Blog do Juca Kfouri

O profexô levou uma aula!

Juca Kfouri

Por AIRTON GONTOW

Bom de entrevistas e vencedor de cinco Campeonatos Brasileiros, Luxemburgo passou as últimas semanas explicando como um time faz para ganhar um mata-mata.

Segundo o técnico gremista – e grande parte da mídia – o importante para quem joga em casa é antes de tudo não tomar gol.

Mas essa história de que não tomar um gol é o mais importante, é uma pura falácia.

Na Libertadores de 1995 (quando não havia o critério do gol marcado fora valer dois), o Grêmio venceu por 5 a 0 em Porto Alegre. E perdeu por 5 a 1 em São Paulo. Os mais apressados podem julgar que a classificação gremista veio devido ao gol marcado no estádio palmeirense.

Mas é claro que não foi isso!  Na época, se o Grêmio tivesse vencido no Olímpico por 2 a 0, mesmo com o gol marcado em São Paulo teria sido eliminado pelos paulistas.

O garantiu a classificação foram os gols marcados no Olímpico!

O fato é que na Copa do Brasil e na Taça Libertadores  vencer em casa por 1 a 0 é melhor do que ganhar de 2 a 1.

Mas fazer 3 a 1 é melhor do que fazer qualquer vitória por 1 a 0.  É o óbvio ululante que Luxemburgo parece desconhecer.

Na partida de ontem à noite, o  Grêmio entrou no estádio Olímpico apático, preocupado em, fiel à teoria do professô, não levar gol.

Em nenhum momento o time gremista assustou o Palmeiras, equipe em incrível crise técnica e de relacionamentos entre jogadores, comissão técnica e dirigentes. Não pressionou. Não forçou o adversário a dar chutões e fazer faltas próximas a área. Não amassou o time rival.

A própria torcida gremista, conhecida por não parar de cantar durante toda a partida, pouco conseguiu incentivar a equipe.

Além de engessar o time com seu discurso vazio, Luxemburgo errou nas escolhas.

O maior exemplo é a escalação do fora de forma Kleber. Também não dá para entender porque insistiu tanto com o “gladiador” e com o inoperante Marco Antônio, que há muitas partidas não consegue articular uma única jogada, levando a torcida ao desespero.

Quem assistiu ao jogo sabe que o azar não pode servir em momento algum de desculpas para o resultado.

O tricolor gaúcho atuava para não levar gols, mas era o perigo era iminente à cada investida do Verdão sobre a insegura defesa do Grêmio.

Em todo o segundo tempo o time paulista foi mais perigoso, merecendo o resultado positivo.

O  time de Luxemburgo perdeu.

E perdeu ridiculamente, sem ao menos lutar com a conhecida garra gaúcha. O professô recebeu uma aula.

Se é mestre em pontos corridos, onde desde cedo descobriu que empates fora de casa pouco servem, com exceção das jogos contra candidatos ao título, no mata-mata Luxemburgo segue perdendo muito mais do que ganhando.

Em seu currículo há derrotas incríveis, como a vexatória eliminação do escrete brasileiro para a Seleção de Camarões, que atuava com dois jogadores a menos, nas Olimpíadas de Sidney, em 2000.

Em mata-mata, o Luxa tem de rever seus conceitos.

Do contrário ele e os gremistas continuarão a amargar o Felipão que o diabo amassou.

* Airton Gontow, 50 anos, é jornalista e cronista gremista.

  1. Jarbas

    16/06/2012 10:15:09

    Cesar,você atestou o que eu disse:O Danrlei deveria ter sido expulso.Se fosse,o Grêmio não faria 5 x 0.E o jogo seria outro.E quem deu um carrinho criminoso no Rivaldo foi o Rivarola,mas quem foi expulso foi o Rivaldo.A verdade é que o Grêmio só dava ponta pé e os árbitros tinham medo dos jogadores do Grêmio e principalmente do Felipão,que armava uma guerra a cada jogo.

  2. cesar de paula

    16/06/2012 09:04:00

    Impressionante a carta do tal Jarbas. Tenho todos os taipes da época. O Palmeiras entrou pilhado na partida, com o Carlos Alberto Silva mandando os jogadores jogarem com raça,, dizendo que jogaria no estilo Grêmio. O Rivaldo no imício deu um carrinho criminoso e recebeu o amarelo, quando deveria ser expluso direto. Depois, em uma segunda falta, recebeu o vermelho. O Valber foi expulso junto com o Dinho, depois de ter acertado Dinho sem a bola. Anos depois, apareceu abraçado com o Dinho na Zero Hora, contando a história. Disse: "Como era o Dinho, o juiz achou que ele tinha feito, mas ele não tinha nem me tocado". A confusão com Danrley, que deveria ter sido expulso, foi consequência. Em Sáo Paulo, na "heróica" reação palmeirense, o primeirao gol do verdao foi em completo impedimento. Além disso, até os gangulas e seguranças pressionaram e agrediram os gremistas, em esquema que lembrou muito a virada do São Paulo contra o Botafogo em 81, no Morumbi. Se hoje muitos falam em "apito amigo corintiano", é claro que houve o "Esquema Parmalat", que, ao lado de um elenco excelente, ajudou o Palmeiras a ganhar tanto. Acham só no Brasil - logo no Brasil - os juízes são idôneos. Em 93, teve o famoso gol do Jardel, anulado aos 48, que levou o Palmeiras à final, para a perda do título contra o Cruzeiro. Em um jogo do Brasileiro, o Palmeiras levava uma surrado do Grêmio e virou o jogo aos 53 do primeiro tempo, quando os comentaristas disseram que dariam no máximo quatro O fato é que a mídia de Sáo Paulo na época, eudeusava o étioco e engravatado Luxemburgo e chamava o Felipão de carniceiros para baixo. O Grêmio era um bando de bandidos, liderado pelos carniceiros Dinho e Goiano (que foram campeões do mundo pelo São Paulo, onde eram vistos como aguerridos e responsáveis pela boa saída de jogo do time), enquanto o Palmeiras - de Edmundo (o animal), Antonio Carlos (talvez depois do Marcelinho Carioca o jogador mais detestado pelos adversário), Cleber (que fazia pênalti à cada escanteiro), Flávio Conceição e Amaral (marcadores que jogavam duro, mas leais)....- pareciam um bando de santos. E depois os palmeirenses viram que era o verdadeiros luxa e o verdadeiro Felipão. Vá assistir aos jogos da época Jarbas antes de falar bobagem!

  3. Kidiaba

    15/06/2012 18:16:31

    Quanto recalque nesse comentário. Valente é o Inter que na Libertadores "amarelou" para o Juan Aurich , hein!!!! isso mesmo PERDEU para o Juan Aurich e, posteriormente, foi eliminado pelo primeiro adversário mais forte - Fluminense. Também amarelou para o MAZEMBE. O inter consegue ser o ÚNICO time sul-americano que não conseguiu ir para a final no Mundial FIFA. Parabéns Thiago nenhum outro clube da América do Sul possui esse Título.

  4. André

    15/06/2012 18:06:43

    Flávio - Revisão no português: não é "chego" é chegado na semifinal. A imprensa faz a mesma coisa com o inter. Na libertadores o teu time pegou só baba (fora o Santos) - Juan Aurich e The Strongest e fez uma campanha pífia, sendo um dos piores classificados na fase de grupos, chegou a perder para o juan aurich (time ridículo que nem estádio decente possui). Só a imprensa gaúcha badalou o inter que também tem um time igualmente fraco e envelhecido

  5. Pedro

    15/06/2012 12:29:57

    E o Darnlei amarelou e não jogou o jogo de volta em São Paulo.Em seu lugar jogou o fraco Murilo,que levou 5.Se o Danrlei fosse expulso em Porto Alegre e entrasse o Murilinho em seu lugar o jogo seria outro.

  6. Jarbas

    15/06/2012 12:11:34

    Ganhou de 5 x 0 porque o juiz operou o Palmeiras,não expulsando o Danrlei que saiu de campo pra agredir o Valber e expulsou dois jogadores do Verdão(Rivaldo e Valber.)O Grêmio jogou contra 9 jogadores.Por isso fez 5 gols.

  7. Luis C.

    15/06/2012 12:05:41

    Se o Grêmio ganhar desse timaço do Palmeiras de 3 a 0, irão dizer que o Grêmio é imortal. Não que o Felipão Botinudo não ganha nada a 12 anos. E tbm não darão os créditos ao pofexô Luxa, nénão? É a vida, talvez até meu comentário não seja publicado....

  8. Bruno Rodrigues

    15/06/2012 10:01:47

    "O medo de perder tira a vontade de ganhar"

  9. Paulo

    15/06/2012 08:40:40

    Não sei como é que tem gente ligada ao futebol que ainda não entendeu que gol fora de casa NÃO vale em dobro. O critério de desempate é a soma dos gols marcados fora de casa, em caso de empate no saldo de gols.

  10. Rodrigo da Rosa

    15/06/2012 06:25:38

    Acho exagerado demais colcoar Gremio e Palmeiras como futuros "portuguesas".São 2 clubes grandes, com torcidas imensas, que mexem com milhões, possuem patrimônio , grandeza... tem time que ja ficou muito mais tempo que os 2 sem títulos e se reergueram, como o Internacional por exemplo.

  11. Habdon Tadeu

    14/06/2012 23:36:43

    O Juca e parte da imprensa esportiva de São Paulo querem empurrar "goela abaixo" do torcedor brasileiro esse grosso do Felipão para seleção brasileira, é por isso que independente de qualquer coisa, tomara que a nossa seleção ganhe essa medalha de ouro para afastar de vez o perigo desse nefasto voltar para a seleção. Para as "viúvas" desse caudilho tosco, apenas um recado curto: _ vão chorar na cama que é lugar quente.

  12. Renan interior-SP

    14/06/2012 21:22:17

    Arthur, concordo que o Felipão teve seus méritos ontem, mas independente do que aconteça, a midia sempre escolhe os mesmos heróis e vilões, ela que dita os estereótipos, pra mim futebol sempre foi e sempre será coletivo, talvez com única exceção a Maradona em 1986.Abraço.

  13. Luiz Cipriano

    14/06/2012 20:34:29

    Vamos fazer justiça, me parece que quem soltou esta pérola foi o Tite antes do primeiro jogo das oitavas-de-final contra o Emelec. Como não vejo jogo pela Globo pode ser que o Casagrande também tenha dito isto. Abraços.

  14. Marcio

    14/06/2012 19:03:04

    Antes de mais nada, quero deixar claro que admiro muito Juca Kfouri. Mas faz um tempo que tenho observado que os melhores textos do blog são de convidados. Estaria o Juca tirando o pé do acelerador?

  15. JL

    14/06/2012 18:25:29

    O Juca faz questão de dizer que o Luxa (seu desafeto) levou um baile do Felipão.Sobre o baile do Tite sobre o Muricy nada (O Muricy é queridinho).Vai ser parcial assim na China.

  16. Glauco Peres da Silva

    14/06/2012 18:11:34

    E é...

  17. Ricardo dos santos

    14/06/2012 17:45:25

    vamos deixar uma coisa bem clara.Gol fora de casa vale mais,mas não vale 2.por exemplo um time perde fora de 6 x 4 (na teoria absurda de alguns,valeriam 8) e ganha em casa de 1 x 0 quem se classifica?

  18. Arthur

    14/06/2012 17:40:55

    Renan.Não discordo do Juca quanto ao mérito do Filipão na vitoria em Porto alegre, mas também não discordo de você, a imprensa exagera em criar herois e vilões.

  19. Marcio

    14/06/2012 17:29:59

    Apenas uns detalhes antes da explanação: gremio sem os dois laterais titulares, para jogando fora do lugar, sem bertoglio (machucado) um jogador q faria diferença pois abre defesas, o time do gremio n é la grandes coisas mas qual time brasileiro o é?. A torcida do gremio tornou-se igual a do inter, rancorosa, impaciente, hipócrita, culpa dos meios de informação. Quem se informa sobre o gremio dentro do clube, indo a treinos olhando jogos no estadio ( olhando, analizando, n apenas olhando para a bola esperando-a entrar no gol), n muda de opinião tão rapido como grande parte da torcida do gremio, desconfio que esta ancia por titulos reflete um sentimento de carencias de conbquista em suas vidas, pois em vez de transfoprmar o olimpico em um caldeirão de energia positiva, transformaram o olimpico em um caldeirão de tensão, de cobrança contra o própio time, os bons moços falam mal da geral por serem brogões, mas neles vejo amor e não interesse por receber algo em troca pelo "apoio" dado. Mudam de idéia como mudam de cuecas, n entendem patavinas de futebol e criticam sem mérito. Vou repetir, estamos igual a torcida do inter de uns anos atras ( na verdade até hoje ). Uma torcida sem paciencia ( uma sindrome moderna ) que n sabe oque significa a palavra projeto, n se faz um time em 1 nem em 2 anos. Estamos no caminho certo, estou contigo GREMIO para oque der e vier. “...Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma..." Joseph Pulitzer.

  20. Renan interior-SP

    14/06/2012 17:17:08

    O Grêmio perde e a culpa é do Luxemburgo, o Palmeiras ganha e o mérito é do Felipão, o Santos ganha e o mérito é do Neymar, o São Paulo ganha e o mérito é da diretoria, o Corinthians ganha e o mérito é do árbitro... sempre são os mesmos heróis e vilões, não está na hora de trocar esse disco?

  21. Ricardo

    14/06/2012 17:14:59

    Sim, os títulos tem prazo de validade correto Davids? Sim, o Palmeiras, para quem eu perdi, mas tem todo o meu repseito, esse time que era "médio" e agora é pequeno ou apenas simpático segundo vossa ilustríssima senhoria, só tem 8 brasileiros, 1 copa do brasil e Libertadores. O Grêmio, que segundo vossa ilustríssima pessoa merece a mesma qualificação dada ao Palmeiras só tem 4 copas do Brasil, 2 brasileiros, 2 libertadores, 1 recopa Sulamericana e 1 mundial de clubes. Só isso, mas segundo você pelo visto estes títulos expiraram. Ou então imagino que a Portuguesa, com o todo o respeito que merece de mim e de todos como instituição ou o Juventus devem ter o mesmo currículo que Grêmio e Palmeiras. Ou as torcidas destes dois últimos citados devem estar como a do Palmeiras no 3º ou 4º lugar no Brasil em número de torcedores ou 6º como o Grêmio. Mas acho que na verdade foi isso, os títulos de Grêmio e Palmeiras expiraram, deve ter sido isso!

  22. Alexandre

    14/06/2012 16:57:26

    O Casagrande chegou a soltar a pérola que, quando se joga fora, perder de 2x1 é melhor que empatar de 0x0.

  23. Julian

    14/06/2012 16:43:50

    Quem não sabe separar as coisas é você Samuel. "Com certeza" é separado.

  24. Elton

    14/06/2012 15:50:41

    O Santos, por ter marcado 2 gols fora!

  25. Gustavo

    14/06/2012 15:38:31

    Finalmente alguém que leu o jogo de ontem. Foi exatamente isto. Quiseram, antes de vencer, não levar gols. Piada. Os três volantes de meio, que nos últimos jogos marcavam em cima, ficaram atrás da intermediária, para não dar "contra-golpe". Só que o Palmeiras também estava com todo o time atrás. Agora já era. Treinador que entra na semifinal com discurso de é só mais um jogo, é futebol, é isso e aquilo não dá pára aturar. Ele vinha bem, mas ontem pisou feio na bola!

  26. Thomas Swayer

    14/06/2012 15:21:52

    Não adianta. O Juca vai até o fim da vida negar que sua postura com o Luxa é profissional e não de perseguição. Paulo Frere chamava isso de "internalizar o modelo do opressor". Kfouri viveu numa época de perseguição e aprendeu a perseguir. É simples.

  27. Thiago - Colorado - Porto Alegre/RS

    14/06/2012 15:16:21

    Confesso que não assisti ao jogo do Grêmio, para não correr o risco de ter meu televisor estragado por mostrar este clube pequeno (nas palavras do Fábio Koff) com sua tradicional camisa feia que parece um pijama. Lembra dos "Bananas de Pijama"?Preferi assistir ao jogo entre Santos e Corinthians, até porque gosto de futebol. Estupendo, mais uma vez, o sistema de marcação implantado pelo Corinthians, especialmente os cuidados com a sobra e a cobertura nas jogadas de ataque do Santos. Impressionante a precisão dos movimentos e jogadas defensivas. Isso que o era contra o Santos, que é um baita time, que tem o melhor jogador do Brasil, apesar das firulas e excesso de dribles, muitas vez inócuos e que atrasam a jogada de ataque.Além disso, o Corinthians achou um goleiro extraordinário que é esse Cássio, que após ser campeão do sulamericano sub-20 em 2007, sumiu na reserva do PSV da Holanda. Diga-se que o mesmo com o sistema defensivo implacável, o Corinthians jamais abdicou do ataque, como aconteceu com o Palmeiras no primeiro tempo do jogo de ontem, segundo alguns cronistas que ouviMas voltando ao Grêmio piada, que até ontem só tinha pegado "babas" na Copa do Brasil, foi só pegar um clube grande, que tem camisa, o clube pequeno de Porto Alegre pipocou, amarelou em pleno terreno da OAS. Aliás, virou rotina o Grêmio pequeno entregar a rapadura no futuro terreno da OAS, visto que em 2009, perdeu para o Cruzeiro nas semifinais da Libertadores, em 2011 perdeu a Libertadores para o Universidad Católica em pleno Olímpico e viu o Inter do Falcão dar a volta olímpica no seu estádio no Gauchão no mesmo ano. Que time amarelão!!! O Olímpico virou uma imensa panela de pipoca! Depois que o Luxa tomou um nó tático do Felipão, o cara de pau fritou e culpou o guri Rondinely pela derrota na entrevista coletiva. Lamentável postura (ou falta de). Enfim, o Grêmio nadou, nadou e morreu na beira da praia enquanto BARCOS continuam navegando em busca da conquista.Por isso que eu digo: Grêmio pipoqueiro! Grêmio amarelão! O teu lugar é na segunda divisão!!!

  28. Flavio

    14/06/2012 15:15:49

    Juca, nem pretendo que publique, só estou aproveitando este espaço para lhe alertar que foi através de você que conheci o blog do Paulinho, que me decepcionou demais, embora fosse um admirador do começo do trabalho dele, se perdeu, passou a ofender aos outros gratuitamente e sua ultima foi além de censurar uma postagem minha inventou um texto em meu nome e publicou meu e- mail. Cuidado com suas indicações Juca, sou grande admirador seu!

  29. Flavio - Colorado

    14/06/2012 15:11:33

    No Brasil só se comenta resultado, se o cara ganha é bom se perde é uma m... e no caso da seleção brasileira, nem a vitória esta resolvendo. O time do Grêmio é fraco, simples assim, tudo bem tem dois laterais lesionados e tem reforços para estrear, mas o time é fraco, não falo isso por ser COLORADO, é só analisar, quem é o grande nome do time? Kleber, voltando de lesão e fora de ritmo, mas mesmo em boas condições, o que esse cara já ganhou por onde passou? A imprensa criou um super time, por ter chego à semifinal da copa do Brasil eliminando, River, Ipatinga, Santa Cruz (com time reserva) e Bahia, na boa, não fez mais que a obrigação... Então não adianta só massacrar o Luxa ou super enaltecer o Felipão... o time do Palmeiras também é fraco... só isso.... sem drama. Se o São Paulo caprichar só um pouquinho, leva essa copa na Boa.

  30. Jão

    14/06/2012 15:04:42

    Bom... eu não chamo o Luxemburgo de "Pofexô". O que eu chamo ele é um nome bem diferente, mas seria censurado aqui.O Luxa deveria se aposentar. É um ser humano vaidoso e fraco, seus times são fracos. Não tem nada a adicionar. O tempo dele já passou. Sou da trupe que acredita que os fins não justificam os meios. Que a mulher de César, não basta ser honesta: ela tem de PARECER honesta.

  31. Rafael

    14/06/2012 15:01:41

    "Se é mestre em pontos corridos, onde desde cedo descobriu que empates fora de casa pouco servem, com exceção das jogos contra candidatos ao título, no mata-mata Luxemburgo segue perdendo muito mais do que ganhando."Descobriu que empates fora de casa pouco servem? Então por que o Flamengo do ano passado empatava tudo quanto é jogo? Não perdia mas também não vencia? Se ele aprendeu isso desaprendeu ano passado.

  32. Evanir

    14/06/2012 15:00:13

    Eu sempre disse que esse Kleber é um jogador mediano, cujo melhor momento foi em sua primeira passagem pelo Palmeiras. Nunca aceitei o rótulo de craque (o mesmo digo do Valdívia). Agora os gremistas entendem o que nós, palmeirenses, sofremos com esse enganador.

  33. Vicente Aurtenetxe De Paula Nunes

    14/06/2012 14:49:15

    Não precisamos ir muito na questão. De uns tempos para cá, idolatramos o famoso e defasado 3-5-2 - há tempos esta configuração tática não é sequer pensada nos grandes clubes de futebol mundial. Só que este esquema é na reliadade, algo muito pior, quando precisa sofrer mutação. Transforma-se no ainda mais horroroso 5-3-2, dando a falsa idéia de que a defesa está protegida. Laterais que são treinados desde a base para apenas atacar - antes de atacar, um lateral fecha a sua banda de atuação, marcando muito. Quando é permitido, tabelas e triangulações, avança-se, é o básico. Hoje, graças ao 3-5-2/5-3-2 cultivado na base, o garoto já nasce com a mentalidade de que se for meio-campista, vai ter que apenas marcar, marcar e marcar. Mal consegue distribuir um passe de 10cm de distância. Não é a toa que a linha média quando vista do alto das arquibancadas é igual ao deserto do Saara, não há ninguém ali, nção há idéias, não há criativdade. Sendo assim, os famosos chutões. Atacantes tendo que sofrer grandes deslocações, jogando de costas para o gol adversário e, tendo que primeiro, dominar a bola, para depois, armar uma jogada para conseguir correr e desvincilhar-se do marcador e ficar, apto para chutar ao gol, é muita coisa para um homem só. Não foi a toa que isso foi explorado pelo Vadão, do Guarani, contra o Palmeiras. Vi que o time palmeirense não conseguia marcar com eficiência nas laterais, explorou o jogo pelos lados. Mal alinhado, o time se abriu no meio. E é ainda pior, quando um time pratica a famosa linha de handebol - duas linhas homogêneas com jogadores fechando e bloqueando o meio e as diagoniais. Como os clubes brasileiros não sabem jogar a la Barcelona, fazendo rodar a bola até encontrar o espaço, apelam para o chuveirinho. Muricy é assim. Nada tem de revolucionário. E Luxa dada a sua falta de humildade, é um dos que se entregam facilmente a este tipo de marcação.

  34. Fabio Altman

    14/06/2012 14:45:19

    Grande texto, parabéns, Airton.

  35. Elon

    14/06/2012 14:44:19

    Amigo, quem escreveu o texto não foi o Juca, foi: Airton Gontow, 50 anos, é jornalista e cronista gremista.

  36. Eduardo

    14/06/2012 14:37:15

    Pelo que entendi o texto não é do Juca, mas de Airton Gontow.

  37. Lenilson

    14/06/2012 14:37:02

    Leão? Esse já é ex-técnico há mais tempo que o Luxa e Felipão.

  38. Davids

    14/06/2012 14:03:29

    Ler esse texto dá um certo sentimento de que o futebol brasileiro está em decadência. Felipão e Luxemburgo são ex-técnicos em atividade. E no Brasil os melhorzinhos são Tite, Mano, Muricy e Leão (Muricy ainda se salva). Quanta enganação. Renato Gaucho e Joel Santana jamais foram técnicos. E quanto aos clubes, quas ninguém da imprensa noticiou o que acontecia em Porto Alegre. Na verdade, Grêmio e Palmeiras são ex-clubes médios, ainda se passando por grandes. Logo, logo, estarão sendo lembrados como times simpáticos, como Portuguesa, Juventus, América, Bangu etc. O que será da Copa de 2014? Torceremos pra quem? pro Paraguai?

  39. Flavio

    14/06/2012 14:02:43

    Sinceramente, o que me estranhava é ver muitos dos colunistas terem achado esse time do Grêmio bom. Time com 4 volantes e atacantes fracos como Andre Lima, Moreno. Tudo bem que o Palmeiras é ainda pior, mas no nosso futebol medíocre de hoje quem se esforça bem na defesa pode até ganhar os jogos com algum contra-ataque, como aconteceu ontem com o Palmeiras. Nosso modelo de futebol hoje infelizmente é o futebol medíocre e feio do Corinthians mas que reconheço aqui no Brasil é suficiente para ser campeão, incluisve brasileiro.

  40. Jão

    14/06/2012 13:59:56

    Dizer que o problema do Luxa é não entender como funciona um campeonato mata-mata é superficial. O problema é que ele não sabe mais como se monta um time eficiente. Os times dele são fracos, não têm mais aquele futebol envolvente, com ultrapassagens dos laterais, volantes batendo de fora da área, triangulações... é só bicão pra frente... não sabem enfrentar ferrolhos... Enfim, o Luxa, diferente do Felipão, é um técnico ULTRAPASSADO. O tempo dele já foi. Triste mesmo é quem acredita que Tite, Muricy.... estão prestando bons serviços ao futebol. Que saudades que tenho do Telê...

  41. Ronald Nowatzki

    14/06/2012 13:55:29

    Isto sempre acontece.Uma dica. Antes de enviar, selecione o texto, e copie, depois da o enter. Se aparecer este recado, volte, e cole no mesmo espaço. e digite novamente.As vezes repito isto até cinco vezes no mesmo comentário, insisto até que aparece. Mas é chato.

  42. BrunoK

    14/06/2012 13:47:02

    Ricardo, primeiro procure entender o intuito do post, e depois pense em comentar algo criticando. Para mim pelo menos, ficou muito mais que óbviu que o profexô ou profeSSô como ele disse no texto, é em relação o como o LUXEMBURGO fala. Isso não é sarcasmo, se chama realidade. O Luxemburgo tem um jeito particular de falar, e NÃO, me desculpa mas isso NÃO é carioca.

  43. henrique

    14/06/2012 13:40:13

    como a midia é nojenta e tendencios ne.....ninguem fala que contra camaroes nas olimpiadas o brasil fez um gol legal e o juiz anulou...o que fica para a historia é a eliminação.....essa merda dese mundo tem que acabar mesmo ta todo mundo contaminado pelas trevas da mediocridade....

  44. JoFlavio

    14/06/2012 13:39:50

    Caro Juca. Faz tempo Luxemburgo aprendeu a não relacionar sua imagem com o fracasso, a derrota. Basta reparar o seu comportamernto dentro de campo. Quando o time está bem, ele não sai da área que lhe é permitida no gramado. Faz dezenas de gestos, usa mimica estranha, grita com os jogadores. Tudo para ser focalizado. Mas quando o time joga mal, ele se esconde no banco de reservas, calado, imóvel. Com o tempo, o "Profexô" evoluiu. Ele mesmo confessa que sabe conduzir qualquer entrevista e falar apenas o que quer, tirando o foco de assuntos que não lhe favorecem. Ontem, por exemplo. Sem ter como reclamar da arbitragem ou muito menos dos gandulas, ele se agarrou no erro de um único jogador, por sorte inexperiente. Disse que não era o caso de crucificar o atleta, mas repetiu várias vezes que esse erro determinou a derrota. Não comentou sobre a sua escalação ou substituições que nada renderam. Na cartilha do "Profexô" não existe admitir erros. Jamais. Mas hoje ele deve estar incomodado - e muito - com o comentário geral de que levou um nó tático de Felipão. Ah, isso ele está.

  45. roberto castralli

    14/06/2012 13:34:54

    treinadores,jogadores,dirigentes,todos,ganham empatam e perdem,só o comentarista nunca perde,está sempre ao lado do resultado.luxemburgo tem seus defeitos como todos temos,mas antes de tudo é um dos maiores vencedores do futebol,com poucos a favor e muitos,muitos mesmo contra,isto dá mais força aos seus títulos.

  46. Cezar

    14/06/2012 13:34:38

    Mas o cidadão quando fala pode trazer para si mais ou menos simpatia. Ninguém forçou o trenero gremista se auto intitular brilhante em uma entrevista num papo com jornalistas. Isso não torna-o melhor ou pior treinador contudo a imagem do grêmio e de seus nunca primou pela modéstia e agora o time foi reforçado, ah foi! Mas quanto ao nó tático: Pegou de surpre-sa ao incauto? O Filipão não apresenta novidade alguma em seu retranqueiro sistema tático. Sempre foi assim. O grêmio não tem material humano melhor do que se apresentou ontem. Deu sorte nas últimas rodadas do brasileirão por razões já debatidas mas montou um plantel centrado em veteranos com prazo de validade expirados!

  47. Airton Gontow

    14/06/2012 13:31:34

    Caro Samoel. Quem não sabe separar as coisas sou eu, Airton Gontow. O Juca é o editor do Blog e às vezes dá espaço para outros jornalistas. O texto fui que eu escrevi. Abraço!

  48. Cotintiano

    14/06/2012 13:29:58

    E Juquinha, como voce odeia o Luxa, hein!!! Pare de perceguir o tecnico do Gremio e respeite o segundo jogo!E como você odeia a língua portuguesa, hein? Pare de perSeguir o Camões!

  49. Airton Gontow

    14/06/2012 13:27:52

    Caro "Porcão", obrigado pela leitura do meu texto e pelo comentário. Porém, um esclarecimento. Em 95, o treinador do Palmeiras não era o Luxa, mas o Carlos Alberto Silva. Abraço e, mais uma vez, obrigado

  50. Liscio

    14/06/2012 13:27:49

    Ricardo Gonçalves, o Sr. Kfouri vai falar que ele não é o autor do texto, mas em muitas postagens anteriores ele usa esse mesmo tratamento em que procurar ridicularizar e humilhar àqueles que de alguma forma tem inveja, ou ciúmes talvez.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso