Blog do Juca Kfouri

O balanço dos grandes clubes brasileiros em 2011

Juca Kfouri

POR AMIR SOMOGGI*

As receitas dos grandes clubes brasileiros cresceram muito por conta da TV em 2011.

As transferências cresceram em valor absoluto, mas perderam participação, pois passaram de 37% do total em 2007 para 15%em 2011.

O patrocínio se consolidou como segunda fonte de receita.

A TV representa hoje 36% das receitas, mas, para o Flamengo, nada menos do que  51%.

A discrepância dos valores da TV já aparece claramente em benefício de alguns.

Outro fato  foi a queda da bilheteria, consequência dos estádios em reforma e também da pouca criatividade dos clubes em ampliar o conceito de matchday (bilheteria+ bar, restaurantes, loja).

Os custos com futebol também foram ampliados, mas pelo dinheiro da TV não impactou negativamente.

Os déficits dos clubes teriam melhorado caso o Botafogo não tivesse apresentado o maior “prejuízo” de sua história: R$ 167 milhões.

Já o endividamento está em um nível preocupante.

O endividamento dos 20 clubes atingiu R$ 3,9 bi.

Nos últimos cinco anos esses 20 clubes passaram de um endividamento total de R$ 2,04 bilhões em 2007 para R$ 3,86 bilhões em 2011, evolução de 89% ou R$ 1,8 bilhão.

Quando desconsideradas as dívidas com a Timemania, o crescimento do endividamento foi ainda maior.

Os 20 clubes apresentaram em seus balanços um total de R$ 1,27 bilhão em dívidas passíveis de parcelamento pela Timemania.

Esses foram os valores registrados nos balanços dos clubes passíveis de parcelamento pela Timemania.

Em 2011, dívidas a serem parceladas pela Timemania representaram 33% do endividamento dos maiores clubes brasileiros.

Em 2010 a representatividade foi de 36%.

A dívida total dos 20 clubes, excluídos esses valores passiveis de parcelamentos, foi de R$ 2,59 bilhões em 2011, frente ao resultado de R$ 2,08 bilhões em 2010, crescimento de 25%.

Nos últimos três anos o endividamento total dos 20 clubes analisados apresentou evolução de 42%.

No mesmo período as dívidas dos clubes, excluídos os valores da Timemania, cresceram 56%.

Isso comprova que entre 2008 e 2011 as outras dívidas dos clubes apresentaram crescimento mais acentuado que as dívidas fiscais com o Governo Federal.

Nos últimos três anos, os 82% do crescimento do endividamento dos clubes não foi proveniente de passivos fiscais a serem parcelados pela Timemania.

*Amir Somoggi é diretor da área Esporte Total da empresa BDO RCS Auditores Independentes e especialista em gestão e marketing de clubes de futebol.

  1. Othon de Andrade Filho

    13/08/2012 22:10:28

    Pessoal, os balanços dos clubes brasileiros estão no site balancos.com. Encontrei 45 balanços ali.

  2. Alexandre

    16/05/2012 17:04:35

    Realmente este argumento de que o capitalismo é assim mesmo é de doer. O berço do capitalismo como conhecemos hoje são o Reino Unido e os EUA, e por lá a competitividade é altamente estimulada. Comentam como se a Globo teria o direito de definir os rumos do futebol no Brasil e moldá-lo de acordo com seus interesses econômicos, o que é um absurdo.

  3. rod-sfc

    16/05/2012 16:12:26

    Todo mundo diz torcer pra um clube.Mas quem dá pelo menos R$ 1 todo mês pra seu clube de coração?Por que não fazem algo assim, tudo bem que há a venda de ingressos, produtos, loterias, TV, mas e se cada torcedor entrasse de cabeça ao lado dos clubes e desse pelo menos R$ 1 todo mês para o seu amado clube, não seria uma boa?

  4. Peixe Vivo

    16/05/2012 12:44:41

    Estão colocando na conta do Sanchez uma situação que está muito acima dele.O Sanchez tem sido um representante de um grupo cujos interesses são muito maiores e o Corinthians entra como um meio para realizá-los.

  5. Peixe Vivo

    16/05/2012 12:40:49

    Algumas críticas foram feitas às minhas colocações. Algumas delas estão apoiadas em pressupostos falsos. Vamos lá.1) Dizem que tenho esta opinião porque sou santista. Pode ser, todos nós temos viés e conhecê-los é importante. No entanto, se analisarmos friamente os dados, o Santos é o menos dos prejudicados por esta divisão. Está claro que a competência gerencial do Santos o torna competitivo. A questão é muito maior que o Santos trata-se do futebol brasileiro.2) Dizem que o capitalismo é assim: tudo é dinheiro. A questão não é capitalismo ou não. A questão é qual capitalismo queremos. Um capitalismo monopolista e patriarcalista como o do Brasil (ainda é apesar de ter melhorado muito) ou um capitalismo competitivo?Para mim, capitalismo bom é onde existe competição.Interessante que isto mostra-se até nos esportes.Espanha: capitalismo monopolista tem a distribuição de cotas de TV monopolista.Inglaterra, Alemanha: capitalismo competitivo tem a distribuição de cotas de TV distributiva. Faz todo o sentido, quanto mais competição melhor a economia e também o campeonato de futebol.Nos EUA é a mesma situação. As ligas de basquete e futebol americano tem um política de distribuição de cotas que balanceiam as rendas dos clubes e estimulam a competição.Capitalismo sim, monopólio não.3) Dizem que a Globo está no direito dela de dar o dinheiro a quem quiser. Alto lá. A Globo está conscientemente formatando o futebol brasileiro para que atenda melhor aos interesses econômicos dela, mas não aos interesses do futebol brasileiro.A fortaleza do futebol brasileiro sempre foi a competitividade dos clubes. Temos em torno de dez clubes que são capazes de disputar títulos nacionais. Qual o país que tem isto? Queremos perder isto?A Globo tem o direito de ganhar dinheiro com o futebol, mas ela não tem direito de refundar o futebol brasileiro sob a força de seu poder econômico. O que a Globo faz é antiético e vai afundar o futebol brasileiro.

  6. Peixe Vivo

    16/05/2012 12:19:22

    A audiência somada (Globo + Band) de Santos X Guarani foi igual a de Corinthians e EMELEC.A audiência de Santos X Internacional foi maior que a de Corinthians X Cruz Azul.Qual a audiência de clubes que não jogam finais?Qual a audiência de clubes que não disputam títulos?Tamanho de torcida não igual a audiência. Existem outros fatores mais importantes que a determinam. Um deles é a competência para disputar títulos.

  7. Evanir

    16/05/2012 08:22:46

    Não acho que o problema do Palmeiras seja mais profundo, Itamar. Acho que é exatamente esse: um grupo de conselheiros carcomidos domina a política do clube há muito tempo, impedindo os avanços. É gente que vai às reuniões do conselho para criticar o novo estádio porque atrapalha a festa junina do clube, e na saída enche os bolsos de coxinha. Falta ao Palmeiras um presidente como o Luís Álvaro, do Santos, para fazer o que deve ser feito: ignorar seus antecessores e administrar como se deve. O Andrés Sanchez, da sua forma, fez também isso no Corinthians. O Sanchez tem muitos defeitos, mas pouca gente se lembra, por exemplo, que ele instituiu a eleição direta para presidente do Corinthians. Há algum tempo, tínhamos a esperança de que o Beluzzo pudesse ser esse cara no Palmeiras, mas ele foi a maior decepção que já tive em meus 44 anos de torcedor. Só nos resta esperar que a sorte um dia leve à presidência do Verdão alguém capaz de fazer o que tem que ser feito e por os ex-presidentes em seu devido lugar: a galeria de retratos do clube.

  8. Luiz Souza

    16/05/2012 08:12:21

    Douglas, relaxa.A Globo ainda não entendeu que um campeonato só dá audiência quando ele é disputado e tem emoção.Polarizar como Real e Barça, fez o campeonato espanhol ficar tão restrito que ninguem assiste praticamente os jogos de lá, pq já sabe o final.Se tem sim, dois super jogos entre os dois somente e..... só.Um campeonato menos competitivo, trás menos pessoas aos estádios, menos pessoas assistem, menos pessoas compram produtos licenciados... etc etc.A Globo quer os clubes não mão dela dependendo somente da renda de televisão, como é o Flamengo hoje, 51% de sua renda.Assim na próxima rodada de negociações vai querer pagar bem menos alegando que o campeonato não dá a receita que os clubes querem e muitos endividados ficarão na mão dela, pois a dívida é diretamente com a Globo como credora e não mais para o clube dos 13.Se eles não aceitarem o que ela quiser, ela executa a divida em juizo.Tá na cara a jogada dela de manda cada clube para seu canto e fazer todos ficarem ajoelhados para ela.Só os clubes ou dirigentes idiotas não veem isso.Clubes que puxam renda de outros meios podem se rebelar, caso de Corinthians que terá estádio próprio, Internacional, São Paulo, Santos, Coritiba e Gremio.Os times do Rio estão com dívidas assombrosas e vivem na mão da Globo.Os times do norte já não recebem quase nada mesmo, vão fazer motim para onde tiver mais grana.E assim vai o Campeonato Brasileiro que conhecemos para o buraco daqui 5 anos, pois esse é o tempo de contrato.

  9. Alex

    16/05/2012 07:59:03

    Grandes, Juca? Cade o Bahia, líder de publico?

  10. anderson

    16/05/2012 01:08:09

    Se os novos valores da cota da tv so vale em 2012...como pode ter tanta diferença de 2010 para 2011

  11. Itamar Generoso

    16/05/2012 00:09:53

    Você falou a verdade, muitos criticam o andrés Sanchez, mas na época de presidente do Corinthians ele via o que era melhor para o clube dele, tinha que lutar pelos interesses do Corinthians e foi o que ele fez, tanto que aumentou a cota de tv do clube e as receitas. As vezes eu acho que ele tinha que pensar como um todo, para todos ganharem também isso é importante, ninguem consegue negociar pedindo muito em um futebol que é fraco, então valorizar todos e aumentar o nivel e a competitividade também é bom. Mas ai é outra questão, o dever dele foi bem feito, ele fez o melhor de interesse para o seu clube, os outros não tem o que reclamar.A não ser por ódio clubstico.

  12. Itamar Generoso

    15/05/2012 22:06:08

    Gostei do seu comentario, o problema aqui é que não temos uma instituição publica que pode fazer essa regulamentação desse mercado, diferente de lá, aqui se tem monopólio e as coisas tem interesses politicos e lobes. O CADE - Conselho Administrativo de Defesa Econômica é omisso. Corinthians e Flamengo não tem culpa, a Globo pensa como instituição privada no que é melhor para ela, e Corinthians e Flamengo no que é melhor para eles. Os outros clubes teriam que se unir para mudar isso. Eu sou corintiano e acho injusto também essa forma de cotas, mas estamos em um sistema capitalista e esse é o mercado, enquanto não ouver uma regularização nesse setor nada vai mudar.

  13. José Henrique

    15/05/2012 22:03:34

    Esse números deixam bem evidente, os motivos por que os São Paulinos odeiam tanto, e enchem da pancadas o sr. Andrés Sanchez.Precisa desenhar?

  14. Itamar Generoso

    15/05/2012 21:19:59

    Socran, até agora o nivel da discussão estava ótimo, e você vem com rivalidade clubstica e ideias bobas, sei que se refere ao Corinthians, esse time que você diz ser pequeno tem todos os titulos que os outros clubes tem, com excessão da libertadores, quer dizer que o unico titulo que define um clube grande é a libertadores? Então o Corinthians é pequeno e se daqui a três meses for campeão da libertadores passa a ser gande? Que hipocrisia e visão mais limitada.O Corinthians tem: 5 campeonatos brasileiros6 Rio-São Paulo3 Copa do Brasil26 Campeonatos Paulista1 Mundial Clubes da FIFA, (se quiser questionar esse tudo bem sei que vai fazer, mas não muda nada).Você é aquele tipo de torcedor que não tem argumentos para falar de futebol, só sabe agir com o sentimento. Acha que para ser grande precisa diminuir os outros, isso é uma visão pequena e mesquinha eu sou corintiano e tenho respeito pelos outros clubes e acho eles grandes.Um conselho, aprenda mais sobre futebol.

  15. Itamar Generoso

    15/05/2012 21:01:12

    O Lucas foi perfeito na sua analise, desculpe-mes caro Pexie VIVO, mas você esta indo mais pelo lado sentimental do que pelo racional, as cotas serem maiores para os clubes de maiores torcidas é obvio, a questão é o potencial de consumo, por isso o numero de torcedores alem da região onde eles estão localizados influênciam muito, você veja como exemplo Flamengo e Corinthians, embora o Flamengo tenha mais torcedores que o Corinthians os torcedroes corintianos estão localizados em maior numero em regiões mais ricas, por isso o Corinthians tem uma cota maior, no final quem decide mesmo muitos vezes não é a rede globo, mas indiretamente os anunciantes, a procura dos jogos destes clubes devem ser muito maior do que dos outros, e a Globo não vai rasgar dinheiro, ela é uma empresa privada, as pessoas esquecem disso.Mas mesmo assim eu entendo a sua revolta, eu acho que deveria haver uma maior exposição dos outros clubes, para isso a solução seria a quebra de monopólio com mais emissoras transmitindo jogos teria mais jogos de outros times televisionados.Abraços.

  16. TATUAPE

    15/05/2012 20:42:51

    .Ótimo!.O Corinthians desponta com cifras respeitáveis dentro do cenário nacional..Mas, não adianta ganhar dinheiro e não saber aproveitá-lo..É preciso montar bons times de futebol..E não esquecer dos demais esportes..Deve tomar muito cuidado com automobilismo que é caro e dá pouco retorno..Sem dúvida, o futebol é o carro-chefe do Corinthians..Se investir direitinho vai aumentar e muito esses números que são ótimos..Não pode esquecer as categorias de base, lá é o celeiro..E gostaria de fazer um pedido especial aos dirigentes do Corinthians..Tragam o Montillo e o Fred..

  17. Itamar Generoso

    15/05/2012 20:42:26

    Você falou bem, sou Corintiano mas a situação do Palmeiras é pessima e ele podera futuramente vir a perder mercado e torcedores para o Santos, é lamentável o que estão fazendo com um clube grande e de tradição como o Palmeiras, ainda bem que o meu Corinthians mudou a tempo, a alguns anos atrás ele ia pela mesma politica que ia o Palmeiras, conseguiram dar uma reviravolta e hoje é bem administrado, perfeito ninguem é e nunca será, mas pelo menos esta em uma boa situação hoje.Quem sabe o Palmeiras não mude, mas lá parece que o problema é bem mais profundo.

  18. Itamar Generoso

    15/05/2012 20:36:22

    Na minha opinião não existe um fator só que define isso mas vários fatores, o grande numero de torcedores desses clubes e principalmente a região que eles estão localizados. Estão no Estado e cidade mais rica da america do sul, logo estão no lugar com consumidores com maior potencial de consumo. Qualquer empresa se quer anunciar o seu produto ela por logica quer fazer isso no maior mercado consumidor onde sabe que a probalidade de comprarem seus produtos são bem maior, é uma questão de econômia, afinal vivemos um sistema capitalista. Isso favorece e muito o clubes de São Paulo, por isso tão ou mais importante que ter uma enorme torcida é onde esses torcedores estão localizados, isso no final vai influênciar uma maior procura de anunciantes que fazem a propaganda dos seus produtos nos jogos desse mercado local que é mais rico e competitivo o que vai valorizar e muito os horários desses clubes e suas marcar, e que esses clubes vendo o valor da suas marcas e o potencial que elas tem começaram a pedir um valor maior da cota, e a emissora no caso a Globo se viu sem saida a não ser atender os pedidos. Claro isso com a ajuda da concocrrência da Record, que tinha entrado na briga para ter os direitos de transmnissão dos jogos o que valorizou a disputa e o aumento das cotas.Bem, como Corintiano estou feliz com que o meu clube esta recebendo e tem a capacidade de aumentar mais ainda a receita, mas acho que tem que se melhorar para todos, para ter um bom futebol é quando todos estão bem, não apenas dois ou três.Abraços a todos.

  19. Lucas

    15/05/2012 20:12:09

    Peixe Vivo, seus argumentos são bons, mas há algumas coisas a se contestar neles. Seguindo a lógica, times com maiores torcidas dão mais audiência, qual o problema de eles receberem mais? O fato de eles receberem mais, impede que outros times montem times mais competitivos e assim tenham mais torcida? Talvez.Usando seu exemplo das semi-finais do Paulistão: o grau de importância do jogo não tem a ver com a audiência, ou você acha que Guarani x Ponte Preta teve a mesma audiência do que um jogo do primeiro turno envolvendo Corinthians ou Palmeiras? Corinthians vs Emelec ( 8as de final da Libertadores) teve mais audiência do Santos vs Guarani na grande final do Paulista. Os times com maiores torcidas são provenientes das regiões mais populosas do país, isso é óbvio. A impressão que dá é que os clubes com grandes torcidas são os vilões da história pelo fato de terem uma grande torcida. Os números são calculados em função de números, você não pode querer fazer cálculos da seguinte maneira: O time X tem o jogador Fulano, que é melhor do o Ciclano no time Y. Então o time X tem que ganhar mais. Lembrando também que quantidade não quer dizer qualidade: o Flamengo tem muito mais torcedores do que o Liverpool, mas quem é mais rico?

  20. WCARDOSO do litoral

    15/05/2012 19:36:35

    A quem possa responder: Por que será que dos 6 primeiros Clubes com maior Faturamento, 4 Clubes são do futebol Paulista ?Competência Administrativa?Popularidade e /ou Força -Torcedores?Nenhuma das duas alternativas - qual a sua opinião?

  21. Zala

    15/05/2012 18:23:06

    Alexandre, a idéia e justamente essa, transforma o Brasileirão em um espanhol onde só dois times brigarão o campeonato inteiro pela taça. E pela distribuição dos valores acho que voce sabe quais serão os eleitos.

  22. Evanir

    15/05/2012 18:21:13

    O que é "transferência de atletas": os que chegaram ou os que saíram? Bem, em qualquer hipótese, o Palmeiras conquistou um honroso empate técnico com o Barueri. Não surpreende. Um clube em que o rebaixador Mustafá Contursi ainda dá as cartas na política não pode mesmo dar certo. É o Verdão, rumo à mediocrização.

  23. flavio silveira

    15/05/2012 18:15:01

    E O Botafogo registrou o maior prejuizo da historia.E tem gente q elogia a administração do presidentista Mauricio Assunção.Até quando o conselho, conivente, e a torcida, afastada do clube por esses dirigentes incompetentes, ficarão inertes em relação aos desmandos no clube?....

  24. Itamar Generoso

    15/05/2012 17:44:44

    Vejo muitos aqui criticarem a forma que são feita as cotas e a tv Globo, não sou fã da Globo, mas ela como emprea privada busca o que interessa a ela, como os clubes também como privados tem que procurar o que interessa melhor a eles, o grande problema é maior que as pessoas estão vendo, é na verdade uma ausência de uma intituição pública que não regula esse mercado, o CADE - Conselho Administrativo de Defesa Econômica, é totalmente omisso e politico, enquanto não existir regras claras nesse mercado vai existir o monopólio que no momento é da Globo e todos nós conhecemos os problemas, se mudar de emissora virão outros problemas, pois o monopólio ira continuar.Na minha opinião já que agora todos os jogos do campeonato brasileiro tem datas definidas a ideia seria dar cota as partidas, cada partida teria seu valor inicial e depois se fazia o leilão dessas partidas, seria uma especie de leilão das emissoas brigardo e dando seus lances para os jogos que mais lhes interessar, assim as grandes emissoras pagariam mais para determinandos jogos e as emissoras menores poderiam ficar com outros jogos, se teria mais jogos transmitidos iria aquecer o mercado e a concorrência iria aumentar.Quem pagaria mais levaria os principais jogos, isso seria o justo, mas não poderia privar as outras emissoras, o grande problema que as empresas querem monopólio para explorarem a tv fechada e os jogos de pay per view.Mas isso seria questão de negociação, os jogos que poderia ir para tv aberta iriam para leilão entre as emissoras de tv aberta, e os jogos que poderiam ser de tv fechada iriam para leilão também entre elas.Para diferênciar acho que os jogos em que os times jogassem fora do seu Estado ou munipio iriam para o leilão das tvs abertas, já os jogos dos time dentro das suas casas seriam para leilão com as TVs fechadas.Bem isso é uma ideia inicial, não sei se seria possivel ou se é esta dentro da lei, mas é uma sugestão, se alguem tiver outra sugestão melhor seria uma boa ler.Abraços a todos

  25. Itamar Generoso

    15/05/2012 17:19:52

    Olha o que você disse foi muito legal eu gostei. Só que a coisa é mais complexa do que imaginamos, a emissora que transmitir o jogo vai dar preferência sempre a maior procura pelos anunciantes, a lei da oferta da procura e esses serão os jogos de dois ou três times. Esses países Europeus que você citou são muito pequenos, o Brasil é quase do tamanho da Europa inteira é um continente com cada região tendo sua cultura, acho que do jeito que você falou seria dificil acontecer. A melhor solução na minha opinião seria o fim do monopólio, com mais de uma tv transmitindo, tipo o leilão dos jogos, assim cada uma pagava pelo jogo que interessa-se mais os que não interessavam tanto ficavam com as emissoras menores, todos teriam seus times passados com mais frequência na tv.Pelo menos eu acho.

  26. Itamar Generoso

    15/05/2012 17:04:35

    Concordo plenamente com você e não por também ser corintiano. Mas e que as pessoas ficam ai acreditam em esqueminhas que gostam de um do que do outro, no lugar de serem racionais, o clube tem que investir em seus patrimonios na conquista de titulos e assim aumentar sua torcida que consequentemente aumenta o numero de potencial consumidores isso vira um circulo virtuoso que retorna em arrecadação ao clube, depois muitos dizem que torcida grande não quer dizer nada. Com uma maior torcida o clube tem maior potencial de consumidores, claro que a localização desses torcedores(consumidores) influênciam muito, a região sul do país é mais rica, logo tem um mercado de maior valor, mas isso mostra como as coisas são simples, o problema é que muitos só pensam em teorias de conspirações.O Internacional é um exemplo a ser seguido no caso de clube e esporte amador, o Santos também segurando e Neymar e fazendo crescer e o resultado disso vai vir daqui a algunsanos com uma nova geração de torcedores(consumidores) santistas.O que todos tem que exigir é uma visão mais empresarial, melhor maior e ambiciosa dos presidentes dos seus clubes.

  27. alexandre monteiro

    15/05/2012 17:01:24

    E vc acha justo esta distribuição ? Vamos ser sensatos, pois daqui a uns tres ou quatro anos teremos um campeonato brasileiro de 03 ou 04 times no máximo.

  28. Itamar Generoso

    15/05/2012 16:53:21

    Você esta sonhando amigo. Por acaso acha que empresários que mexem com milhões de reais vão querer beneficiar um clube por que fez isso ou aquilo e o outro que é queiridinho, cara isso é ingênuidade, embora eu respeite sua opinião. As pesquisas são feitas por uma questão propria de mercado, você acha que é a Globo que decide passar os jogos do Corinthians ou do Flamengo mais do que dos outros por que a Globo gosta mais desses que dos outros? E quem vai pagar as contas da emissora?Não é a Globo que decide na verdade, é um decisão indireta, pois os anunciantes preferem anunciar nos jogos de Corinthians e Flamengo, com certeza deve ser o horário mais procurado e mais valorizado, e a Globo é uma empresa como qualquer outra quer lucrar. Por isso prioriza a transmissão desses dois clubes que não são bobos viram o valor que suas marcas tem, e agora começam pedir mais. Mas mesmo eu sendo corintiano acho que deveria ter mais jogos dos outros clubes sim, pra quem gosta de futebol é bom asistir e ver como esta o nível dos concorrentes nas disputas. Mas isso é uma questão de capitalismo e de mercado, Flamengo e Corinthians sempre terão mais jogos transmitidos e não tem nada haver com esquemas ou gostar mais de um que do outro.O que eu acho errado é a Globo ser avalista do Flamengo em negociação de jogadores, que nem o caso do Ibíson do Santos, se ela transmite o jogos de vários ela não pode se meter diretamente na negociação de um unico clube, nisso sim na minha opinião vejo uma falta de ética.

  29. João Carlos Agostini

    15/05/2012 16:50:56

    De fato, olhei errado a tabela. A dívida cresceu "apenas" 15% desde 2009 - quando o Laor assumiu a presidência do Santos, estando hoje em 209 milhões. Em suma cresce acompanhado por um crescimento de faturamento temporário.

  30. Insensato

    15/05/2012 16:44:30

    Melhor porque Tatuape ?Hoje o time protagonista do brasil é o Santos, Corinthians é apenas coadjuvante.

  31. André Grand Tricolor

    15/05/2012 16:21:42

    "Melhor clube do Brasil"??Mas que soberba, hein!Vai voando alto "mano" que o choque de realidade está por chegar.O tombo será do tamanho de sua arrogância, ou seja, imenso!Aguarde...

  32. leonel

    15/05/2012 15:11:54

    Juca, não concordo com esse critério de distribuição das cotas de tv, o q Corinthians e Flamengo são melhores q os outros p/ receberem tanto a mais? Se a tv quer alegar audiência, digo q o Santos se iguala e dá até mais audiência q esses dois queridinhos da tv, o q acontece é q o A.Sanches ajudou a globo a acabar com o clube dos 13, e a globo tá retribuindo passando só jógos do Corinthians, é o acerto dos Gangsters, acho q os outros clubes juntos podem mudar esse quadro quando quiserem, é só se unirem contra os queridinhos da tv, e negociarem com outra tv q lhes pagariam mais, a Record tá aí, é só puxar a briga q éla compra.

  33. marcelo lima

    15/05/2012 15:06:22

    pelos nºs fica claro que não incluiu a participação da Unimed, que paga diretamente mais de 80% da folha salarial do clube (altissima por sinal). Considerando os valores da unimed creio que o flu estaria em 8º ou 9º lugar de arrecadação. Que tal ampliar esse quadro e mostrar nº do flu em alguns quesitos que não apareceram nas tabelas?

  34. Alexandre

    15/05/2012 14:22:40

    Perfeito, a negociação individual vai acabar com o Campeonato Brasileiro como nós conhecemos hoje. Será uma tediosa disputa de dois ou três times...

  35. Alexandre

    15/05/2012 14:18:41

    Ou melhor: cotas de TV na Premier League...

  36. Siller G.

    15/05/2012 14:17:43

    Interessante. Parece muito bem embasada!O que prova que a grande força e poder do futebol está na torcida,aliás, os títulos são um meio para se ter mais torcida e,quanto mais FIEL, melhor,o que projeta um futuro mais brilhante ainda principalmente para o Corinthians,mas também para os times que investiram no maior patrimônio do futebol:Fiéis Torcedores - e consumidores também, claro...nada é tão lúdico.

  37. Alexandre

    15/05/2012 14:17:11

    Excelente comentário Douglas. Um pena que a mídia esportiva brasileira não se aprofunde mais neste assunto.Para saber mais sobre as cotas de TV na Champions, veja: http://www.futebolfinance.com/as-receitas-tv-dos-clubes-da-premier-league-em-201011

  38. Socram

    15/05/2012 14:07:19

    Time grande é uma coisa, time com torcida grande é outra coisa.Não vamos misturar as coisas.

  39. Peixe Vivo

    15/05/2012 14:02:44

    Jesse, a sua explicação esta certa. Mesmo assim, o fato do Santos ser o primeiro é extraordinário. Ainda mais relevante para um clube que dizem (alguns rivais invejosos) que não tem torcida.E também é extraordinário que tenha duplicado a receita com bilheteria e prêmios de 2010 para 2011.

  40. André Gontijo

    15/05/2012 14:02:15

    E a Patricia Amorim ainda fica enchendo a boca para falar que tem o maior patrocínio de televisão do Brasil, está levando um coro feio do Corinthians. No Flamengo sempre se falou mais do que fez, é impressionante.

  41. Daniel

    15/05/2012 13:35:20

    A dívida do Santos diminuiu de 212 milhões para 208 milhões. Se informe primeiro.

  42. Grana

    15/05/2012 13:32:23

    Explique melhor.

  43. Peixe Vivo

    15/05/2012 13:12:20

    Dizem que o modelo espanhol é um sucesso, basta ver o Barcelona e o Real Madrid. Portanto, o que é bom para Espanha é bom para o Brasil.Será?Só para lembrar, enquanto na Espanha a verba de TV é concentrada em Real Madrid e Barcelona (situação que deve mudar em 2013) na Inglaterra a verba de TV é repartida com parte distribuída igualmente e com parte distribuída por mérito como mostra muito bem o post do Douglas.Como verificar qual modelo é o melhor?O Douglas mostrou a competitividade do campeonato alemão.Eu tomei como critério os países com clubes finalistas da Champions League nos últimos 10 anos.Seguindo este critério a classificação por países com clubes mais competitivos éInglaterra: 8 finalistasItália: 5 finalistasEspanha: 3 finalistasAlemanha: 2 finalistasA Inglaterra tem o futebol mais vitorioso na última década!Outro fato que surpreende é que, enquanto a Espanha foi representa nas três vezes por um clube (Barcelona), a Inglaterra foi representada por quatro clubes distintos:Manchester United 3 vezesLiverpool 2 vezesArsenal 1 vezChelsea 2 vezesOu seja, os dados desmentem que o modelo Espanhol seja o melhor.

  44. Peixe Vivo

    15/05/2012 12:57:54

    Vou iniciar dizendo que futebol não é bolsa de valores onde o mais importante é o quanto se fatura ou se tem lucro como querem algumas torcidas que pela falta de títulos transformaram arrecadação em medida de sucesso.Futebol é títulos.Isto posto, algumas observações.É totalmente injusta a distribuição das cotas de TV pelos critérios única e exclusivamente pelos desejos do executivos da Globo. Está causando uma distorção absurda no futebol brasileiro. É uma falácia a afirmação que esta distribuição segue a audiência. Existem várias provas de que isto não é verdade. Só lembrando a mais recente: as semifinais e finais do campeonato paulista não tiveram a participação do Corinthians e do Palmeiras, mas eles receberam mais dinheiro da televisão do quem participou! Ou seja, quem joga e gera audiência de verdade não recebe pelo seu trabalho!Audiência (e a Globo sabe disto) são jogos de qualidade, com grandes craques, jogos decisivos e (também, mas não exclusivo) tamanho de torcida.A Globo está distorcendo o futebol brasileiro tentando transformá-lo em uma competição de clubes monopolistas. Aliás do jeito que ela gosta de manter o mercado de TV.

  45. leo - londres

    15/05/2012 12:39:32

    se acham que a globo esta pagando bem, imagina o q a record nao faria pra ter os direitos de transmissao no estilo fair play proposto pelo clube dos 13. e todo mundo ja se esqueceu da palhacada que foi essa negociacao, e que vao pagar caro qnd chegar a hora da proxima,solitarios e enfraquecidos e muito mais endividados com a mesma.

  46. TATUAPE

    15/05/2012 12:31:23

    .A força do Corinthians vem da equipe..Equipe que tem ótimos jogadores..O Montillo seria um ótimo reforço para o Corinthians..Todos ganhariam com essa contratação..Em especial, o jogador que estaria no melhor Clube do Brasil..

  47. Alisson Sbrana

    15/05/2012 12:20:03

    *discordo... (desculpe os erros)

  48. Alisson Sbrana

    15/05/2012 12:19:23

    Acho que o Corinthians deve mesmo comemorar, porque, mesmo que esses números não sejam referência para títulos, eles podem garantir boas esquipes no futuro. Só descordo do que disse aí o amigo sobre "time simbolo" do Brasil. O corinthians tem, como vantagem, a grande torcida. Nem quando fez história com a Democracia, foi "simbolo" do Brasil. Pode até ser se pensarmos apenas na questão de time de massa e tal, mas não do nosso futebol. O simbolo do futebol brasileiro é meu Santos. Ainda bem, porque o brasileiro, no geral, gosta de jogar bonito, de craques. O corinthiano tem como marca a raça e adoram exaltar vitórias sofridas, colocando como "estilo corinthiano". Mas é isso aí. Boa sorte aos amigos e rivais.

  49. Ronald Nowatzki

    15/05/2012 12:15:35

    Certa vez em público, diante do Brasil inteiro, em debate na globo na campanha presidencial, não lembro bem o ano, o então canditado e ainda meio ingênuo Lula, foi lhe apresentado pelo opositor, uma imensa lista de numeros, e Lula retrucou.- O povo não entende de numeros, e cada um apresenta o que lhe convém.Achei estranho esta resposta, mas refleti e faz sentido. Já trabalhei com contabilidade ( um saco ), mas geralmente é isto, as empresas apresentam numeros disfarçados conforme o interesse, se é para mostrar para o investidor, apresenta-se bons numeros, se é para angariar fundos, apresenta-se numeros preoucupantes, se for declaração para o governo, mostra-se a falência. Dívida é uma coisa bem diferente do que prestações, dividas com governos, são diferentes de dívidas com federações, então realmente não sabemos em que pé realmente está o futebol brasileiro.Só sei que os pequenos, cada dia vão ficar mais pequenos, e os grandes dependem de que os administra.Pois diz o ditado, " Aonde existe muito dinheiro, existe corrupção ". E se a corrupção é grande, uma hora a casa cai.

  50. Alisson Sbrana

    15/05/2012 12:04:44

    *formação.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso