro

    02/08/2012 18:24:12

    Milton (comentário de 1:21pm), entendo seu ponto e concordo que a Olimpíada deveria ser assim, um evento voltado para esportes individuais que se fossem depender de si para chamar a atenção, seria complicado. Naturalmente, existem esportes individuais que não precisam das Olimpíadas para se viabilizar economicamente. Cito o tênis e o boxe, por exemplo, que possuem eventos próprios com muito mais relevância do que o torneio olímpico. O meu ponto é que, dado que as Olimpíadas são como são, um torneio com esporte individuais e coletivos, classificar um país como "bom de esporte" só com base no quadro de medalhas é falho. É uma medida que mistura “bananas” e “maçãs”. Para ficar nos esportes individuais, vejo por exemplo várias notas citando o Michael Phelps como o “maior esportista olímpico de todos os tempos”. Sem desmerecer o cara, que de fato é um monstro, afirmar que ele é o maior porque tem quase duas dezenas de medalhas é falho. Um judoca compete por apenas uma medalha, e pode ser um fenômeno também. Cada um no seu esporte.

  12. Renato Khair

    02/08/2012 18:11:38

    É decepcionante, sim.Um país continental e pujante como é o nosso, com 200 milhões de habitantes, deveria ter 1 desempenho bem acima e melhor nas Olimpíadas.Falta 1 política pública séria de esporte no Brasil.

  13. Frustação esporte clube

    02/08/2012 18:03:14

    Nunca tive a ilusão de uma chuva de medalhas,mas isto não me impede de ficar sim, um pouco decepcionada com alguns atletas que todos consideram de alto escalão e que saíram daqui de mãos abanando. Diego Hypólitto nada faz além de cair no chão em toda Olimpíada. E os atletas do judô? Esta não era a melhor equipe olímpica da categoria? Nossas frustrações se devem as ilusões nos oferecidas pelos "especialistas" da área em seus comentários baseados nos títulos mundiais conquistados pelos mesmos atletas. A impressão que dá é de que quando conseguem estes títulos é porque os melhores não disputam. guardam suas forças para os jogos olímpicos. Infelizmente continuaremos nesta seca por anos e anos, vendo nossos favoritos caírem enquanto os favoritos deles deitam e rolam. Aí vem o mesmo discurso: o esporte brasileironão tem apoio e tal. então param de nos iludir e apontem nossa amarga realidade. Ilusão é acreditar que em 2016 vai ser diferente. Talvez seja sim, mas para pior. Não sou pessimista, estou pessimista. Estas olimpíadas estão me matando! De raiva!

  14. Ricardo Juliano

    02/08/2012 17:31:43

    É isso aí, Souzão...agradecemos a reverência e respeito dos menores. Thanks!Isso alimenta e embasa nosso domínio.Em dezembro estaremos com o Barça, o que é mais real.

  15. Alexandre

    02/08/2012 17:03:48

    Os que ganham por volta de 15 medalhas? Certamente menos...

  16. Bruno Costa

    02/08/2012 16:51:24

    Vai estudar.O Casaquistão não é a Bolívia.Vergonha é ficar atrás de países que não investem em esporte, ou seguir apanhando de Cuba, ou ser passado por outro país da América do Sul.

  17. Bruno Costa

    02/08/2012 16:48:43

    Judo já era, os pesos pesados lutavam hoje. Foram três medalhas e é nosso carro chefe. Futebol feminino e basquete se levarem bronze será zebra.Volei feminino não está legal. No masculino não tem nada garantido.Vamos ficar em 5 ou seis medalhas, isso se ganharmos no volei de praia.

  18. Vitor

    02/08/2012 16:31:37

    Cazaquistão: 3 medalhas, as 3 de ouro! Coréia do Norte: 4 medalhas de ouro e 1 de bronze!Preciso dizer o que significa "foco"? De que adianta levar um bando de mané às nossas custas pra ir passear nesses cantos? Investe tudo em um grupo de 5 caras, em esportes diferentes, e pronto. Mas não, levamos uma delegação de não sei quantos patetas apenas pra dizerem que "brigam" pelo povo brasileiro...Pura conversa fiada!

  19. souza pinto

    02/08/2012 16:23:18

    O Corinthians sempre esteve em primeiro lugar em TODAS minhas estatisticas pessoais.Sempre foi,e sempre será minha alegria.Diria até que é uma das razões que me faz gostar tanto de futebol.Meus protestos pela colocação em nono lugar.

  20. JOSÉ POLVO DOS MARES

    02/08/2012 16:09:02

    Alto lá meu amigo !Eu senti sim, muita falta do NEYMAR carregando a nossa bandeira.Primeiro porque o genial menino da bola é o esportista atual mais reconhecido a nível mundial, gostem ou não os invejosos de plantão.Segundo porque foi constrangedor e ridículo, ver aquele Rodrigo pessoa, que é muito mais suiço que brasileiro, levando nossa bandeira com aquele sorriso amarelo. Um sujeito que fala português com sotaque europeu, que pratica um esporte de elite, totalmente desconhecido da maioria dos brasileiros e que depende de um cavalo para se dar bem nas competições.Seria mais justo amarrar a bandeira nacional nas costas de um burro, talvez um jegue, com nome frances, Burrobê de Rouêt, e colocá-lo para puxar o desfile de abertura.

  21. Márcio Abreu

    02/08/2012 16:00:02

    Com essas 4 medalhas do Brasil nas Olimpíadas, já estamos na frente do Marín, o Zé das Medalhas, que possuí só uma de Ouro......hehehehehe AbraçosMarcio Abreu

  22. Hernando Pena

    02/08/2012 15:54:30

    Falta investimento para nossos atletas ?Se fizermos as contas do que se gasta atualmente pelo COB em relação a outros países, tirando os EUA, penso que estaremos entre os maiores gastadores de dinheiro público do planeta, em contrapartida com a pior média de custo-benefício.Quero saber se no Quenia, campeoníssimo das provas de fundo, maratona e meio-fundo, gasta-se mais grana do que aqui ?No Cazaquistão, Cuba e até na Mongólia, hoje na nossa frente no quadro de medalhas.Chega de choradeira !Os atletas brasileiros precisam compreender o verdadeiro espírito olímpico, de superação das dificuldades na hora dos jogos e espírito esportivo, acima do mercantilismo.Se dinheiro fôsse tudo, aqueles magnatas russos que investem nos times ingleses de futebol, ou os sheiks árabes donos do petróleo, montariam times de futebol imbatíveis em seus países, remunerando seus compatriotas com toneladas de ouro por conquistas internacionais.O Brasil precisa investir na base, na formação de atletas nas escolas, desde a infância, valorizando os professores de educação física e privilegiando a saúde e formação de caráter de nossas crianças.Ficar gastando fortunas com meia dúzia de estrelinhas olímpicas que sempre fracassam nos momentos decisivos, não nos levará a nada.

  23. ARARA

    02/08/2012 15:45:00

    caracas, duro é ler tdo isso aí véi...mas é mto interessante, vlw pela aula.

  24. Assis

    02/08/2012 15:37:53

    Estranho... somos a quinta potencia economica do mundo mas nao passamos do meio da tabela nas olimpiadas. Pelo jeito vender milho, soja, oleo e minerio de ferro da dinheiro mas nao enche barriga e da inteligencia a ninguem...

  25. Leonardo Cabral

    02/08/2012 15:30:25

    Além do quanto se investe, tem a questão do COMO se investe.

  26. Leonardo Cabral

    02/08/2012 15:29:08

    Perfeito, Daniel. Assino embaixo.

  27. sidneyc

    02/08/2012 15:19:29

    Os recursos destinados ao esporte no Brasil estão pessimamente alocados, praticamente todo ele para o esporte de alto rendimento. Durante décadas o regime comunista usava o esporte como uma propaganda de estado, mas o investimento era feito na base, nas crianças e isso melhorou a condição de vida da população e perenizou muitos países como forças olímpicas. Nos países desenvolvidos no Ocidente, e o melhor e óbvio exemplo é os EUA, as escolas e universidades são o grande berço para a formação de atletas. No Brasil alguns poucos escolhidos usufruem de recursos públicos, por seus méritos próprios vamos deixar isso claro também, mas essa política não cria as condições básicas para que o esporte faça parte da formação do povo brasileiro e, como consequência, nos tornarmos uma potência olímpica. Me lembro dos tempo de colégio estadual na década de 70 quando tínhamos aulas de educação física e aprendíamos a jogar handebol, volley e podíamos optar em treinar e jogar competições nesses esportes, entre outros, nos Centros Educacionais, como o Jorge Brueder em Santo Amaro, que até piscina e quadra de taco coberta tinha e hoje, lamentavelmente, não existe mais. Hoje, pelo que acompanho de pessoas cujos filhos estudam em escola do estado, sejam municipais ou estaduais, este foco não existe, além dos profissionais de educação física serem mau remunerados e desprestigiados. Falta um longo caminho e na minha opinião não temos um caminho ainda traçado, que deveria começar nas escolas e universidades.

  28. Santilli 324

    02/08/2012 15:04:27

    Acho que é até pouco pro Corinthians, afinal:- Campeão Mundial FIFA - disputará o Bi Mundial nesse ano;- Atual Campeão Brasileiro - o Quarto campeonato mais valorizado do mundo;- Atual Campeão da América;- O único clube além Bilhão das Américas...o justo seria estar entre os 5 NO MÍNIMO...!

  29. Eros

    02/08/2012 14:56:03

    Eles comemoram e mito outros resultados além de ouro sim. de resto concordo na maioria do que vc disse.

  30. Anderson

    02/08/2012 14:53:16

    A cultura do povo é culpada mas não coloque todos os atletas neste bolo, pois muitos deles são verdadeiros heróis que sem nenhum investimento ou apoio consegue ir ao pódio de uma olimpíada. Sim, temos os políticos que merecemosSim, graças a isso, não damos o apoio e o investimento necessário para os atletas competirem de igual para igual com grandes potências.Sim, precisamos ter educaçãoMas não venha acusar os atletas de se contentarem com pouco, pois dadas as circunstâncias esse pouco realmente vale muito. E, inclusive, aqueles que se sentem em condições de competir vão para fora onde podem receber apoio, treinamento e os investimentos necessários para a prática do esporte dignamente.Americanos e chineses só se contentam com ouro pois tem condições de treinar e são financiados para vencer sempre. Não precisam se humilhar para obter patrocinios e etc.

  31. LC

    02/08/2012 14:48:05

    Bobagem imaginar que o brasil é uma potência olímpica ou que será apenas porque esta oganizando a próxima olimpíada.Ufanismo e pretensão não ganham medalhas.O objetivo do Brasil com a organização dos jogos é sedimentar um projeto político em curso na política e por tabela ressucitar pela enésima vez o Rio de Janeiro com injeção de bilhões do tesouro nacional em obras na cidade.

  32. Wellington Bhraga

    02/08/2012 14:46:42

    Fifa é aquela que disse que o Maradona foi melhor que o Pelé? É aquela que disse que o Corinthians foi "campeão" mundial? Não, não conheço.

  33. Carlos Alberto

    02/08/2012 14:46:14

    Investiram um monte no pan 2007, vao investir milhões na Copa e na Olimpiada no Brasil, falaram q iriamos obter resultados mais significativos mas ate agora nada, uma medalha aqui outra ali e no fim vai acabar como as outras. Me pergunto se nao seria melhor investir todo esse dinheiro em educação, hospitais enfim em tantas outras coisas mais urgentes.

  34. Anderson

    02/08/2012 14:46:05

    O ranking é tão sério que o 2º Colocado é o Universidad de Chile, na frente de Bayern, Chelsea e R Madrid, sendo que o Chelsea atual Campeão da Champions League.

  35. Wellington Bhraga

    02/08/2012 14:45:10

    O MUNDIAL de 2000 é do BOCA. O de 2000 dos marginais da Marginal é apenas um protótipo de Mundial, aliás, MUNDIALITO, como o próprio Roberto Carlos disse pouco antes do Tolima eliminar o timeco. Leiam na Wikipédia o significado de Mundial 2000. Kkkkkk... Esse time me mata de rir! Boca llegó a la cima del mundo en tres oportunidades. La primera fue el 1º de agosto de 1978 aunque correspondía al año anterior. En aquella ocasión se disputaron dos encuentros: el primero como local y el segundo en Alemania. El rival fue Borussia Möenchengladbach y el equipo del ‘Toto’ Lorenzo lo goleó por tres a cero en el partido Revancha. En el 2000 y 2003 Carlos Bianchi fue el conductor del campeón. Se jugó a un único partido en Japón y Boca venció al Real Madrid por dos a uno y al Milan por penales tras haber igualado en un tanto. De los clubes americanos, Boca - junto a Nacional, Peñarol y San Pablo- es el que más Copas Intercontinentales ganó.

  36. Théo World Chapionship Official Fifa

    02/08/2012 14:38:49

    Falando em Campeões:+Corinthians sobe três posições e vira 9º melhor time do mundo em ranking oficial da IFFHS Fifa:+Confira o ranking atual da IFFHS com a antiga posição do time entre parênteses:+1. (1.) FC Barcelona2. (2.) CD Universidad de Chile3. (3.) Real Madrid CF4. (5.) FC Bayern München5. (4.) Club Atlético de Madrid6. (6.) CA Boca Juniors Buenos Aires7. (7.) Chelsea FC London8. (8.) Club Libertad Asunción9. (12.) SC Corinthians Paulista10. (9.) CA Vélez Sarsfield +http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/08/02/iffhs-coloca-corinthians-como-o-9-melhor-time-do-mundo-barcelona-lidera.htm+Obs.: os demais brasileiros não dá pra enxergar...nem de luneta!

  37. Marco Aurelio

    02/08/2012 14:33:49

    Discordando do blogueiro, esperava um avanço do Brasil nesta Olimpíada, até mesmo porque deveria ser "preparatória" para 2016. Mas, nem nisso o Governo Federal pensou. É verdade que estaremos chegando ao meio dos jogos ainda, no final-de-semana, mas até agora é decepcionante. Vamos ver o Cielo logo mais. Além do volei(em geral), do judô(em geral), da vela, e, talvez, algum outro esporte coletivo(futebol ou basquete). Futebol pra ouro. Vamos aguardar umas 7/8 medalhas de ouro.

  38. Daniel

    02/08/2012 14:33:35

    Discordo amigo. Até peteca tem o mesmo peso de futebol ou basquete. Esse é o mal do brasileiro, só dar atenção para os esportes "mais" praticados no país. Temos que tirar o chapéu quando alguém dos esportes menos favorecidos trazem medalhas, pois esses atletas dedicam a vida para tal, e, detalhe, sem apoio da mídia, patrocínios, público, crítica e afins, muitas vezes colocando dinheiro do bolso para realizarem sonhos como este. É bem diferente de um Neymar que está apenas disputando mais um torneio que não lhe fará diferença nenhuma se ganhar ou perder.

  39. Wallace Neto

    02/08/2012 14:32:51

    O comitê olímpico brasileiro é uma anedota, uma farsa onde velhos lobos políticos como esse Nuzman (atual presidente do COI) que foi um jogador medíocre de voleibol na década de 60 quando o esporte era amador e praticado pela burquesia no Rio de Janeiro, imagina se em 2016 o Brasil repetir esse fiasco que é em Londres, ai vão falar que os incentivos financeiros principalmente através do dinheiro público não foram suficiente.

  40. Fabio Adriano

    02/08/2012 14:23:45

    O Brasil é uma piada. A maioria desses atletas se contenta em ter chegado nas olimpíadas, em estar participando, é como o nosso povo, que se contenta com migalhas, com esmolas. Mas o pior de tudo, é que se acha feliz com isso, se acha o malandro, o esperto, afinal o Brasil é o país da malandragem, da alegria, vai pro exterior torcer alegre, com pandeiro, se achando o melhor povo do mundo. Quanta ilusão, quanta hipocresia. Os atletas são o retrato do país, um povo sem educação, sem cultura, massa de manobras de politicos, enfim, somos uns coitados, somos o legítimo povo que se contenta em comprar um celular, uma geladeira a prazo e trocar as rodas do chevete, achando que isso ta bom demais. E os politicos sabem disso, basta dar umas esmolas, umas bolsas sei la o que, que conseguem levar pra qualquer lugar seu bando de cordeirinhos. É inadmissível que um país do tamanho do Brasil, com uma economia forte (aos olhos dos governos, pq o povo não consegue mudar de vida a anos) esteja atras do Cazaquistão no quadro de medalhas....é patético isso, vergonhoso. Os chineses, americanos, ao invés de comemorar vaga, comemoram somente o ouro, fora isso é fracasso. Ao invés de chegar nas olimpiadas cantando com pandeiro, pintadinhos, se achando os mais alegrinhos do mundo, chegam quietos, concentrados, com espírito competitivo ao maximo, e por isso, nao pipocam na hora da decisão, estão preparados, recebem treinamentos diversos, ou seja, são competidores mesmo. Nossos atletas não tem culpa disso, pois não tem a mesma preparação psicologica, pois a preparação fisica é facil, agora trabalhar a cabeça, não é de uma hora pra outra. Nos países vencedores se tem educação desde cedo, e aprendem ser humildes da hora certa, ao contrario daqui, onde o povo alem de ser pobre e burro, se acha os malandro, os esperto, os felizes, sendo que as vezes não ganham pra pagar a conta do celular. Ah, mas aí vem o governo derruba o ipi da geladeira, e o povão vai la comprar em 24 vezes com juros de 5% ao mes e fica feliz com o desconto de míseros 8%, sai feliz da vida, dizendo que o governo ajuda eles e ta tudo bão. Brasileiro tem que aprender a ser humilde e principalmente, estudar, pra abrir os olhos de que o mundo não é ter um monte de carne de prestação em casa.

  41. Mariana

    02/08/2012 14:14:43

    Que pena, é por isto que falta investimento no esporte como um todo, muitos só enxergam o mais popular, que faz "ídolos" que chegam aos 30 anos sem nenhuma forma física e com um salário irreal, em detrimento aos grandes e verdadeiros esportistas que gostam e vivem o esporte por vocação.

  42. Bruno Costa

    02/08/2012 14:11:50

    E não dá para culpar só o governo...As instituições esportivas têm autonomia.Veja o caso do futebol:O ulTimão e o Mengo arrebentaram a liga para ganhar mais que os outros.Veja bem, eu não disse "mais", eu disse "mais que os outros".A Liga como produto tem mais valor que os clubes. Dá para conseguir mais dinheiro e fazer ações conjuntas.Fla e ulTimão preferem levar 30% de 700 milhões, do que 20% de 1,1 bilhão.Na prática a grana é a mesma, pouco mais de 100 milhões pro clube.A diferença é que na Liga os demais ganhariam 75 milhões por cabeça, e hoje ganham entre 50 e 60.Fla e ulTimão não ganharam nada, apenas fizeram os demais ganhar menos, e acham isso ótimo...Agora com a Fox Sports querendo o brasileirão de canal fechado e ppv, a Globo tenta renovar individualmente por baixo dos panos. Se fisgar uns três, ela já compromete a negociação futura.Vender o brasileirão conjuntamente em todas as mídias é perder dinheiro. E vender separadamente é garantir à Globo permanecer de sequestradora do nosso futebol. Ela vai adiantar dinheiro ao Falido mengo, e assim prejudicar quem queira competir pelos direitos do Brasileirão.Antes o Clube dos 13 socorria seus sócios com a grana da tv. Ele fazia o papel de liga.Agora os clubes estão diretamente na mão da globo. Ao menos Flamengo, o que já pesa.A Fox Sport está disposta a comprar o ppv e canal fechado mesmo sem mengo.Com isso nenhum jogo do flamengo passaria. O clube entraria para geladeira da Globo.Percebem o absurdo? A culpa é do governo?Brasileiro não gosta de competir, gosta de ganhar com gol de mão, é por isso que nosso esporte não vai para frente...

  43. Bruno Costa

    02/08/2012 14:02:29

    Caro Paulo,As críticas aos atletas, em regra, são injustas.O povo está frustrado pq foi feita uma enorme propaganda sobre esporte, e os resultados não virão. E vai ficar pior.A seleção de fut masc tem tudo para ganhar o ouro, e se isso acontecer, o trabalho será mantido até 2014.O problema é que o que temos de melhor está em campo... Nosso time atual não ganha da Espanha, quem dirá das jovens e ascendentes seleções uruguaia e alemã, que tem uma média de 25 anos de idade.Para mim a maior notícia do futebol nessa olimpíada é que o Uruguay achou um armador: Gastan Ramirez. Alto, bom passe, batedor de faltas. É a única posição para qual não tinham ninguém. Agora eles têm um jogador que lembra muito o Renato Augusto em estilo, só que bastante melhorado...O Brasil vai perder a Copa e vai ir mal em no Rio 2016.Isso vai dar um tumulto.Mas daí não adianta caçar Havelange, Nuzman e Teixeira, todos com o pé na cova... A hora de enjaular essa turma e afastar do esporte era depois do Pan e da Copa de 2006. Perdemos a chance.Milionários de um esporte nacional cujo custo benefício é horrível. Cartolas de instituições atrasadas e dinheiristas...

  44. Rafael Lunardi

    02/08/2012 13:59:51

    Ilusão de país!!!!

  45. Wagner Fernandes

    02/08/2012 13:56:56

    Para ser potência olímpica, não adianta só injetar dinheiro. É preciso tirar dos clubes o monopólio do esporte e investir em garimpar talentos nas ESCOLAS como todo bom país desenvolvido.

  46. janio

    02/08/2012 13:54:20

    moro nos estados unidos e isso so acontesce no braSIL

  47. Luiz Ferreira

    02/08/2012 13:44:46

    Meu caro Juca,Gostaria de comentar e complementar suas afirmações no post dizendo que:1)Analisar o desempenho do Brasil nos Jogos depende, e muito do critério que vc utiliza. Vejamos, existem basicamente quatro critérios que os institutos internacionais de Ciência do Esporte, levam em consideração para comparar o desempenho de seus países e demais países adversários. O primeiro deles é pelo Total de Medalhas alcançadas. Exemplo Pequim 2008:USA ............110 medalhas...........1° lugarCHN............100 medalhas..........2°lugarBRA..............15 medalhas..........17°lugarO segundo pelo Número de Medalhas de Ouro:CHN...........51medalhas............. 1° lugarUSA...........36 medalhas............ 2°lugarBRA...........03 medalhas...........23°lugarO terceiro critério é pelo Número de Finalistas:USA..........203 finalistas............ 1° lugarCHN.........170 finalistas............. 2°lugarBRA.........39 finalistas...............18°lugarE o quarto critério considerado o mais importante o Número de Pontos, ou seja, soma total de pontos obtidos do 1° ao 8° lugar, numa escala de valores que contempla maior ponto para a conquista da medalha de ouro e menor ponto para o 8°lugar. USA......1095 pontos 1° lugarCHN......1007 pontos............... 2°lugarBRA......168 pontos................ 18°lugar2)Agora vc dizer que nossa melhor participação nos Jogos foi a de 1920 em Antuérpia, primeiro têm que explicar que somente 29 países participaram dos jogos, e somente 22 conseguiram obter medalhas. Portanto, o Brasil que obteve somente 3 medalhas (1 ouro, 1 prata, e 1 bronze) superou apenas 7 países medalhados. E somente 14 países restantes do total que participaram nos jogos.3)Portanto, tudo depende do critério que vc analisa. Vale realçar que o COI não estabelece na sua Carta Olímpica nenhuma norma dizendo que um país foi superior ao outro, pelo total de medalhas de ouro obtidas, e nem por qualquer outro critério. Isso ficou estabelecido pela imprensa ao longo dos Jogos, e fica a critério do Comitê Organizador de cada país divulgar.No critério Número de Pontos (que considero o mais importante, pois faz uma análise mais abrangente do desempenho de um páis), nosso melhor resultado foi Pequim em 2008 com 168 pts. (18°lugar geral). No critério Medalhas de Ouro foi Atenas 2004 com 5 medalhas de ouro (16°lugar geral). No critério Número de Finalistas foi Atlanta 96 com apenas 27 finalistas (inferior a Pequim com 39 finalistas), mas ocupando o (16°lugar geral). E por último, utilizando o critério número total de medalhas (Atlanta 96) com 15 medalhas (igual em Pequim 2008), porém obteve o (16°lugar geral).Portanto, ficam as dicas para cada um fazer a sua melhor análise de desempenho da participação do Brasil nos Jogos de Londres 2012. Entretanto, favor explicar qual critério utilizou.Um abraço,Luiz Ferreira

  48. Raphael

    02/08/2012 13:42:36

    Torço para que as Olimpíadas do Rio em 2016 seja um grande FRACASSO, nosso país merece isso, acho que será uma da poucas formas de ajudar a mudar alguma coisa no nosso país!

  49. Futebol

    02/08/2012 13:38:57

    E os adversários(concorrentes), investiram quantos?

  50. LEVI

    02/08/2012 13:38:20

    Prezado professor, concordo plenamente com o Sr.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso