Blog do Juca Kfouri

A Fórmula 1 é um circo onde os palhaços somos nós!

juca kfouri

Por AIRTON GONTOW*

A Fórmula 1 é um grande circo, onde os palhaços somos nós, que acordamos ou deixamos de dormir para acompanhar seus treinos, corridas, constantes mudanças de regulamentos e maracutaias.

É uma competição em que homens correm em desigualdade de condições e a máquina decide muito mais que o piloto.

Torcemos e vibramos com títulos de falsos heróis que geralmente tiveram condições muito superiores aos adversários.

Tantas vezes vemos um piloto conquistar o título em um ano e no seguinte chegar no pelotão intermediário em quase todas as provas.

Perdeu porque piorou?

Não, simplesmente porque o carro já não é o melhor.

Há pilotos brilhantes que passam a vida criticados porque nunca tiveram a sorte de contar com o melhor carro.

Não sou especialista e estou aberto a argumentos contrários, mas não esqueço que o tão criticado Mansell – o desastrado, o destruidor de carros – foi depois campeão da F-1 (92) e da Fórmula Indy em 93, em seu ano de estreia da categoria.

Geralmente a F-1 é uma disputa limitada a pilotos de uma ou duas grandes equipes, que competem com máquinas equivalentes, como vimos nas inesquecíveis disputas entre Senna e Prost, como em 88, quando a McLaren venceu 15 das 16 provas (oito vitórias de Senna, sete de Prost e uma de Berger da Ferrari).

E até esse pequeno gosto é retirado do público quando acontecem marmeladas como esta, mais uma vez capitaneada pela Ferrari.

Aí sim o homem decide na F-1.

Decide fora da pista, quando acontecem as ordens para os segundos pilotos cederem seus lugares ao primeiro piloto, como vimos hoje com Felipe Massa e Fernando Alonso; em 2002, no GP da Áustria, quando Rubens Barrichello desacelerou sua Ferrari para deixar Michael Schumacher ganhar a corrida e em tantas outras vezes na história.

O que aconteceu em Hockenheim foi uma vergonha.

Pior do que a atitude na pista, foi a justificativa de Felipe Massa fora dela. “Sou um homem de equipe”, justificou.

Por ser homem de equipe, Nelsinho Piquet bateu o carro no GP de Cingapura, em 2008, para favorecer seu companheiro Fernando Alonso.

Aliás, alguém consegue explicar porque o piloto espanhol não foi punido pela FIA e ainda foi contratado pela mais famosa das equipes?

Acredito que quase tão ruim e conivente com a imoralidade quanto ver um espetáculo circense construído à custa do maltrato aos animais é assistir ao circo podre desta categoria que cada vez menos tem o direito de ser chamada de esporte.

*Airton Gontow é jornalista e cronista.

  1. DANIEL

    16/08/2010 18:47:14

    Gente que não assiste F1 e quer comparar com atitudes puntuais é fo..da. Vamo la, o Senna intencionalmente bateu no Prost no final de 1990 para ganhar o título, que fdp neh!! opa! pera la, o Prost intencionalmente bateu no senna no ano anterior e pior, o senna conseguiu continuar na pista, ganhou a corrida e foi desclassificado porque o presidente da FIA era Frances!!! Dessa vcs não lembravam neh!! Berger?? É bom lembrar que 1988/89 o companheiro de equipe do senna foi o Prost, não tinha segundo piloto. Em 90/91 eu sei que foi o berger. Segundo piloto realmente, mas não lembro de te-lo visto classificar na frente do senna e não lembro dele disputando um campeonato abrir pro senna. A propósito lembro de uma vez que após o campeonato decidido o senna abrir pro berger. É isso ai, Senna dava orgulho, valeu minhas lágrimas no dias da sua morte. Massa e rubinho se acontecer, espero que não, mas valeriam um bom churrasco a beira duma piscina. vleu syd

  2. Alex dos Santos

    31/07/2010 00:16:42

    Concordo que a F1 é uma "competição" onde apenas as equipes com os melhores carros ganham o campeonato. Não Há DÚVIDA. Concordo com aqueles que não acham correto um piloto deixar o companheiro ultrapassá-lo devido a uma ordem da equipe. Mas tem uma coisa: Raikkonem também abriu para o Felipe passar no GP da China de 2008, se não me engano. E NENHUMA alma "honrada", "boa esportista" e "apreciadora do espetáculo" reclamou do ocorrido.Bem, na minha opinião os dois casos são estritamente IGUAIS só que a "nação brasileira" ultra nacionalista-arrogante-acéfala não reclamou de nada. Não. Pelo contrário, IGNORARAM o assunto. Mas agora que o Felipe deixou de ganhar para ajudar o companheiro de equipe vem um bando de "bons samaritanos" reclamar. Acho errado vc deixar um companheiro ultrapassá-lo, pior ainda é fazer disso um escândalo quando o ocorrido prejudica o brasileiro e naum falar nada quando o beneficia.

  3. Marcelo Novais

    30/07/2010 20:02:48

    Existe um enorme abismo entre os vencedores e os perdedores, um abismo chamado honrra

  4. José Ricardo

    27/07/2010 22:40:13

    Concordo com vc, queria ver o Stallone fazer piadinha com o povo árabe.

  5. Eriberto

    27/07/2010 21:22:34

    E me lembro do Galvão criticando o estreante Lewis Hamilton, quando mesmo deu um chega para lá para o Fernando Alonso, na época, Bi-campeão mundial. Como é que ele disse mesmo: "esse moleque é abusado, tem que saber o seu lugar ...", e coisas deste tipo.O tempo mostrou que o LH não pagou pau para ninguém. Por isso foi campeão do mundo logo no segundo ano.Já os brasileiros, Barrichelo, Nelsinho Piquet e Massa, são uns fracos.Tivesem um pouco da coragem que o Muricy mostrou, falariam "tudo bem" e pisariam mais fundo ainda no acelerador.Depois de duas voltas mais rápido que o Alonso, respondia ao engenheiro: "Agora eu estou mais rápido que ele, bem mais".

  6. jefferson

    27/07/2010 11:44:57

    Aprendi a gostar de F1 como omeu falecido pai. Adorava as corridas, os pegas a esportividade... Senna, Pique e o méstre Emerson... Que saudade daqueles tempos!!! Que bom que meu pai não está mais entre nós para ver uma vergonha dessas num esporte que ele tanto gostava "esporte"!!!- Não, não é mais esporte. Isso virou uma porcaria com pilotos desleais e mau carater como o Alonso e um boca aberta como o Massa tal qual o Barriquelo no seu tempo. Ambos não tem pulso firme de peitar e mostrar sangue nas veias a seus comandantes e dizer "assim não, Assim eu não aceito. Coisa que aliás o sem carater do Alonso faz.

  7. Cláudio Reis

    27/07/2010 10:49:28

    Não vejo razão para tanta polêmica, isso é política pura. Quem determina se é esporte, circo, ou seja lá o que for, somos nós torcedores. Se gostamos de esporte que assistamos ao "esporte" de nossa preferência, assisto a fórmula 1 a mais de 25 anos, acordando na madrugada para assistir treinos e corridas, trocando compromissos de domingo e tudo mais, o errado sou eu de apoiar uma palhaçada dessas, se é a indignação que nos corrompe hoje pelo ocorrido, apenas passemos a boicotar, quanto mais polêmica, mais jornal é vendido, mais propaganda para a fórmula 1 é gerada. Estamos sendo palhaços duas vezes. Assinando embaixo e financiando esse circo todo. Torcemos pelo piloto ou pela escuderia? Gosto de formula 1, não pelos pilotos que estão lá, todos uns mercenários, nem no Brasil eles moram. Mas pela tecnologia que ela nos trás, desenvolvimento de combustíveis, de pneus, segurança, no desenvolvimento de tecnologias, somente por isso.

  8. João Marcello

    27/07/2010 09:54:54

    Na minha opinião, a ferrari não devia pontuar no mundial de construtores, e o Massa perder os pontos da corrida. Alonso não merece ser punido, o massa tirou o pé, ele tinha q passar mesmo.

  9. Junior

    27/07/2010 09:08:02

    Temos que deixar de ser otários e não assistir mais essa porcaria que se tornou a F1.Talvez caindo a audiência e o autodromo ficando vazio não teremos mais esta vergonha.

  10. Valmir Passos

    27/07/2010 09:00:43

    Meu Deus, quanto absurdo, chega a ser ingênuo o que é colocado aqui. A forma como as coisas aconteceram foi estúpida e desnecessária, até porque a Ferrari não está na liderança do campeonato. Agora, achar que não existe jogo de equipe é uma ingenuidade incrível. Muito pior são as manipulações e a lavagem de dinheiro no fubebol, copa do mundo comprada e tantas outras coisas. Por favor acordem. E se o Felipe aceitou, deveria ficar quieto e não fazer cara feia.

  11. José Teles da Silva Júnior (Júnior Teles)

    27/07/2010 00:06:54

    Não concordo. O Senna cedeu o lugar para o Berger pelos mesmos motivos que o Barrichello e o Massa fizeram: ordens da empresa. Além disso, não sei se vcs recordam, mas o próprio Senna concedeu entrevista dizendo que queria vencer a corrida e que não estava nos planos dele ceder o posto para ninguém. Mas, como ele já havia se tornado campeão, ele aceitou, mas A CONTRAGOSTO. Outra cena dele, inesquecível, é parando o bólido para socorrer outro piloto que havia sofrido acidente: algum dos que hoje correm faria isso??? Em tempo, a própria imprensa espanhola - Elpais.es - criticou o Alonso e disse, algo como : "não deixem o Alonso falar besteiras!" sobre o fato de ele ter reclamado sobre o Massa ter tomado a frente, novamente.

  12. Ren

    26/07/2010 23:31:41

    O jogo de equipe é inevitável. É muito ruim para a competição e para o público, mas inevitável para equipes que buscam resultados. INFELIZMENTE.Só vai deixar de existir quando for apenas um piloto por equipe, e mesmo assim, ainda se pode fazer "jogo de equipe" com equipes de um mesmo fornecedor de motor, o que é bem provável que ocorreria se banissem o companheiro de equipe.Agora, falando das tais "desigualdades de condições", citadas no texto, elas existem em todo esporte, mesmo que de forma mais velada.Ou alguém acha que há igualdade de condições num Campeonato Brasileiro de Futebol, quando para dizer o mínimo e essencial, o Flamengo recebe mais de 20 milhões de cota da TV e o Ceará recebe 5 milhões para participarem do mesmo campeonato?

  13. Fábio

    26/07/2010 23:31:15

    Lamentável!!! Isso para mim foi além do que se define esporte, comprtência, até porque muitos acreditavam ser o nosso "Felipe Massa" diferente do Rubinho.Sempre achei que a diferença entre ambos era apenas o nome. São bons pilotos, e ponto. Para ser um campeão de F1 não basta ser bom, tem que ser mais que isso, tem que ter ganância sim, mais tudo dentro da esportividade.É que não tinhamos acesso, mais acho que não ouviríamos SENNA reclamar de PROST a sua frente achando isso "RIDÍCULO", ou vice versa.Mais estamos falando de SENNA e PROST, não de um garoto mimado que se não tiver seus desejos atendidos pede para que seu amigo tire o patrocínio forte da equipe. Se o banco fosse brasileiro, será que teríamos isso?Já que banalizamos as coisas, porque não trazer o Flávio Briatore de volta? Se encaixaria muito bem no lugar do Stefano Domenicali, que já demonstrou não ter competência para comandar uma equipe como a "MANCHADA" Ferrari.

  14. Robson Paes

    26/07/2010 22:10:24

    Me senti um palhaço ontem. Pois até ontem estava torcendo por Massa. Não sou da mesmice de dizer que a F1 está sem graça.. sem graça é a FERRARI.. Pois estava ruim a temporada toda, e só foi ter uma chance,, repito,, uma chance e fez isso!!Continuo assistindo F1, mas não torço mais pra Massa, pois não sou italiano....

  15. Emerson Huguenin

    26/07/2010 21:49:33

    Não é verdade..O Senna deu um vitória de presente ao Berger pelo simples fato de ele não ter tido a oportunidade de vencer, tamanha a superioridade de Senna. Sim, Senna era o primeiro piloto, mas não é isso que se discute. O que se discute é entregar vitória pra outro, simplesmente pq a equipe mandou, pra favorecer um determinado piloto.

  16. Emerson Huguenin

    26/07/2010 21:44:10

    opa, perdão...li seu comentário inteiro e estou de pleno acordo..

  17. Emerson Huguenin

    26/07/2010 21:43:51

    opa, perdão...li seu comentário inteiro e estou de pleno acordo.

  18. Emerson Huguenin

    26/07/2010 21:42:30

    "QUEM TEM FAMILIA PRA SUSTENTAR" Cassiano, eu queria um mês do salário da Massa pra viver...esse seu comentário não tem nada a ver.

  19. Sylvio

    26/07/2010 21:41:26

    Se o Muricy estivesse pilotando o carro do Massa, o que ele teria respondido no rádio?Agora, se fosse o Dunga.... essa eu pagava para ouvir!!!|!|

  20. Cassiano

    26/07/2010 21:18:54

    'Qualquer um' teria feito o que o Massa fez, no lugar dele. Realmente, quem tem família para alimentar pensa 10 vezes antes de ir contra seus empregadores. 'Qualquer um' obedeceria seus chefes. 'Um piloto qualquer' obedeceria.Aqueles que tem o espírito de campeão, não. O campeão odeia ficar em segundo, odeia perder. Seja pelo motivo que for, não imagino o Piquet (pai), o Senna, o Schumaker ou mesmo o Alonso ou o Hamilton fazendo isso o que o Massa e o Barrichelo fizeram. Pois quem quer vencer faz praticamente tudo (ou tudo, dependendo de quem for) pra atingir seus objetivos.Mas aqui, vendo da TV da minha casa, quero torcer para campeões, não para 'bons funcionários'. Isso todos nós já somos no dia a dia, as pessoas comuns, ou os também chamados de 'qualquer um'. Quem pilota uma Ferrari numa formula 1 não deveria ser 'qualquer um'. Pena.

  21. sergio coutinho

    26/07/2010 21:13:58

    Caro Juca: Ouvi seu "vai para o chuveiro" na CBN desta noite, 26/7, com o qual eu concordo inteiramente. A propósito, informo que logo após o GP da Austria em 2002, na vergonha da Ferrari com o Rubinho, tive publicado no Painel do Leitor da FOLHA DE SAO PAULO na semana subsequente, um comentario sugerindo que as noticias sobre a F1 fossem publicadas no caderno NEGOCIOS e nao no caderno ESPORTE, de acordo , portanto com sua opinião. Recebi com orgulho, na publicação em tela, uma ilustraçao mostrando um sapato de um executivo pisando uma bandeira quadriculada ( a da chegada). Parabens Juca

  22. Paulo Roberto

    26/07/2010 21:09:18

    Quando criança aprendi a gostar de fórmula 1 quando vi Nelson Piquet se tornar tricampeão com apenas três vitórias; haviam pitlotos e não escuderias. Admirei Senna quando o vi se tornar campeão com uma pequena Toleman. Admirei mais ainda Piquet quando ele em dada corrida, não aceitou fazer igual vergonha que vimos dois brasileiros fazerem. Mansel.Fitipaldi, Piquet. Senna, Lauda, Proust e inúmeros os quais o nome nem sei escrever trago de minha infância em frente da tv; Não lembro de equipes.Lembro de super-homens em carros toscos e espetáculos a cada domingo. Lamento ainda que o próprio Senna tenha sido campeão nestas "supermáquinas" - e seus inúmeros recordes, produtos de computador - que fazem do piloto, um mero apetrecho. Fitipaldi, Piquet, Senna e tantos outros que não conseguiram ser compeões, Homens de Honra no esporte nacional. Massa e Barrichelo, medícocres joguetes des um milionário cassino. Não sou idiota; não dou audiência pra M.

  23. Marinho

    26/07/2010 21:06:44

    Para uma trinca que nos orgulha eternamente (Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna ) uma outra trinca para nos envergonhar (Barrichello, Nelson Piquet Jr e agora Felipe Massa ), a F1 acabou pra mim ontem.

  24. Faris

    26/07/2010 20:32:30

    Tenho um filho, pouco mais velho que o filho do Felipe Massa e fico pensando o que ele vai dizer ao filho quando tiver que explicar que nao foi macho o suficiente para se fazer de surdo. O Piquet (o pai) teria fingido que o rádio pifou e teria lutado pela vitória até o fim.

  25. heni gontow

    26/07/2010 20:13:00

    A Sonia, que precedeu este meu comentário, há de lembrar quando ela, sua irmã Ziza e seus respectivos namorados, saíam de Porto Alegre e vinham para o meu sítio em Viamão, 50km, domingos em que aconteciam corridas de F1. Como nós curtíamos!!!! Aí aconteceu a morte do inesquecível Airton. Perdemos o "tesão". Confesso que ainda assisto os treinos e as corridas, esperando reencontrar a emoção do passado. E lá se vão 16 anos nesta espectativa... Cada alteração de regulamento, uma renovação de esperança. Mas ... com o que aconteceu no domingo, não sei não se ainda terei motivação para tal.Parabéns Airton por teu artigo. Muito bem colocado. Como de costume. Adoramos ler o que escreves. É sempre muito racional. A não ser quando escreves do nosso Grêmio, quando colocas teu coração. Beijos

  26. Da ardeia

    26/07/2010 19:24:19

    Ainda existe formula 1 ?Quem assiste ?A minha última foi em 1994 !!!

  27. Ricardo

    26/07/2010 19:17:42

    Boicotem FIAT e Banco SANTANDER pra ver se a Ferrari continua agindo assim com os brasileiros ...

  28. Evandro C. Manoel

    26/07/2010 18:40:10

    Bem amigos que postam comentarios ou os que somente leem as opiniões dos apaixonados pelo mundo da velocidade. Tenho 26 anos e faz uns 5 anos que não perco uma corrida de f1, as que não posso acompanhar ao vivo assisto depois pela net, não importando o horário por que sou apaixonado por essa modalidade não esportiva pois a f1 ja faz um bom tempo que não é um esporte. Mas mesmo assim eu muito idiota continuo acompanhando. Idiota? sim não só eu mais sim todos nós que ficamos noites em claro deixamos de curtir parte de nosso fim-de-semana para acompanhar essa vergonha que ja foi uma respeitada modalidade esportiva e hoje nada mais é do que um puro e total jogo de interesse, poderiamos citar vários episódios tais como as inumeras vezes em que Rubinho abriu as pernas para o Shumacher, em que o massa entregou o titulo ao Raikkonen em 2007 aqui no brasil. etc etc etc.... Porém meu maior objetivo postando no Blog não é para falar de velocidade, trapaça, competição, equipe ou muito menos em dinheiro, quero sim é falar de vergonha, hombridade, respeito, carater, dignidade e espirito esportivo. O porque de eu falar nisso? pois isso já se perdeu não só na f1 mais como num geral do povo esse foi só mais um episódio de alguem que almeja ser um idolo nacional( coisa que nunca será) ou campeão mundial de f1( ainda muito menos). Lamentável senhor Felipe Massa sua submissão,falta de respeito com um povo,sua falta de carater e sua falta de hombridade, foi uma vergonha o episódio que o senhor se pos nesse fim-de-semana estragando o domingo de muita gente Lamentavel, você é alguem patético e que nao tem moral para invadir minha televisão aos domingos, não diga que voce agiu profissionalmente pois eu sou um profissional e jamais faria isso pelo dinheiro que fosse, não queira me medir com a sua régua pois eu não sou igual a você, e mais duas coisas o Alonso certa vez falou que uma equipe deveria ter dois pilotos um para ser campeão mundial e outro para ajudar a ser campeao de construtores triste mais ele esta certo e nesse final de semana ele tambem falou que a situação de voces brigando pela posição era ridicula, pois ridiculos são voces. Retirem-se imediatamente dos esporte seu bando.

  29. Silvio Hartung

    26/07/2010 17:15:36

    Realmente os palhaços somos nós e por esse motivo nós temos que dar uma resposta a isso tudo. Assisto todos os anos em Interlagos e antes quando era no Rio o GP Brasil F1. À partir de agora NÃO MAIS IREI ao autódromo bem como não vou perder mais tempo à frente da TV assistindo esse tão badalado CIRCO DA F1 onde os palhaços somos nós.

  30. Neudo Marcondes

    26/07/2010 16:42:07

    Hoje quero mandar um abração pro BI-CAMPEÃO FITIPALDI o desbravador e pioneiro nos títulos de F1, pro PIQUET que lutou contra tudo e contra todos e conquistou o TRI-CAMPEONATO e pro maior de todos o também TRI-CAMPEONISSIMO e mais arrojado AIRTON SENNA DA SILVA. Quanta saudade!!!!Eles conquistaram 8 TÍTULOS e mereceram envolver seus corpos com a BANDEIRA DO BRASIL, ao contrário desses bundões BARRICHELO E MASSA que não merecem, abrem as pernas pra qualquer BABACA e ainda assumem a covardia enquanto nós palhaços de plantão torcemos pra eles.(eu torcia).SCHUMAKHER- Acabou aproteção, acabou o campeão, 7 titulos que pra mim não valem 2 do FITIPALDI….ALONSO – 2 títulos com proteção,RIDICULO, vê se ganha 1 sozinho seu maricon chorão.

  31. SONIA GONTOW

    26/07/2010 16:41:15

    Há 16 anos, perdi completamente o interesse pela F-1. Não importava a hora que tinha ido dormir na sexta, sábado estava assistindo aos treinos. Obviamente no domingo acontecia o mesmo. Há quem disse, após a morte do Senna, que eu não gostava de F-1, que eu só gostava do Senna. Na época, discordei. Hoje, já não sei o que pensar. Ao longo desses 16 anos, tentei por várias vezes voltar a acompanhar este esporte, torcendo ora pro Rubinho, ora pro Massa. Ontem assisti uma parte do replay da corrida a tarde. E, depois do que vi, só me restou desligar a TV. A F-1 pra mim definitivamente ACABOU. O Senna jamais se submeteria a uma situação dessas, nem cedendo a posição nem aceitando uma ordem dessas vindo do box. Simplesmente porque ele não precisava disso. Ele superava seus adversários como superava o próprio carro, quando este não estava a sua altura. Por isso, AYRTON SENNA DO BRASIL foi e sempre será o MELHOR DO MUNDO. Pra sempre!

  32. dinho

    26/07/2010 16:36:47

    Não é só a F1 a Indy (os comissa´rios) tiraram uma vitória do HELIO CASTRO NEVES ontem no canadá por causa de uma manobra limpa. O a F1 e a Indy é so comercio

  33. Ricardo

    26/07/2010 16:10:08

    Mas o boné da ferrari,que vc usa para lavar o carro as rodas de magnésio no Domingão vc não vai jogar fora,né??

  34. Paulo da silva

    26/07/2010 15:37:49

    É um palhaçada o que a Ferrari fez, se eles estavão com medo que haver uma batida que pedisse ao Alonso mais cuidado, pois esse ano ele já tinha sacaneado o Massa duas vezes, uma na ultima corrida e outra no boxe.............Deviamos era fazer um pressão sob a Fiat que é controlada pela Ferrari e aqui é onde eles tem o maior mercado fora da Italia........... Que tal Boicotar ......Aí eles iam deixar de manipular o esporte, pois iam sofrer no bolso .........Fiquei arrasado, imagine agora que estao no meio da temporada......... Nem compensa mais assistir............ Pois o Massa não vai mais competir.........

  35. Marcelo Castro

    26/07/2010 15:28:27

    Quanta bobagem... Por acaso o técnico de um time de futebol manda o grosso do time bater o penalty só para dar uma glória ao infeliz ? Por então, a Ferrrari que gasta mais de um bi de reais por ano não pode querer fazer o corredor campeão ? Se o Massa fosse mais piloto do que o Alonso e estivesse com mais pontos, ele é que estaria sendo favorecido. A Mc Laren subornou um engenheiro da Ferrari, a inglesada colocou panos-quentes e está aí na F1.Caiam na real !

  36. tha

    26/07/2010 15:25:00

    que vergonha,a formula1 naum merece ser chamada de esporte,e nem o felipe de piloto e ,sim de mercenario,o dinheiro falou mais alto do q o espirito esportivo e amor pelo país,é ridiculo ter pilotos brasileiros como felipe e rubinho,o unico piloto de verdade q esistio foi o sena,quanta coisas esses palhaços tem q aprender com as historias de sena em q o esporte e o amor pelo país era mais valioso do q alguns milhoes na conta bancaria.

  37. Celso

    26/07/2010 15:24:32

    Concordo 100% com o que diz.

  38. Celso

    26/07/2010 15:21:48

    Algumas considerações sobre a palhaçada:-Como um Banco como o Santander permite isto com o seu nome estampado no veiculo promocional deles.-Ja há muito tempo acho que equipe de Formula 1 deveria ter 1 carro somente. Pra que 2? Com 01 carro teriamos 20 equipes diferentes, acabava a palhaçada de equipe e ficava muito mais barato para todos.-O Massa e o Barrichelo, perderam a noção do que estão fazendo lá.-A Formula 1 para quem esqueceu, é um Campeonato de PILOTOS e não de marcas (este é outro). Perderam a noção das coisas outra vez.-Acompanho Formula 1 e corridas ha muitos anos (tenho 56), e como na Copa do Mundo, locutor fica histerico com as transmissões para parecer que está transmitindo uma coisa fantástica e não é, na sua maioria (é só grana, aumentar a audiencia somente)-Temos que protestar diretamente onde está o problema, FIA,Ferrari,site do Massa , do Barrichelo, de todos.

  39. Marcio

    26/07/2010 15:11:28

    A F1 ta cada vez mais sem graça!!! Já tem poucas disputas por posição, imagine se vira moda os pilotos de mesma equipe aprirem passagem para seus companheiros ligeiramente mais rápidos. Que saudades dos tempos de Senna e Prost, que duelavam ferozmente na pista!!! Hj, legal mesmo esta a Moto GP, 3 modalidades de pura adrenalina (125 cc, moto 2 e motogp). Pelo menos lá as disputas são na pista!

  40. Felipe

    26/07/2010 14:02:21

    B O I C O T E !!!vamos boicotar o gp do Brasil de f1arquibancadas vaziasBoicote já!!!

  41. NENO

    26/07/2010 13:59:26

    ...então, continuando, nas transmissões da F-1, o locutor tenta nos remeter ao clima pré 1994, quando pontuavam verdadeiros ídolos cujos pés eram de chumbo e não de barro, como os pés dos ídolos atuais; havia um Émerson, um Piquet e, principalmente, um Ayrton nos representando. Nos sentíamos orgulhosos de ser brasileiros, exatamente como os alemães se sentem hoje em dia. Esses dois que estão na F-1 hoje são mero burocratas, subalternos, que não nos representam em absolutamente nada; falando por mim, não gasto mais um tusta do meu tempo e dinheiro com esses babacas. Até o ano passado era frequentador assíduo de interlagos; com esses otários, nunca mais.

  42. Paulo Santos

    26/07/2010 13:49:51

    Amigos o espanhol tem um grande banco que compra lugar emqualquer equipe de F1,e o contrato que ele faz,advinhe quem tera´todas as regalias,o Massa tem que se contentar em sero segundo piloto,afinal ele assinou o contrato.....imaginemo Nelsinho deve estar rindo a toa....

  43. joaquim

    26/07/2010 13:37:05

    endeusaram demais o massa. o mesmo nunca foi melhor que o barrichelo.

  44. Ivo Miranda Junior

    26/07/2010 13:30:19

    Ahhh, a propósito, não posso me furtar de comentar que as imagens da transmissão da prova deste domingo, mostraram várias vezes, a presença dos “donos” de um determinado Banco espanhol, que “por acaso” patrocinam Alonso e a Ferrari, nos boxes da equipe.Domenicali deve ter “gozado” de prazer ante a postura dócil de Massa.Subserviência total.Ridícula a postura de Alonso (ele não é um grande campeão ?!!!), ridícula a postura de Domenicali e da Ferrari.A Ferrari somente se apequena cada vez mais.

  45. Ivo Miranda Junior

    26/07/2010 13:27:27

    II-Que saudades do Ayrton Senna.Por isso Senna, mesmo depois de morto tragicamente, continua sendo Senna.A minha decisão já está tomada:Não vejo mais a Fórmula 1, por acreditar que seja pura perda de tempo.Se todos os aficcionados deste esporte tivessem atitude e fizessem o mesmo, acredito que essas coisas deixariam de acontecer.Quem continuar assistindo, consente.Vou dar um desconto a vocês, jornalistas esportivos, porque esta é a vossa profissão.Sem seguidores, sem telespectadores, não há como fazer marketing e aí a pressão por mudanças será muito forte.Sei que é utopia, afinal o esporte é usado como o circo no tempo do Império Romano.As massas ignorantes adoram essas presepadas, afinal rendem muita discussão e por muito tempo.É a distração perfeita.

  46. Ivo Miranda Junior

    26/07/2010 13:25:25

    Tem uma frase famosa de Shakespeare que eu gosto sempre de lembrar e é mais ou menos assim "Há muito mais coisas entre o céu e a terra que a nossa vã filosofia possa imaginar...!.Pois é, eu não vou entrar em polêmica, mas a minha opinião é simples.O esporte é bonito para que possamos ver a disputa pelo primeiro lugar e o "combate" entre todos os participantes.Existem regras.Qual é a atual situação do Campeonato Mundial de Fórmula 1 ?!!!A disputa ainda totalmente em aberto, portanto, vários pilotos estão em condições do título, entre eles, Felipe Massa.A Ferrari, com essa atitude, mostra claramente que elegeu seu primeiro piloto.Massa é apenas figurante para o "importante" jogo de equipe.Parece que na renovação de seu contrato, como foi tão propalado recentemente, realmente há a tal " cláusula Barrichello".Se ele aceitou, problema dele.Não sou eu que ganho alguns míseros milhões de dólares e que estou na mídia constantemente.Mas como um humilde mortal que gosta de curtir e se divertir com uma disputa esportiva, a Fórmula 1 definitivamente perdeu a graça.Felipe Massa para mim, assim como Barrichello no passado, se tornou totalmente inexpressivo. Não gosto de gente assim. Sem personalidade.São covardes. Preferem o dinheiro em vez da dignidade. É uma pena, mas como já disse anteriormente, é problema deles, só que eu perco a vontade de torcer por gente assim, mesmo que sejam brasileiros.

  47. Cassius Clay Regazzoni

    26/07/2010 13:24:59

    A F1 só se transformou em uma atividade altamente lucrativa, única e exclusivamente por ser a categoria automobilística mais amada pelo público mundial, e, essa paixão foi construída em cima de várias batalhas limpas e éticas do ponto de vista desportivo e não em cima de episódios como o de ontem.É tida como uma copa do mundo entre pilotos e equipes das mais variadas nacionalidades para se escolher ao final um campeão mundial.O tal lado comercial, apesar de ser importante, deve sempre se submeter às normas éticas que dirigem qualquer esporte, ou, pelo menos, parecer que se submete, com pesadas punições para quem infringir tais regras.Não sou hipócrita de achar que as falcatruas não existem na F1 ou qualquer outro esporte, sempre existiram e sempre existirão, pois é normal em qualquer competição a tentativa de superar o outro utilizando todos os meios disponíveis, inclusive os ilícitos. Porém, apesar de ser algo comum e corriqueiro na atividade esportiva, não é algo aceitável.Partindo desse tipo de raciocínio, daqui a pouco todos estaremos aceitando atitudes violentas e criminosas apenas pelo fato de que elas ocorrem com certa frequência.A partir do momento em que tudo é feito da forma como foi feito ontem, a mais escandalosa possível, na cara dos milhares de torcedores, com a entidade esportiva responsável pelas regras do esporte tornando-se cúmplice da farsa perpetrada por uma equipe, é porque o público não tem mais a menor importância e está sendo tratado como um bando de otários.Muitos tentam justificar a atitude da Ferrari com um discurso de resignação de que na F1 “é assim mesmo”, ou ainda, um mais ridículo de que “se não fosse piloto brasileiro ninguém estaria ligando para a atitude da equipe”.Tenho muito dó dessas pessoas, pois, na minha opinião, se acostumaram a ser tratadas como idiotas.Faço a seguinte pergunta a quem tenta achar justificativas para a fraude de ontem: Qual é a razão da existência da F1?A resposta, por mais que alguns tentem negar, é a audiência de um público que aprecia corridas de automóveis. Podem até ser em segundo plano consumidores de automóveis, mas, em primeiro plano, é a paixão pelo automobilismo que dá visibilidade à categoria.Sem a paixão do público não existiria a F1, sem a paixão do público só teríamos autódromos vazios e um evento que de nada serviria às montadoras que investem milhões na categoria pensando no desenvolvimento e marketing de seus produtos para posterior venda aos consumidores.E o público só acompanha a categoria por acreditar que, apesar de existirem falcatruas, não é essa a sua essência, que esses eventos são exceções e não a regra.Felipe Massa sacramentou sua sorte como mais um medíocre a, infelizmente, representar o Brasil na categoria máxima do automobilismo. A Ferrari consolidou sua posição abjeta e deplorável como antro de desonestos e pessoas sem caráter. Fernando Alonso também consolidou sua posição como um asno canalha, prepotente e arrogante que acha que o mundo é obrigado a aceitar seus caprichos e devaneios. Mas, não posso acreditar que todos os envolvidos na F1 vão aceitar de cabeça baixa esse desrespeito à categoria.A F1 não pode ser o que se viu na Áustria/2002 e Hockeinhein/2010, não há justificativas e argumentos plausíveis para a fraude que foi o resultado dessas duas corridas.Aceitar isso é ser complacente com a desonestidade, arrogância e a desonestidade de algumas pessoas que se acham acima do bem e do mal é perder aquilo que separa os homens de bem dos cafagestes.Por isso acredito que há de existir vozes dissonantes para denunciar estes pilantras e relegar cafagestes como Domenicalli Massa e Alonso para a lata do lixo da história esportiva.

  48. tankão

    26/07/2010 13:05:08

    A F1 há anos vem apresentando um GP mais sem graça que o outro, e quando tem uma oportunidade de apresentar alguma emoção o chefe da equipe da a ordem que decidi a corrida.A Ferrari deveria tomar pelo menos 2 GP de punição, assim perderia de vez condições de disputar o titulo de Pilotos e construtores e pensaria duas vezes antes de proferir uma ordem dessas novamente.Tankão.

  49. Jackson Luiz

    26/07/2010 13:00:13

    Airton Gontow, você não nos deixou mais o que escrever, PARABÉNS....

  50. Ricardo

    26/07/2010 12:40:14

    Nao entendo por que tanta revolta, Formula 1 nao e esporte e apenas um Reality Show de caros de coriida......podem dar uma espiadinha.....

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso